South to South apresenta Itacaré Surf Sound Festival começa nesta quinta-feira

Jadson Andre of Brasil advanced to Round Four of the US Open after winning Heat 9 of Round Three at Huntington Beach, California, USA.
Jadson Andre. Foto: Kenneth Morris – WSL
By João Carvalho

Começa nesta quinta-feira na bela Costa do Cacau no Sul da Bahia, o South to South apresenta Itacaré Surf Sound Festival com 100 surfistas de seis países participando da etapa do QS 1500 que marca o retorno de Itacaré ao calendário da World Surf League. O evento também vale como penúltima etapa na disputa pelo título sul-americano da WSL South America, liderada pelo paulista Thiago Camarão. Muitos deles aproveitaram as boas ondas da quarta-feira na Praia da Tiririca, para treinar para o único evento do Circuito Mundial do WSL Qualifying Series na Região Nordeste do país. A principal estrela é o potiguar Jadson André, da elite mundial do CT, que está entre os 32 cabeças de chave da terceira rodada da competição.

Jadson foi escalado na 16.a e última bateria, junto com o chileno Nicolas Vargas, um dos onze participantes de outros países. Também desta lista fazem parte os mais bem ranqueados no WSL Qualifying Series. Alguns na briga direta por vagas na lista dos dez surfistas que se classificam para o World Surf League Championship Tour pelo ranking do QS, como dois brasileiros que estavam na elite dos top-34 no ano passado, o catarinense Alejo Muniz e o paulista Alex Ribeiro, que já conquistou uma vitória na Praia da Tiririca em 2014.

Publicidade

Dois surfistas de Itacaré completam suas baterias como convidados dos organizadores do South to South apresenta Itacaré Surf Sound Festival, Iago Silva com Alejo Muniz na oitava e Felix Martins na nona com Alex Ribeiro. Os outros cabeças de chave da Bahia na terceira fase são Yagê Araujo também de Itacaré e os soteropolitanos Bino Lopes e Marco Fernandez. Bino está em 36.o lugar e vai estrear junto com o peruano Juninho Urcia na quarta bateria. E Marco Fernandez, que ocupa a septuagésima posição, entra na 14.a com o paulista Gabriel André.

No total, são dezessete participantes da Bahia, dez deles de Itacaré. Seis surfistas locais da cidade entram na segunda fase, incluindo Olivier Cassaigne, que representa a França no Circuito Mundial por morar lá há alguns anos. Mas, Junior Santos, Alandreson Martins, Igor Farias, Tarcizio Campos e Davi Silva competem como brasileiros, que são maioria entre os concorrentes ao título no QS 1500 de Itacaré. Serão 89 contra onze de outros países, três deles vindos da Argentina, três do Peru, dois dos Estados Unidos, dois do Chile e o itacareense Olivier Cassaigne pela França.

Iago Silva (Foto: Fabriciano Junior)

ONDA FEST ITACARÉ – Além da competição, várias atrações extras estão programadas para o público que for assistir o South to South apresenta Itacaré Surf Sound Festival. A principal delas é o Onda Fest Itacaré com shows nas noites da sexta-feira e sábado na Praia do Resende, em Itacaré. Na primeira noite, as atrações serão o Conecrew, Maskavo e Marlon Moreira. No sábado, Bruta Raça, Rael, Fábrica de Sons e banda Kasa 8. Os ingressos estão à venda no Café Bar Pé de Amendoa e na Cacau Show de Itacaré, bem como nas lojas Backdoor de Ilhéus e Itabuna.

Também estão programadas várias atividades de preservação e educação ambiental para o público durante os dias no South to South apresenta Itacaré Surf Sound Festival. Elas serão promovidas na arena do evento na Praia da Tiririca, por entidades como Recicla Itacaré, Mecenas, Instituto Floresta Viva e Instituto Baleia Jubarte, em parceria com as secretarias de Meio-Ambiente e Educação da Prefeitura de Itacaré, bem como da Associação de Surf de Itacaré (ASI).

O Governo do Estado da Bahia e South to South apresentam o QS 1500 Itacaré Surf Sound Festival, evento homologado pela WSL South America como 48.a etapa do WSL Qualifying Series, que será realizado com apoio da Prefeitura Municipal de Itacaré, Governo do Estado da Bahia, South to South, Instituto Floresta Viva, Grou Turismo, Pousada Terra Boa e Associação de Surf de Itacaré (ASI). O evento será transmitido ao vivo pelo www.worldsurfleague.com

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL), antes denominada Association of Surfing Professionals (ASP), tem como objetivo celebrar o melhor surf do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, promovendo os eventos que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Grant Baker, Phil Rajzman, Tory Gilkerson, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com

———————————————————–

João Carvalho – WSL South America Media Manager – jcarvalho@worldsurfleague.com

———————————————————–

SOUTH TO SOUTH apresenta ITACARÉ SURF SOUND FESTIVAL (baterias sujeitas à alterações):

PRIMEIRA FASE – 3.o=97.o lugar com 30 pontos e 4.o=105.o lugar com 27 pontos:

1.a: Deivid Silva (BRA), Arthur Cerqueira (BRA), Alessandro Dias (BRA)

2.a: Alex Lima (BRA), Artur Silva (BRA),

3.a: Renan Argemiro (BRA), Bruno de Andrade Maia (BRA), Daniel Matos (BRA)

4.a: Italo Rosa (BRA), Daniel Adisaka (BRA), Davi Mendes (BRA),

5.a: Samuel Igo (BRA), Brayner Silva (BRA), Guilherme Marques (BRA),

6.a: Adilton Mariano (BRA), Itim Silva (BRA),

7.a: Douglas Silva (BRA), Luan Carvalho (BRA), Elson Vieira (BRA),

8.a: Pericles Dimitri (BRA), Lysandro Leandro (BRA),

SEGUNDA FASE – entrada de 48 pré-classificados mais bem colocados no QS:

——-1.o e 2.o=Terceira Fase / 3.o=65.o lugar com 105 pontos e 4.o=81.o lugar com 90 pts:

1.a: José Gundesen (ARG), Pedro Nogueira (BRA), Charlie Brown (BRA), 1.o da 1.a bateria da 1.a fase

2.a: José Francisco (BRA), Michel Roque (BRA), Bruno Galini (BRA), 2.o da 1.a bateria

3.a: Renan Pulga (BRA), Amando Lins (BRA), Olivier Cassaigne (FRA), 1.o da 2.a bateria

4.a: Pedro Dib (BRA), Kim Matheus Marcondes (BRA), Pedro Ingber (BRA), 2.o da 2.a bateria

5.a: Geovane Ferreira (BRA), Guilherme Villas Boas (BRA), Tarcizio Campos (BRA), 1.o da 3.a bateria

6.a: Guillermo Satt (CHL), Mateus Sena (BRA), Erick Moraes (BRA), 2.o da 3.a bateria

7.a: Tomas Lopez Moreno (ARG), Caetano Vargas (BRA), Renato Galvão (BRA), 1.o da 4.a

8.a: Felipe Oliveira (BRA), Deyvson Santos (BRA), Junior Santos (BRA), 2.o da 4.a

9.a: Leonardo Berbet (BRA), Junior Lagosta (BRA), Davi Silva (BRA), 1.o da 5.a

10: Gustavo Ramos (BRA), Luciano Brulher (BRA), Pedro Berasaluze (ESP), 2.o da 5.a

11: Jihad Khodr (BRA), Tales Araujo (BRA), Fernando Junior (BRA), 1.o da 6.a

12: Wesley Santos (BRA), Franklin Serpa (BRA), Igor Farias (BRA), 2.o da 6.a

13: Alan Donato (BRA), Gustavo Borges (BRA), João Castano (BRA), 1.o da 7.a

14: Pedro Neves (BRA), Douglas Noronha (BRA), Alex Siqueira (BRA), 2.o da 7.a

15: Nate Dorman (EUA), Pedro Mendes (BRA), Alandreson Martins (BRA), 1.o da 8.a

16: Luan Wood (BRA), Igor Moraes (BRA), Odacir Nonato (BRA), 2.o da 8.a

TERCEIRA FASE – entrada dos 48 principais cabeças de chave mais bem ranqueados no QS:

——-1.o e 2.o=Quarta Fase / 3.o=33.o lugar com 180 pontos e 4.o=49.o lugar com 165 pts:

1.a: Flavio Nakagima (BRA), Adrian Garcia (PER),

2.a: Raoni Monteiro (BRA), Yagê Araujo (BRA),

3.a: Luel Felipe (BRA), Gabriel Farias (BRA),

4.a: Bino Lopes (BRA), Juninho Urcia (PER),

5.a: Victor Bernardo (BRA), Wesley Leite (BRA),

6.a: Hizunomê Bettero (BRA), Alonso Correa (PER),

7.a: Robson Santos (BRA), Weslley Dantas (BRA),

8.a: Alejo Muniz (BRA), Iago Silva (BRA),

9.a: Alex Ribeiro (BRA), Felix Martins (BRA),

10: Thiago Guimarães (BRA), Yuri Gonçalves (BRA),

11: Heitor Alves (BRA), Facundo Arreyes (ARG),

12: Krystian Kymerson (BRA), Kei Kobayashi (EUA),

13: Thiago Camarão (BRA), Yuri Gonçalves (BRA),

14: Marco Fernandez (BRA), Gabriel André (BRA),

15: Marcos Correa (BRA), Jean da Silva (BRA),

16: Jadson André (BRA), Nicolas Vargas (CHL),

RANKING SUL-AMERICANO DA WSL SOUTH AMERICA – 3 etapas:

1.o: Thiago Camarão (BRA) – 1.420 pontos

2.o: Alvaro Malpartida (PER) – 1.030

3.o: Jeronimo Vargas (BRA) – 1.025

4.o: Gabriel André (BRA) – 860

5.o: Samuel Igo (BRA) – 815

6.o: Joaquin del Castillo (PER) – 800

7.o: Gustavo Ramos (BRA) – 790

8.o: Krystian Kymerson (BRA) – 750

9.o: Marcos Correa (BRA) – 680

10.o: Adrian Garcia (PER) – 595

——-mais 100 surfistas pontuaram no ranking 2017