Sem dinheiro para surf trip, dupla cria rede social de colaboração entre surfistas

Portal ajuda surfistas na troca de experiências, equipamento e hospedagem em viagens

Como praticamente todo surfista, os franceses Philippe e Sylvain Garms sempre tiveram o sonho de viajar o mundo em busca das melhores ondas. O problema é que, sempre que um plano de surf trip era bolado, surgia um empecílho: como pagar por viagens tão caras? Além das passagens, surfistas que se aventuram em outros locais que não os deles costumam sofrer com os altos preços das hospedagens e outros custos da viagem. Foi quando, durante uma dessas trips, surgiu uma ideia.

A dupla combinou de trocar de casas com um grupo de amigos durante uma viagem e adorou a experiência de se hospedar em um ambiente que respirava surfe, já que os moradores da casa também praticavam o esporte. Eles, então, decidiram criar a “Swap and Surf”, uma rede social para conectar surfistas viajantes de todo o mundo.

A ideia funciona de forma parecida com a de várias outras redes de trocas de hospedagem que já existem por aí, mas se diferencia por reunir internautas que tenham ligação com o surfe e procurem um lugar para ficar durante uma viagem. Além da hospedagem a preços mais acessíveis que a maioria dos hotéis e albergues, os anfitriões costumam oferecer pranchas, equipamentos e ajudar os companheiros de aventuras com outras pequenas necessidades que possam surgir.

Surfistas de vários lugares do mundo trocam hospedagens e experiências na rede social (Foto: Divulgação)Surfistas de vários lugares do mundo trocam hospedagens e experiências na rede social (Foto: Divulgação)
Publicidade

“A gente quer ajudar a tornar mais alcançáveis os sonhos das pessoas de fazer surftrips, oferecendo um serviço de troca de casas ou simplesmente de hospedagem mais em conta, voltada pro surfe. É também uma maneira de reunir a comunidade de surfistas que têm essa vontade em comum, para trocarem experiências e ideais”, explicam os criadores da rede social.

Além de ajudar a encontrar um local para ficar, a dupla criou uma espécie de fórum no “Swap and Surf”, para que surfistas troquem experiências sobre os picos visitados, as melhores praias e ondas, o período ideal para visitas, entre outras coisas.

Fonte canaloff.globo.com