Vasco Ribeiro consegue vaga no Hawaiian Pro QS10000

Vasco vai ter em Haleiwa uma grande oportunidade de melhorar a sua posição dentro do top 100 mundial. Foto: WSL

Boas notícias para o surf nacional portugues e para Vasco Ribeiro, que conseguiu uma vaga de última hora no Hawaiian Pro, QS10000 que marca o arranque da célebre Triple Crown havaiana. Contudo, nem tudo são boas notícias, pois Pedro Henrique está fora do evento

Publicidade

Apesar de estar inicialmente inscrito e de o seu nome até ter aparecido numa lista de heats provisórias, o atual campeão nacional acabou por sair do draw. Pedrinho nem seguiu viagem para o Havai, tendo também cancelado a sua inscrição do QS10000 de Sunset Beach, segundo evento da coroa havaiana.

Esta foi uma das desistências que permitiu a Vasco Ribeiro entrar no evento, ele que era alternate – ainda se encontra com esse estatuto para Sunset. Dessa forma, a armada lusa continuará a ser representada por apenas dois surfistas em Haleiwa. Nic von Rupp também está nos alternates, mas dificilmente conseguirá vaga.

Entretanto, já são conhecidos os heats da ronda inaugural para a competição do North Shore de Oahu. Vasco está na 10.ª bateria e terá pela frente o francês Dimitri Ouvre, o norte-americano Noah Schweizer e o taitiano Taru Ariitu, naquele que será o único dos 16 heats da primeira ronda sem qualquer havaiano presente.

Destaque ainda para a presença de nomes sonantes do surf havaiano nesta ronda inaugural, como Bruce Irons, Sunny Garcia, Mason Ho, Alex Smith ou Billy Kemper. Jamie O’Brien e Makua Rothman estão logo no primeiro heat do campeonato, frente ao brasileiro David do Carmo e ao taitiano Mateia Hiquily.

Kikas apenas vai entrar em ação na 2.ª ronda, onde estará no heat 12. O norte-americano ex-top do WCT Brett Simpson será um dos adversários. Os outros dois virão da ronda inaugural. Só na 3.ª ronda irão estrear-se nomes como John John Florence, Kelly Slater, Adriano de Souza, Jordy Smith ou Matt Wilkinson.

O Hawaiian Pro promete bastante ação nos próximos dias na mítica onda de Haleiwa. O período de espera arranca já este sábado e prolonga-se até 23 deste mês. As previsões apontam a entrada de um grande swell para o início da próxima semana, o que faz perspetivar muita ação para este importante evento.

Esta prova é decisiva para as contas do WQS, onde Frederico Morais é o atual número 28 do ranking, estando na luta pela qualificação para o Tour do próximo ano. O Hawaiian Pro abre a muito aguardada Triple Crown of Surfing, seguindo-se depois o QS10000 de Sunset e o Billabong Pipe Masters, evento que fecha a temporada e o Tour 2016.

Fonte surfportugal.pt