John John Florence é bi campeão mundial de surfe profissional da WSL

     JOHN JOHN FLORENCE É BICAMPEÃO MUNDIAL DE SURFE

John John Florence está no topo do mundo com a conquista do bicampeonato mundial de surfe profissional do WSL World Tour 2017.

Publicidade

O jovem surfista havaiano fez da consistência a sua principal arma para conquistar seu segundo título mundial consecutivo.

Com apenas uma vitória na temporada, na segunda etapa do circuito realizada em Margareth River, Austrália, Florence manteve-se sempre avançando suas baterias para alcançar uma regularidade incrível, que o permitiu chegar ao topo do ranking e não sair mais de lá, lugar onde permaneceu até a última etapa em Pipeline, North Shore da Ilha de Oahu, Havaí, quintal de sua casa.

Focado e determinado em fazer a alegria de sua família, amigos e fãs, John entrou na água com muita determinação a cada bateria disputada.

Apesar das condições ruins para Pipeline/Backdoor por conta da direção do swell e dos ventos que atrapalharam a qualidade das ondas do mítico pico havaiano, John John foi vencendo seus confrontos, disputando o título bateria a bateria com o brasileiro Gabriel Medina, que também estava na briga, mas que foi derrotado nas quartas de final pelo francês Jeremy Flores, abrindo caminho para o bicampeonato do havaiano.

Após aliviar toda a pressão e garantir a taça de campeão da temporada, Florence comemorou muito seu grande feito, mas logo retomou o foco para voltar ao outside e disputar sua bateria na semifinal contra Ian Gouveia (Brasil), que ganhava a disputada até o minuto final, mas que tomou a virada após uma onda incrível surfada com maestria e ousadia pelo havaiano, que entubou para o Backdoor e finalizou com um excelente aéreo.

Na grande final, seu adversário foi Jeremy Flores, que venceu todas as baterias que disputou no evento e não permitiu que o triunfo do havaiano fosse completo diante de sua torcida, que estava enlouquecida na praia.

O francês esteve atrás do placar até o final da disputa. Inclusive, o já bicampeão mundial tinha surfado a melhor onda da final com mais um belo tubo para o Backdoor, porém, o determinado Jeremy lutou até os segundos finais, quando encontrou uma onda para a direita, entubou profundamente e garantiu a virada e seu segundo título do Pipe Masters.

Parabéns John John Florence pela incrível conquista!

#GoJohnJohn

Resultado do Pipe Masters 2017:

1-Jeremy Flores (FRA)
2-John John Florence (HAV)
3-Ian Gouveia (BRA)
3-Kanoa Igarashi (EUA)
5-Joel Parkinson (AUS)
5-Julian Wilson (AUS)
5-Gabriel Medina (BRA)
5-Italo Ferreira (BRA)

Resultados de John John Florence na temporada 2017:

01-Gold Coast (Austrália) – 3º lugar
02-Margaret River (Austrália) – campeão
03-Bells Beach (Austrália) – 3º lugar
04-Saquarema (Brasil) – 13º lugar
05-Tavarua (Fiji) – 13º lugar
06-Jeffreys Bay (África do Sul) – 5º lugar
07-Teahupoo (Taiti) – 5º lugar
08-Trestles (EUA) – 3º lugar
09-Hossegor (França) – 3º lugar
10-Peniche (Portugal) – 5º lugar
11-Pipeline (Havaí) – 2º lugar

Ranking final do WSL World Tour 2017:

01-John John Florence (HAV) – 59.600 pontos
02-Gabriel Medina (BRA) – 53.700
03-Julian Wilson (AUS) – 48.650
03-Jordy Smith (AFR) – 47.600
05-Matt Wilkinson (AUS) – 40.700
06-Owen Wright (AUS) – 39.850
07-Kolohe Andino (EUA) – 37.250
08-Adriano de Souza (BRA) – 36.600
09-Joel Parkinson (AUS) – 36.550
10-Filipe Toledo (BRA) – 35.450
11-Sebastian Zietz (HAV) – 34.450
12-Mick Fanning (AUS) – 33.000
13-Connor O´Leary (AUS) – 29.950
14-Frederico Morais (PRT) – 29.900
15-Jeremy Flores (FRA) – 29.700
16-Adrian Buchan (AUS) – 27.750
17-Kanoa Igarashi (EUA) – 27.200
18-Caio Ibelli (BRA) – 25.250
19-Michel Bourez (TAH) – 24.950
20-Conner Coffin (EUA) – 24.500
21-Joan Duru (FRA) – 23.400
22-Italo Ferreira (BRA) – 22.400

John John ergue a taça em frente a sua torcida em Pipeline, Havaí. Foto: WSL / Tony Heff

Feliz por vencer um título mundial em sua terra natal. Bicampeão no Havaí. Foto: WSL / Tony Heff

Florence controlando o tubo para o Backdoor/Havaí. Foto: WSL / Poullenot

O campeão da etapa Jeremy Flores e o campeão mundial de 2017, John John. Foto: WSL / Kelly Cestari

Por Hurley Brasil

MAIS INFORMAÇÕES WWW.HURLEY.COM.BR