Tatiana é o Brasil no US Open

HUNTINGTON BEACH, UNITED STATES - JULY 31: Tatiana Weston-Webb of Brazil advances to Round 3 of the 2019 VANS US Open of Surfing after placing second in Heat 9 of Round 2 at Huntington Beach on July 31, 2019 in CA, USA. (Photo by Jenny Herron/WSL via Getty Images)

Tatiana Weston-Webb é o Brasil no QS 10000 US Open of Surfing

By João Carvalho

A gaúcha Tatiana Weston-Webb segue defendendo o Brasil no primeiro evento feminino com status QS 10000 da história do WSL Quaifying Series. A surfista criada nas ondas do Havaí e a cearense Silvana Lima, estão praticamente confirmadas para representar o país na estreia do surfe nas Olimpíadas de Tokyo 2020 no Japão, entre as oito indicadas pelo ranking final do World Surf League Championship Tour esse ano. Tatiana passou sua primeira bateria no Vans Open US Open of Surfing na quarta-feira de apenas seis baterias disputadas, somente para fechar a segunda fase nas ondas pequenas de Huntington Beach, nos Estados Unidos.

A batalha pelas vagas nas oitavas de final masculinas, foi adiada para a quinta-feira, com a primeira chamada do dia valendo para as duas categorias, às 7 horas na Califórnia, 11 horas no fuso horário de Brasília. O Brasil é maioria entre os 24 que continuam na disputa do título do segundo QS 10000 para os homens. São onze contra cinco australianos, três norte-americanos, dois havaianos, dois franceses e um japonês, Kanoa Igarashi, bicampeão do US Open nos dois últimos anos.

Publicidade

Tatiana Weston-Webb (Foto: Jenny Herron / WSL via Getty Images)

Na categoria feminina, a gaúcha Tatiana Weston-Webb era a última esperança do Brasil também seguir na briga do título em Huntington Beach. As condições estavam difíceis para competir, com poucas ondas boas entrando nas baterias, mas Tatiana aproveitou bem as duas únicas chances que teve para surfar e passou em segundo lugar com 10,60 pontos nas duas notas computadas. A vencedora foi a japonesa Mahina Maeda, também criada no Havaí, por 13,17 pontos. A australiana Kirra-Belle Olson foi eliminada em terceiro lugar com exatos 10 pontos e a italiana Claire Bevilacqua ficou em quarto com 9,40.

Como passou em segundo lugar na bateria, Tatiana Weston-Webb vai enfrentar a heptacampeã mundial Stephanie Gilmore na quinta disputa por duas vagas nas oitavas de fiinal, com a também australiana Macy Callaghan completando essa bateria de CT na terceira fase do Vans US Open. A recordista de títulos mundiais na história da World Surf League, venceu a primeira bateria da quarta-feira de ondas pequenas em Huntington Beach, contra a japonesa Hinako Kurokawa, a australiana Sophie McCulloch e a portuguesa Teresa Bonvalot.

VAGAS NAS OITAVAS – Os onze brasileiros também já estão prontos para disputar as vagas nas oitavas de final na Califórnia. O capixaba Krystian Kymerson está na primeira bateria, com o havaiano Seth Moniz e o francês Charles Martin. Entre os brasileiros que seguem na briga, ele é quem está mais próximo do grupo dos dez que se classificam para o CT, mas só consegue isso se chegar nas quartas de final, ou seja, tem duas fases pela frente.

O paulista Alex Ribeiro entra na segunda bateria defendendo vaga no G-10. Ele já subiu do oitavo para o sexto lugar no ranking e vai competir junto com o paranaense Peterson Crisanto. O outro adversário, Connor O´Leary, da Austrália, tenta entrar na lista e já assume o décimo lugar se passar para as oitavas de final. Essa é a primeira das quatro baterias com participação dupla do Brasil nesta quarta fase do QS 10000 da Califórnia.

O catarinense Yago Dora e o paulista Caio Ibelli entram na quarta com o francês vice-líder do ranking, Jorgann Couzinet, principal concorrente para tirar o primeiro lugar do potiguar Jadson André nesta semana. As outras definem os últimos classificados para as oitavas de final. O campeão mundial Adriano de Souza está com o catarinense Mateus Herdy e o californiano Griffin Colapinto na penúltima. Na última, tem o catarinense Tomas Hermes e o pernambucano Luel Felipe com mais um norte-americano do CT, Conner Coffin.

Os outros dois brasileiros irão enfrentar dois adversários de outros países nas suas baterias. O cearense Michael Rodrigues está na terceira e o paulista Weslley Dantas na quinta. Os oponentes do Michael são o americano Evan Geiselman e o australiano Kalani Ball e os do Weslley são australianos, Jack Freestone e Morgan Cibilic.

O QS 10000 Vans US Open of Surfing está sendo transmitido ao vivo de Huntington Beach pelo www.worldsurfleague.com e pelo Facebook Live e pelo aplicativo da World Surf League. A primeira chamada da quinta-feira será as 7h00 na Califórnia, 11h00 no Brasil.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem promovendo os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 230 eventos globais masculinos e femininos no ano para definir os campeões mundiais do World Surf League Championship Tour, Big Wave Tour, Redbull Airborne, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, além do WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, enquanto incentiva a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis da WSL, para uma enorme legião de fãs interessados em ver as grandes estrelas, como Kelly Slater, Stephanie Gilmore, Tyler Wright, Gabriel Medina, John John Florence, Lakey Peterson, Grant Baker, Keala Kennelly, Paige Alms, Kai Lenny, Steven Sawyer, Soleil Errico, Carissa Moore, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais dinâmico e imprevisível de todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.

—————————————————————-

João Carvalho – WSL South America Media Manager – jcarvalho@worldsurfleague.com

—————————————————————-

QUARTA FASE DO QS 10000 VANS US OPEN OF SURFING:

——1.o e 2.o=Oitavas de Final e 3.o=17.o lugar com US$ 2.500 e 2.200 pontos

1.a: Seth Moniz (HAV), Krystian Kymerson (BRA), Charles Martin (FRA)

2.a: Peterson Crisanto (BRA)Alex Ribeiro (BRA), Connor O´Leary (AUS)

3.a: Michael Rodrigues (BRA), Evan Geiselman (EUA), Kalani Ball (AUS)

4.a: Yago Dora (BRA)Caio Ibelli (BRA), Jorgann Couzinet (FRA)

5.a: Jack Freestone (AUS), Weslley Dantas (BRA), Morgan Cibilic (AUS)

6.a: Kanoa Igarashi (JPN), Barron Mamiya (HAV), Liam O´Brien (AUS)

7.a: Adriano de Souza (BRA), Griffin Colapinto (EUA), Mateus Herdy (BRA)

8.a Conner Coffin (EUA), Tomas Hermes (BRA)Luel Felipe (BRA)

TERCEIRA FASE FEMININA DO QS 10000 VANS US OPEN:

——1.a e 2.a=Oitavas de Final e 3.a=17.o lugar com US$ 2.500 e 2.200 pontos

1.a: Caroline Marks (EUA), Zahli Kelly (AUS), Summer Macedo (HAV)

2.a: Courtney Conlogue (EUA), Alyssa Spencer (EUA), Tia Blanco (PRI)

3.a: Keely Andrew (AUS), Isabella Nichols (AUS), Kirra Pinkerton (EUA)

4.a: Sally Fitzgibbons (AUS), Brisa Hennessy (CRI), Minori Kawai (JPN)

5.a: Stephanie Gilmore (AUS), Tatiana Weston-Webb (BRA), Macy Callaghan (AUS)

6.a: Bronte Macaulay (AUS), Mahina Maeda (JPN), Hinako Kurokawa (JPN)

7.a: Sage Erickson (EUA), Meah Collins (EUA), Tessa Thyssen (FRA)

8.a: Malia Manuel (HAV), Nikki Van Dijk (AUS), Vahine Fierro (FRA)

SEGUNDA FASE – 3.o=25.o lugar (US$ 1.800 e 1.100 pts) e 4.o=37.o lugar (US$ 1.000 e 1.450 pts):

——-resultados da quarta-feira:

7.a: 1-Stephanie Gilmore (AUS), 2-Hinako Kurokawa (JPN), 3-Sophie McCulloch (AUS), 4-Teresa Bonvalot (PRT)

8.a: 1-Bronte Macaulay (AUS), 2-Macy Callaghan (AUS), 3-Maud Le Car (FRA), 4-Nao Omura (JPN)

9.a: 1-Mahina Maeda (HAV), 2-Tatiana Weston-Webb (BRA), 3-Kirra-Belle Olson

(AUS), 4-Claire Bevilacqua (ITA)

10: 1-Sage Erickson (EUA), 2-Malia Manuel (HAV), 3-Minami Nonaka (JPN), 4-India Robinson (AUS)

11: 1-Meah Collins (EUA), 2-Nikki Van Dijk (AUS), 3-Paige Hareb (NZL), 4-Ainara Aymat (ESP)

12: 1-Vahine Fierro (FRA), 2-Tessa Thyssen (FRA), 3-Alessa Quizon (HAV), 4-Holly Wawn (AUS)

——até a 6.a bateria na terça-feira:

2.a: 1-Alyssa Spencer (EUA), 2-Zahli Kelly (AUS), 3-Silvana Lima (BRA), 4-Bethany Hamilton (HAV)

PRIMEIRA FASE – 3.o=49.o lugar (US$ 900 e 600 pts) e 4.o=55.o lugar (US$ 750 e 587 pts):

6.a: 1-Vahine Fierro (FRA), 2-Meah Collins (EUA), 3-Garazi Sanches-Ortun (ESP), 4-Josefina Ane (ARG)