Swatch Women´s Pro abre a etapa da World Surf League em Trestles

Nikki Van Dijk winning Heat 3 of Round One of the Swatch Women's Pro.

By João Carvalho

As meninas abriram a etapa norte-americana do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour em San Clemente, na Califórnia. As surpresas da primeira fase do Swatch Women´s Pro foram as vitórias de Nikki Van Dijk e Laura Enever sobre as líderes do ranking, a também australiana Tyler Wright e a norte-americana Courtney Conlogue, respectivamente. Mas, as duas têm outra chance de classificação na segunda fase. O destaque nas ondas de 2-4 pés da quarta-feira em Lower Trestles foi a hexacampeã mundial Stephanie Gilmore com os recordes do dia. O início do Hurley Pro at Trestles foi adiado e a primeira chamada da quinta-feira para as categorias masculina e feminina será às 7h30 na Califórnia, 11h30 em Brasília.


Vice-campeã na etapa passada, vencida por Tatiana Weston-Webb em Huntington Beach, na Califórnia, a também havaiana Malia Manuel ganhou a bateria que inaugurou o Swatch Women´s Pro. Tatiana venceu a segunda e na terceira aconteceu a primeira surpresa do dia, com Nikki Van Dijk batendo a número 1 do Jeep WSL Leader, Tyler Wright. E na disputa seguinte, a vice-líder Courtney Conlogue, também perdeu para outra australiana da parte de baixo do ranking que está fora até do grupo das dez que ficam na elite para o ano que vem, Laura Enever.

Publicidade

A disputa pela liderança do ranking entre as duas é fase a fase e a americana precisa ficar uma posição à frente da australiana para recuperar a lycra amarela perdida no US Open of Surfing em Huntington Beach. O pior resultado da líder Tyler Wright foi nas Ilhas Fiji, onde também estreou com derrota para Nikki Van Dijk na primeira fase e foi eliminada em último lugar pela convidada Bethany Hamilton. Em Trestles, Tyler ficou atrás das duas na sua bateria e novamente terá a havaiana como adversária no terceiro duelo da segunda fase.

Na disputa seguinte, Courtney Conlogue enfrenta a surfista de Barbados, Chelsea Tuach, que ainda não conseguiu vencer nenhuma bateria no seu ano de estreia na elite das top-17 da World Surf League. Esta será a primeira vez que ela vai competir contra a norte-americana e quem mais deseja uma primeira vitória de Chelsea Tuach no momento é a defensora do título do Swatch Women´s Pro e atual campeã mundial, Carissa Moore.

Stephanie Gilmore (Foto: Kirstin Scholtz - WSL)
Stephanie Gilmore (Foto: Kirstin Scholtz – WSL)

MELHORES DO DIA – A havaiana confirmou o favoritismo com uma grande apresentação no penúltimo confronto do dia, batendo todas as marcas da quarta-feira até ali com os 15,17 pontos que totalizou contra a sul-africana Bianca Buitendag e a também havaiana Coco Ho. Carissa Moore também tem chance de assumir a ponta do ranking em Trestles, mas as líderes Tyler Wright e Courtney Conlogue precisam perder nas primeiras fases, antes das quartas de final. E a havaiana ainda tem que chegar na grande final ou até vencer o Swatch Women´s Pro para ultrapassa-las.

As havaianas Carissa Moore e Tatiana Weston-Webb foram as únicas cabeças de chave que estrearam com vitórias na Califórnia. As outras quatro perderam e terão que disputar uma rodada extra para chegar na terceira fase. A última a cair para a repescagem foi a francesa Johanne Defay na bateria em que a hexacampeã mundial Stephanie Gilmore fez os recordes do campeonato. A australiana surfou três ondas muito boas que valeram notas 8,50, 8,20 e 7,93, com essa última sendo descartada do maior placar do Swatch Women´s Pro no primeiro dia, 16,70 pontos.

O Hurley Pro e Swatch Women´s Pro serão transmitidos ao vivo de Lower Trestles pelo www.worldsurfleague.com com divulgação também dos parceiros de mídia da World Surf League: ESPN, Globosat e Sportv no Brasil, Fox Sports da Austrália, CBS Sports dos Estados Unidos, Edgesport, Sky NZ, Canal + Deportes, Channel Nine, MCS, Starhub e Oceanic Time Warner Cable 250 & 1250 no Havaí.

Laura Enever (Foto: Sean Rowland - WSL)
Laura Enever (Foto: Sean Rowland – WSL)

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL), antes denominada Association of Surfing Professionals (ASP), tem como objetivo celebrar o melhor surf do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, promovendo os eventos que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Samsung Galaxy Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL já possui uma enorme legião de fãs apaixonados em todo o planeta que acompanha as performances dos melhores surfistas do mundo, como Gabriel Medina, John John Florence, Adriano de Souza, Kelly Slater, Stephanie Gilmore, Greg Long, Makua Rothman, Carissa Moore, entre outros, competindo no mais imprevisível e dinâmico campo de jogo entre todos os esportes no mundo, que é o mar.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com

———————————————————–

João Carvalho – WSL South America Media Manager – jcarvalho@worldsurfleague.com

———————————————————–

SWATCH WOMEN´S PRO at TRESTLES: Vitória=Terceira Fase / 2.a e 3.a=Segunda Fase:

1.a: 1-Malia Manuel (HAV)=14.50, 2-Lakey Peterson (EUA)=11.40, 3-Sally Fitzgibbons (AUS)=10.93

2.a: 1-Tatiana Weston-Webb (HAV)=12.13, 2-Alessa Quizon (HAV)=11.83, 3-Sage Erickson (EUA)=9.83

3.a: 1-Nikki Van Dijk (AUS)=13.53, 2-Bethany Hamilton (HAV)=13.13, 3-Tyler Wright (AUS)=8.43

4.a: 1-Laura Enever (AUS)=13.97, 2-Courtney Conlogue (EUA)=11.60, 3-Chelsea Tuach (BRB)=10.77

5.a: 1-Carissa Moore (HAV)=15.17, 2-Bianca Buitendag (AFR)=14.00, 3-Coco Ho (HAV)=6.13

6.a: 1-Stephanie Gilmore (AUS)=16.70, 2-Johanne Defay (FRA)=12.97, 3- Keely Andrew (AUS)=10.70

SEGUNDA FASE – Vitória=Terceira Fase e Derrota=13.o lugar e US$ 9.000 de prêmio:

1.a: Sage Erickson (EUA) x Lakey Peterson (EUA)

2.a: Johanne Defay (FRA) x Alessa Quizon (HAV)

3.a: Tyler Wright (AUS) x Bethany Hamilton (HAV)

4.a: Courtney Conlogue (EUA) x Chelsea Tuach (BRB)

5.a: Sally Fitzgibbons (AUS) x Coco Ho (HAV)

6.a: Bianca Buitendag (AFR) x Keely Andrew (AUS)

PRIMEIRA FASE DO HURLEY PRO at TRESTLES – Vitória=Terceira Fase / 2.o e 3.o=Segunda Fase:

1.a: Jordy Smith (AFR), Nat Young (EUA), Keanu Asing (HAV)

2.a: Julian Wilson (AUS), Kanoa Igarashi (EUA), Ryan Callinan (AUS)

3.a: Adrian Buchan (AUS), Miguel Pupo (BRA), Kai Otton (AUS)

4.a: Gabriel Medina (BRA), Adam Melling (AUS), Alex Ribeiro (BRA)

5.a: Matt Wilkinson (AUS), Conner Coffin (EUA), Tanner Gudauskas (EUA)

6.a: John John Florence (HAV), Davey Cathels (AUS), Brett Simpson (EUA)

7.a: Adriano de Souza (BRA), Wiggolly Dantas (BRA), Matt Banting (AUS)

8.a: Kelly Slater (EUA), Filipe Toledo (BRA), Jeremy Flores (FRA)

9.a: Italo Ferreira (BRA), Caio Ibelli (BRA), Jack Freestone (AUS)

10: Mick Fanning (AUS), Joel Parkinson (AUS), Jadson André (BRA)

11: Kolohe Andino (EUA), Josh Kerr (AUS), Stu Kennedy (AUS)

12: Sebastian Zietz (HAV), Michel Bourez (TAH), Alejo Muniz (BRA)

TOP-22 DO JEEP WSL RANKING – após a sétima etapa no Taiti:

1.o: John John Florence (HAV) – 39.900 pontos

2.o: Matt Wilkinson (AUS) – 36.000

3.o: Gabriel Medina (BRA) – 35.700

4.o: Adrian Buchan (AUS) – 26.200

5.o: Julian Wilson (AUS) – 25.200

5.o: Jordy Smith (AFR) – 25.200

7.o: Adriano de Souza (BRA) – 24.900

8.o: Kelly Slater (EUA) – 24.450

9.o: Italo Ferreira (BRA) – 24.000

10: Mick Fanning (AUS) – 23.450

11: Kolohe Andino (EUA) – 21.650

12: Sebastian Zietz (HAV) – 21.500

13: Michel Bourez (TAH) – 21.200

14: Josh Kerr (AUS) – 20.200

14: Joel Parkinson (AUS) – 20.200

16: Caio Ibelli (BRA) – 19.950

17: Filipe Toledo (BRA) – 18.950

18: Wiggolly Dantas (BRA) – 18.900

19: Nat Young (EUA) – 16.650

20: Dusty Payne (HAV) – 14.950

21: Kanoa Igarashi (EUA) – 14.500

22: Miguel Pupo (BRA) – 13.200

22: Adam Melling (AUS) – 13.200

——–outros brasileiros no ranking:

26: Alejo Muniz (SC) – 12.000 pontos

28: Jadson André (RN) – 11.750

37: Bruno Santos (RJ) – 5.200

38: Alex Ribeiro (SP) – 4.750

42: Deivid Silva (SP) – 1.750

42: Marco Fernandez (BA) – 1.750

42: Lucas Silveira (RJ) – 1.750

46: Bino Lopes (BA) – 500

TOP-10 DO JEEP WOMEN´S RANKING – após a sexta etapa em Huntington Beach (EUA):

1.a: Tyler Wright (AUS) – 43.450 pontos

2.a: Courtney Conlogue (EUA) – 42.900

3.a: Carissa Moore (HAV) – 37.300

4.a: Tatiana Weston-Webb (HAV) – 35.150

5.a: Sally Fitzgibbons (AUS) – 31.450

6.a: Johanne Defay (FRA) – 30.400

7.a: Stephanie Gilmore (AUS) – 29.300

8.a: Malia Manuel (HAV) – 28.300

9.a: Sage Erickson (EUA) – 22.050

10: Bianca Buitendag (AFR) – 21.800