Silvana Lima despacha líder em Keramas

BALI, INDONESIA - MAY 16: Silvana Lima of Brazil, in her first Championship Tour event back from injury advances to the quarter finals of the 2019 Corona Bali Protected after winning Heat 3 of Round 3 at Keramas on May 16, 2019 in Bali, Indonesia. (Photo by Matt Dunbar/WSL via Getty Images)
Silvana Lima (Foto: Matt Dunbar / WSL via Getty Images)

Silvana Lima despacha líder do ranking no CT de Bali

By João Carvalho 

Depois de um dia de parado por falta de boas ondas em Keramas, o Corona Bali Protected retornou na quinta-feira com as oitavas de final femininas e o destaque do dia foi a cearense Silvana Lima, que despachou a líder do ranking na Indonésia. Esta é a primeira competição que a brasileira participa desde setembro do ano passado, pois teve que parar para operar os dois joelhos. Depois de barrar a norte-americana Caroline Marks, Silvana Lima agora vai disputar a segunda vaga para as semifinais com a australiana Sally Fitzgibbons. Já a gaúcha Tatiana Weston-Webb foi eliminada no último confronto do dia e terminou em nono lugar no terceiro desafio do World Surf League Championship Tour em Bali.“Eu fiquei bastante nervosa quando vi que iria enfrentar a Caroline (Marks), porque ela é uma surfista incrível, com um backside perfeito, então sabia que seria muito difícil vencê-la”, disse Silvana Lima. “Certamente, conseguir ganhar da líder do ranking aumenta 100% a confiança em mim e no meu surfe. É um sentimento muito bom porque este é o meu primeiro evento depois de tanto tempo sem competir e já estou nas quartas de final. Isso é muito bom para mim e para correr atrás do grande objetivo esse ano, a classificação para as Olimpíadas.

A bateria de Silvana Lima com Caroline Marks, que está competindo com a lycra amarela do Jeep Leaderboard, foi a terceira a entrar no mar em Keramas na quinta-feira e marcou o maior confronto de gerações do CT 2019. A americana tem apenas 17 anos, metade da idade da cearense, que tem 34 e já está em sua 16.a temporada na divisão de elite, quase a vida toda da adversária. Mas, dentro d´água, a batalha foi igualada pela raça de Silvana Lima, que surfou a melhor onda da bateria. Ela entrou na briga com o 6,83 recebido e depois pegou outra onda boa para tirar 5,73 e confirmar a vitória por 12,56 a 11,26 pontos.

Caroline Marks (Foto: Matt Dunbar / WSL via Getty Images)
Publicidade

A adversária da cearense nas quartas de final é a igualmente experiente Sally Fitzgibbons, com 28 anos de idade e 13 temporadas na elite, que derrotou a havaiana Coco Ho. Mas, a vitória de Silvana Lima sobre a número 1 do ranking, Caroline Marks, não foi o único resultado surpreendente do dia. Na penúltima bateria da quinta-feira, a australiana Bronte Macaulay barrou a defensora do título do Corona Bali Protected, Lakey Peterson. A californiana não conseguiu achar boas ondas e foi facilmente batida por 11,10 a 6,17 pontos.

Bronte Macaulay vai disputar a última vaga para as semifinais com outra australiana, Nikki Van Dijk, que eliminou a outra brasileira da elite mundial, Tatiana Weston-Webb. O mar já estava bem difícil nestas últimas baterias do dia, com poucas ondas boas entrando para as competidoras e Nikki Van Dijk teve mais sorte para vencer por 10,60 a 8,50 pontos. Com a derrota em nono lugar na Indonésia, a gaúcha marcou 2.610 pontos no ranking, enquanto Silvana Lima já garantiu 4.745 e 18.000 dólares de prêmio nas quartas de final.

Tatiana Weston-Webb (Foto: Matt Dunbar / WSL via Getty Images)

DOIS DIAS PARADO – As mulheres voltaram a competir na quinta-feira, mas a terceira fase masculina foi adiada pelo segundo dia consecutivo em Bali. A próxima chamada para a primeira batalha por vagas nas oitavas de final, entre o potiguar Jadson André e o australiano Julian Wilson, foi anunciada para as 6h25 da sexta-feira na Indonésia, 19h25 da quinta-feira no fuso horário de Brasília.

Pela primeira vez na temporada 2019, todos os onze participantes do Brasil chegaram na terceira fase e dois duelos serão 100% verde-amarelos. O catarinense Yago Dora está na segunda bateria com o cearense Michael Rodrigues e na nona serão dois paulistas disputando uma vaga para as oitavas de final, o recordista absoluto nas direitas de Keramas, Filipe Toledo, e Caio Ibelli, que está substituindo o contundido Adriano de Souza neste início de ano.

O Corona Bali Protected está sendo transmitido ao vivo de Keramas pelo www.worldsurfleague.com e pelo Facebook e pelo aplicativo da World Surf League. A primeira chamada da sexta-feira será as 6h25 na Indonésia, 19h25 da quinta-feira no Brasil.  

———————————————————–

João Carvalho – WSL South America Media Manager – jcarvalho@worldsurfleague.com

———————————————————–

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 180 eventos globais que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Kai Lenny, Taylor Jensen, Honolua Blomfield, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.

———————————————————–

OITAVAS DE FINAL – Derrota=9.o lugar com 4.745 pontos e US$ 18.000:

1.a: Carissa Moore (HAV) 12.56 x 11.57 Paige Hareb (NZL)

2.a: Brisa Hennessy (CRI) 11.60 x 10.40 Johanne Defay (FRA)

3.a: Silvana Lima (BRA) 12.56 x 11.26 Caroline Marks (EUA)

4.a: Sally Fitzgibbons (AUS) 12.03 x 9.77 Coco Ho (HAV)

5.a: Stephanie Gilmore (AUS) 14.34 x 6.37 Keely Andrew (AUS)

6.a: Courtney Conlogue (EUA) 10.40 x 7.83 Malia Manuel (HAV)

7.a: Bronte Macaulay (AUS) 11.10 x 6.17 Lakey Peterson (EUA)

8.a: Nikki Van Dijk (AUS) 10.60 x 8.50 Tatiana Weston-Webb (BRA)

QUARTAS DE FINAL – Derrota=5.o lugar com 2.610 pontos e US$ 14.100:

1.a: Carissa Moore (HAV) x Brisa Hennessy (CRI)

2.a: Sally Fitzgibbons (AUS) x Silvana Lima (BRA)

3.a: Stephanie Gilmore (AUS) x Courtney Conlogue (EUA)

4.a: Nikki Van Dijk (AUS) x Bronte Macaulay (AUS)

TERCEIRA FASE – 1.o e 2.o=Terceira Fase e 3.o=33.o lugar com 265 pontos e US$ 10.000:

1.a: Julian Wilson (AUS) x Jadson André (BRA)

2.a: Yago Dora (BRA) x Michael Rodrigues (BRA)

3.a: John John Florence (HAV) x Joan Duru (FRA)

4.a: Wade Carmichael (AUS) x Deivid Silva (BRA)

5.a: Italo Ferreira (BRA) x Jack Freestone (AUS)

6.a: Willian Cardoso (BRA) x Jeremy Flores (FRA)

7.a: Conner Coffin (EUA) x Griffin Colapinto (EUA)

8.a: Kolohe Andino (EUA) x Ricardo Christie (NZL)

9.a: Filipe Toledo (BRA) x Caio Ibelli (BRA)

10: Seth Moniz (HAV) x Ryan Callinan (AUS)

11: Owen Wright (AUS) x Kelly Slater (EUA)

12: Michel Bourez (TAH) x Rio Waida (IDN)

13: Gabriel Medina (BRA) x Leonardo Fioravanti (ITA)

14: Mikey Wright (AUS) x Adrian Buchan (AUS)

15: Kanoa Igarashi (JPN) x Peterson Crisanto (BRA)

16: Jordy Smith (AFR) x Jessé Mendes (BRA)