Super SUP Brasil conheceu seus vencedores neste domingo, 29

Super SUP Brasil – Hotel Porto do Eixo Ubatuba Grand Slam foi encerrado neste domingo (29) na Praia do Sapê, em Ubatuba. Foto Claudia Pegoraro

Remadores vencem as disputas de SUP Race Técnico e ficam com o título “overall” do Super SUP Brasil – Hotel Porto do Eixo Ubatuba Grand Slam encerrado neste domingo (29) na Praia do Sapê, em Ubatuba.

Publicidade

Após três dias de disputas intensas chegou ao fim, neste domingo (29), o Super SUP Brasil – Hotel Porto do Eixo Ubatuba Grand Slam, evento realizado na Praia do Sapê, em Ubatuba, que foi válido como quarta etapa do circuito brasileiro de SUP Race e segunda de SUP Wave.

Após a conclusão das provas de SUP Wave, que consagraram Caio Vaz e Aline Adisaka como campões da modalidade, e das disputas de longa distância de SUP Race, o último dia de disputas do Brasileiro de SUP foi dedicado às provas de Race Técnico, modalidade de SUP feita em um circuito curto, de 2 km, próximo à linha de arrebentação da praia, onde os competidores precisam mostrar, além de vigor físico nas remadas, habilidade e muito equilíbrio para contornar boias e surfar ondas.

O campeão da etapa seria definido pela somatória de resultados entre as provas de longa distância e técnica. Havia, portanto, muita expectativa em relação a esta disputa.

As provas tiveram início por volta das 9h com as disputas amadoras. Algumas categorias, por conta do elevado número de inscritos, foram disputadas em baterias eliminatórias onde 15 atletas avançavam até a bateria final.

O mar estava calmo, com poucas ondas, o que facilitou um pouco a vida dos competidores principalmente na largada, no entanto, muitos souberam aproveitar as ondas para conquistar posições.

Vale destacar a partição do paraatleta Marçal Leme da Costa e do veterano Josino Liporoni de 72 anos de idade, competindo com muita garra e disposição. Sem dúvida um exemplo para todos os presentes.

E assim foram surgindo os campeões do dia:  Iasmim Morais e Guilherme Cunha ficaram com a primeira colocação na prova técnica de Race Amador; Rickson Freitas e Karine Aragão foram os primeiros colocados na Fun Race.

Nas categorias de Elite, Bruno Torquato foi o grande vencedor da categoria 14 pés, após travar uma briga muito boa contra Itamar do Carmo com Luiz Claudio Graglia “Huka”, um pouco mais atrás, na terceira colocação da prova.

Na Profissional 12’6” Lena Guimarães Ribeiro surpreendeu e mostrou que tem treinado bastante o surfe de SUP Race, que é considerado seu ponto fraco, e venceu a prova com direito a uma boa onda surfada, chegando à frente de Aline Adisaka (2º), bicampeã brasileira de SUP Wave e favorita para essa disputa, e Babi Brazil (3º), pentacampeã brasileira de Race e reconhecida por sua grande habilidade nas ondas.

Entre os homens, uma briga de cachorro grande entre os melhores e mais rápidos remadores de stand up paddle do Brasil.

Lena Guimarães e Guilherme dos Reis campeões do SUP Race. Foto Claudia Pegoraro

A última prova do dia foi uma verdadeira aula de surfe de SUP Race e contorno de boia. Após uma largada bem embolada, Guilherme dos Reis conseguiu abrir relativa vantagem e cruzou a primeira boia sozinho, mas seguido de perto por Luiz Guida “Animal”, Mario Cavaco, Eri Tenório, Arthur Santacreu e Mario Cavaco e, um pouco mais atrás, um pelotão formado por Antonio Gonzaga, David Leão, Lucas Belchior, Marcio Adriani, Tiago Giacomelli e Nicolas Bavinck Neto.

Guilherme dos Reis manteve-se na liderança durante toda a disputa, mas sua liderança foi fortemente ameaçada na conclusão da primeira volta, quando uma onda foi surfada por seus adversários, que rapidamente se aproximaram.

Dos Reis, no entanto, soube se defender pulando na areia na hora certa e, na corrida de contorno da bandeira da praia, conseguiu manter-se na liderança.

Essa configuração se desenhou até o final da prova, com Guilherme na primeira colocação seguido por Luiz Guida “Animal” em segundo e Eri Tenório em terceiro.

Somados os resultados das provas de longa e técnica, Lena Guimarães e Guilherme dos Reis ficaram com o título “overall” do Super SUP Brasil – Hotel Porto do Eixo Ubatuba Grand Slam.

Foto Claudia Pegoraro

Confira abaixo os resultados gerais da 4ª etapa do Brasileiro de SUP

RACE PRO 12’6” MASCULINO

1. Guilherme dos Reis

2. Luiz Guida “Animal”

3. Arthur Santacreu

4. Lucas Belchior

5. Eri Tenório

6. Mario Cavaco

7. Nicolas Bavinck Neto

8. David Leão

9. Marcio Adriani

10. Thiago Giacomelli

RACE PRO 12’6” FEMININO

1. Lena Guimarães

2. Babi Brazil

3. Jessika Moah

4. Ariani Theóphilo

5. Aline Abad Mota

6. Aline Adisaka

7. Dani Paiva

8. Isttefany Moraes

RACE MASTER 12’6” MASCULINO

1. Andre Paiva

2. Alessandro Matero

3. Michel Jonas

4. Américo Pinheiro

RACE MASTER 12’6” FEMININO

1. Babi Brazil

2. Aline Abad Mota

3. Dani Paiva

RACE GRAND MASTER 12’6” MASCULINO

1. Ivan Mundim

RACE 14 PÉS OPEN

1. Bruno Torquato

2. Itamar do Carmo

3. Luiz Claudio Graglia “Huka”

4. Antonio Carlos Bonfá “Totó”

RACE 14 PÉS MASTER

1. Antonio Carlos Bonfé “Totó”

2. Leonardo Ribeiro de Azevedo

3. Pablo Casado

4. Ricardo Freitas

RACE 14 PÉS GRAND MASTER

1. Luiz Claudio Graglia “Huka”

2. Ariovaldo de Oliveria

3. Mario Domingos

4. Marcelo Domingos

RACE AMADOR MASCULINO

1. Guilherme Cunha

2. Fabricio Rodriguez de Souza

3. Guilherme Moreira Santos

4. Gabriel Ortiz

RACE AMADOR FEMININO

1. Tatá Silva

2. Iasmim Moraes

3.Iris Azi

4. Liliane Paiva Martins

FUN RACE MASCULINO

1. Rickson Freitas

2. Anderson Miranda da Silva

3. Zeba Vilas Boas

4. Marcelo Venancio da Silva

FUN RACE FEMININO

1. Karine Aragão

SUP JUNIOR

1. Guilherme Thawire

2. Guilherme Moreira Santos

3. Gabriel Ortiz

4. Fabricio Rodriguez de Souza

SUP KIDS MASCULINO

1. João Pedro Liporini Silva

SUP KIDS FEMININO

1. Julia Liporini

2. Melissa Souza Azevedo

Largada da prova de Race Técnico Masculino.Foto Claudia Pegoraro

Ranking completo da prova e atualização da classificação do circuito brasileiro serão disponibilizados em breve no site da Confederação Brasileira de SUP – CBSUP.

A próxima etapa do tour nacional está marcada para o dia 18 de novembro com a realização da prova de Sprint Race nos Jogos Radicais Urbanos, em Campo Grande (MS), que irá definir os campeões brasileiros de 2017.

Por Equipe PULSO

Fonte surfguru.com.br