Stand upPaddle – Opção de lazer e atividade física, em Belém

stand up 3

Do alto de alguns prédios da cidade ou de algum ponto da beira do rio, o paraense tem observado uma movimentação diferente nas águas da baia do Guajará, que vai além da rotina diária de canoas, pequenas embarcações, caiaques, balsas e navios. Vem surgindo entre uma maré e outra, um grupo de pessoas remando em pé em cima de uma prancha, praticando Stand Up Paddle ou SUP, opção de lazer durante as férias.

O Stand Up Paddle é um esporte aquático radical, de baixo impacto, onde o praticante pode gastar até 600 cal/h. A pessoa utiliza um sistema de prancha que pode variar entre 2 e 3 metros. A região paraense é propícia para o esporte devido o grande número de  lagos, rios, igarapés, praias e mananciais.

Publicidade

Com o objetivo de fomentar e fortalecer o esporte na cidade, surgiu o Sup Point Belém. O projeto é uma praça náutica atracada no píer de um hotel, localizado no centro da cidade, às margens da baia do Guajará.  Amantes, praticantes e entusiastas do SUP se encontram todas as quintas ao pôr do sol e domingos, ao nascer do sol, para garantir momentos de práticas saudáveis, alegria e bem estar, em cima da prancha.

Qualquer pessoa pode praticar o SUP. “Recomenda-se o uso de coletes salva-vidas. Todos os alunos recebem orientações de pelo ao  menos meia hora antes de cair na água”, disse a instrutora Thaissa Scerne.

Cada aula pode gastar em torno de 600 calorias

Mais informações Facebook.com/superacaostandup

por Celso Freire