Surfistas ganham Museu do Surf no Rio de Janeiro

Acervo do Museu do Surf by Rico. Foto: Fedoca Lima.

Museu do Surf by Rico é inaugurado no Porto Maravilha

Publicidade

A sexta-feira, dia 4 de novembro, foi um dia marcante para a história do surf brasileiro. Esse foi o dia da inauguração do Museu do Surf by Rico, que conta a história do esporte no Brasil e no mundo com muitas relíquias como pranchas de surf e fotos.

exibicao-fsm-7210-2016-11-07-22-29-46
Rico de Souza com amigos e parte da equipe do Ricosurf. Foto: Fedoca Lima.

O Museu do Surf by Rico fica no Porto Maravilha, dentro do AquaRio, o maior aquário da América do Sul, e que vai receber milhares de pessoas por dia a partir de 9 de novembro, quando será aberto ao público.

No valioso acervo, os visitantes vão poder conferir pranchas de Pepê Lopes, a primeira prancha de madeira que o Rico começou a surfar em 64 no Leblon, outras do Coronoel Parreiras, grande incentivador da fabricação de pranchas, a maior prancha do mundo usada por Rico na quebra do recorde mundial no Espírito Santo, até a prancha de tow in do Carlos Burle, a prancha que a Silvana Lima venceu a tradicional etapa do circuito mundial de Bells Beach, na Austrália e dos campeões mundiais Gabriel Medina e Adriano de Souza.

As pranchas estão expostas de forma cronológica, começando pelas Alaias, as pranchas que foram vistas pelo capitão James Cook na Polinésia Francesa no século 18, passando pelas madeirites, os pranchões, as minimodels que surgiram no final dos anos 60, seguindo para as biquilhas que apareceram em 76 até chegar nas triquilhas, criadas pelo shaper australiano Simon Anderson em 81.

resizedimage600400-fsm-7162-2016-11-07-22-35-00
Inauguração do Museu do Surf by Rico. Foto: Fedoca Lima.

Na inauguração o surfista Rico de Souza recebeu muitos amigos, empresários e personalidades do surf e da sociedade carioca para um coquetel numa tarde divertida e histórica para o esporte no Brasil.

“Em primeiro lugar eu queria agradecer ao Marcelo Szpilman e toda sua equipe do AquaRio por receber esse meu acervo maravilhoso que vai ser exposto a todos os turistas, que agora vão ter acesso a fotografias e a pranchas espetaculares. Essa é uma forma de preservar a cultura do esporte. Muito obrigado a todos por me receber. Obrigado a Chevrolet pela parceria e obrigado a todas as pessoas que contribuíram com esse lançamento”, disse Rico que ficou muito feliz com a presença dos vários amigos e personalidades no dia da inauguração.

img-1465-600-2016-11-07-22-45-18
Rico de Souza com amigos da Chevrolet. Foto: Ricosurf.

“Também queria agradecer a todas as pessoas que foram me prestigiar, vários amigos que vieram de São Paulo, toda a rapaziada do surf, profissionais de várias empresas, empresários e meus amigos de coração. Muito obrigado a todos! Cada vez mais vamos evoluir o Museu e nos próximos dois anos vamos expandir e melhorar cada vez mais. Boas ondas, aloha e muito obrigado”, finalizou Rico de Souza.

resizedimage600400-fsm-7184-2016-11-07-22-33-11
Marcelo Szpilman e Rico de Souza. Foto: Fedoca Lima.

A inauguração do Museu do Surf by Rico teve o apoio da Chevrolet, da ArteCriação – Gráfica Inteligente, da Devassa, da Wide, da Hannequim Gastronomia e da Mixtura Fit.

O Museu do Surf by Rico fica localizado dentro do AquaRio, na Praça Muhammad Ali, Gambôa, Rio de Janeiro.

fonte ricosurf.com.br