Segurança comprometida na noite cearense

O Órbita fica em frente ao Dragão do Mar. Foto Divulgação

Boate da Praia de Iracema pede socorro, por causa da insegurança no entorno do Dragão do Mar

As constantes reclamações e registros de violência no entorno do Centro Cultural Dragão do Mar, na Praia de Iracema, um dos locais mais turísticos de Fortaleza, fez com que o Órbita Bar colocasse nas redes sociais uma nota denunciando um fato que aconteceu em frente à casa no último sábado (12).

De acordo com o bar, um caos generalizado resultou no princípio de arrastão, brigas entre facções e gangues, invasão a estabelecimentos no entorno e duas prisões. “Infelizmente, toda essa confusão, que normalmente acontece na praça, dessa vez acabou por ocorrer na rua em frente ao Órbita Bar!”, diz a publicação.

Publicidade

Acusado de estar contribuindo para atos de violência, o bar se defende e afirma que o grande problema acontece no entorno do bar e nos arredores dos estabelecimento comerciais do Dragão do Mar. “Deixamos claro que não compactuamos com nenhum tipo de agressão, seja ela por parte dos grupos que promoviam assalto em via pública, ou dos que vieram a reagir com violência”, diz parte da nota.

No fim da nota, o bar denuncia o estado de abandono e apela para que providências sejam tomadas no local, e cita a morte de Chico Canuto, em julho deste ano.

“Há anos o Órbita Bar e a Associação Dragões do Mar vêm denunciando a escalada da violência e da completa falta de controle urbano da área aos órgãos competentes da prefeitura e Governo. É lamentável assistir uma importante área de efervescência cultural na cidade, símbolo democrático e de resistência da juventude, ser marcada pelo medo, por conta da violência e do tráfico de drogas, como vemos acontecer também em outros espaços públicos sufocados como “Praça da Gentilândia”, “Praça dos Leões” e “Praia dos Crush”. Para que nossa memória não nos traia, não nos esqueçamos do triste fato que foi a perda da grande figura de Chico Canuto, que dedicou mais de 30 anos de sua vida à Praia de Iracema, e recentemente, teve sua trajetória interrompida de forma trágica. Fazemos novamente um apelo às autoridades para que reforcem a segurança nessa região tão importante, que congrega mais de 10 mil pessoas por fim de semana, e tem no seu centro o maior equipamento cultural do Ceará”, finaliza. 

Em nota, a Polícia afirmou que recebeu do próprio Órbita Bar um pedido de reforço policial na área.

A Polícia Militar do Ceará esclarece que o policiamento no Centro Dragão do Mar e seu entorno recebe efetivo de policiais do Batalhão de Policiamento Turístico – Bptur e do Policiamento Ostensivo Geral do 8º Batalhão. No entanto, o comando local tomou conhecimento da solicitação de reforço policial por meio das associações Orbita Bar e do próprio Centro Dragão do Mar, que também se manifestaram pelas redes sociais. Diante do caso, há uma determinação de reforço na vigilância, nas proximidades desses espaços.

Nos cruzamentos entre as ruas Monsenhor Tabosa e Avenida Dom Manuel e entre as ruas Raimundo Girão e Dom Manuel, por apresentarem índices de roubos significativos, agentes da PM se posicionarão no sentido de inibir ações delituosas, contando ainda com apoio de motocicletas no Bptur. A PM intensificará o quadrante das ruas paralelas ao Centro Dragão do Mar seguindo até a Orla da Avenida Beira Mar.

Fonte tribunadoceara.uol.com.br