Revezamento Volta à Ilha inicia programação de sua 23ª edição

Entrega de kits, Congresso Técnico e Jantar de Massas fazem parte das ações que antecedem a prova de sábado (7) – Fotos: Foco Radical

Revezamento Volta à Ilha iniciou programação de sua 23ª edição nessa quinta

Publicidade

O clima de ansiedade e de otimismo que domina os atletas antes de qualquer corrida começa muito antes do dia da prova. São semanas e semanas de dedicação para colocar em prática tudo que foi treinado, mas quanto mais próximo da data, mais aflorados ficam esses sentimentos. E é justamente isso que ocorre nessas poucas horas que separam os 4.000 atletas inscritos da largada do 23º Revezamento Volta à Ilha. Muitos atletas já estão em Florianópolis respirando os ares da principal prova do gênero na América Latina e se depender da empolgação dos participantes essa tem tudo para ser uma das melhores edições da tradicional prova.

A partir das 14h dessa quinta-feira (5) os primeiros coordenadores terão a oportunidade de retirar os kits das equipes, sendo que nesse primeiro dia a entrega se estende até as 19h, no Majestic Palace Hotel. Quem não puder comparecer no primeiro dia pode ficar tranquilo, pois a entrega acontece durante toda a sexta-feira (6), das 10h às 21h, no mesmo local. Lembrando que a retirada dos kits deve ser feita pelos coordenadores ou por atletas com autorização.

Também entre quinta e sexta acontecem sessões do Congresso Técnico. A organização frisa a importância da participação dos participantes devido a dúvidas e esclarecimentos sobre a prova. Na quinta-feira os horários do Congresso serão às 16h e 19h e na sexta às 11h30, 16h e 19h, todas contando com a presença do Prof. Carlos Roberto Duarte, Diretor Geral da prova, para esclarecimentos adicionais.

Por fim, o último ato antes da largada será o tradicional Jantar de Massas que acontece também no Majestic Palace Hotel, das 18h30 às 21h30. Para os atletas que confirmaram presença os tickets serão entregues junto do kit da equipe.

Programação – 23º Revezamento Volta à Ilha

Quinta-feira – 05/04

14h às 19h – Retirada de Kits*

16h e 19h – Congresso Técnico*

Sexta-feira – 06/04

10h às 21h – Retirada de Kits*

11h30, 16h e 19h – Congresso Técnico*

18h30 às 21h30 – Jantar de Massas*

Sábado – 07/04

04h15 às 07h30 – Largada escalonada por categorias e nível técnico – Trapiche da Avenida Beira-Mar Norte

Domingo – 08/04

09h30 – Cerimônia de Premiação*

*Ocorre no Majestic Palace Hotel

Sobre o Revezamento Volta à Ilha:

Idealizada no ano de 1996 pela Eco Floripa, a Volta à Ilha se caracteriza por ser uma prova de revezamento que desafia as equipes a dar uma volta completa correndo na Ilha de Santa Catarina, capital do Estado. A prova é dividida em 18 trechos que desafiam os atletas em 140 km de praias, asfalto, dunas e trilhas. As equipes são formadas por dois, oito ou até doze atletas e competem em 9 categorias: Duplas, Aberta, Aberta Mista, Feminina, Veteranas 40, 50, 60 anos, Veterana mista e Participação.

Além da participação no asfalto, dunas, trilhas e praias, o sucesso no Revezamento Volta à Ilha requer também um grande trabalho em equipe. Ainda, a prova conta com o acolhedor público da capital catarinense, que vai aos principais pontos da corrida para incentivar os competidores. Todos esses elementos fazem do Revezamento Volta à Ilha a principal competição do gênero na América Latina.

O evento que começou com dezenas de atletas hoje recebe aproximadamente 4.000 atletas de 14 estados brasileiros e do Mundo. Em 2015, o Revezamento Volta à Ilha completou seu 20º aniversário, consolidando-se no cenário nacional e internacional e agora, para sua 23ª edição a expectativa e ansiedade dos atletas permanece a mesma. A prova se consagrou pela qualidade e pelo profissionalismo da Eco Floripa, que a cada ano se responsabiliza por realizar um evento cada vez melhor e inesquecível.

23º Revezamento Volta à Ilha:

Com 140 km a prova é dividida em 18 trechos com os mais distintos níveis, tipos de solo e altimetria, passando por praias, trilhas, asfalto, morros e dunas. Como sempre, a divisão das equipes de acordo com as aptidões de cada atleta é fundamental para o sucesso na competição. Confira abaixo.

01 – Saída – Av. Beira Mar Norte (Trapiche) – 7,2 km – Fácil

02 – Bairro João Paulo – Praça Dr. Fausto L.S. Brasil – 4 km – Fácil

03 – Rod. SC 401 – Office Park – 8,3 km – Difícil

04 – Santo Antônio da Lisboa (Praça) – Travessia de barco – 8,0 km – Moderado

05 – Praia da Daniela – 5,1 km – Moderado

06 – Jurerê Tradicional (fim da praia) – 5,3 km – Moderado

07 – Cachoeira do Bom Jesus – Rua Otacílio Costa – 10,4 km – Muito, muito difícil

08 – Praia Brava – Rua Ari Kardec B. Melo – 5,2 km – Difícil

09 – Praia dos Ingleses – Praia, final da R. Dante de Patta – 4,7 km – Fácil

10 – Praia do Santinho – Posto Guarda-vidas – 8,4km – Muito difícil

11 – Praia do Moçambique – 5,7 km – Muito difícil

12 – Barra da Lagoa – Cidade da Barra – 8,1 km – Muito difícil

13 – Praia da Joaquina – Posto Guarda-vidas- 4,9 km – Muito difícil

14 – Praia do Novo Campeche – 7,7 – Muito difícil

15 – Praia da Armação (perto da Lagoa do Peri) – 9,3 km – Difícil

16 – Praia dos Açores / Morro do Sertão – 16,4 km – O mais difícil

17 – Tapera – Fazenda da Ressacada – 15,2 km – Difícil

18 – Via Expressa Sul – Saco dos Limões (Ciclovia) – 6,1 km – Fácil

Chegada – Av. Beira-mar Norte (Trapiche)

Informações para imprensa
Danilo Caboclo – danilo@gruposix.com.br – 48 9.9177-8099
Marina Sartori – marina@gruposix.com.br – 48 9.9135-9402
Diogo Maçaneiro – diogo@gruposix.com.br – 47 9.9145-3787