Powerman incentiva inclusão social apoiando atletas do Instituto Mara Gabrilli

Três atletas do Instituto, entre eles Sergio Silva (fotos), participam da terceira edição da maior série de duathlon do mundo em Indaiatuba – Créditos das fotos: Arquivo Pessoal/Sergio Silva

São Paulo (SP) – 5 de julho de 2017 – “Atitudes como essa são nobres, aliás essa é a verdadeira inclusão social”. Foi com essas palavras que o atleta Sergio Silva recebeu a notícia de que estava inscrito no Powerman Brasil, prova brasileira da maior série de duathlon do mundo e que esse ano acontece em Indaiatuba entre os dias 18 e 20 de agosto. Sergio faz parte do trio de competidores de alto rendimento do Instituto Mara Gabrilli que participarão do evento a convite da organização. Além dele, Edson Dantas e Helio Silva também estarão perfilados na linha de largada no dia 20.

Publicidade

“A Mara sempre praticou esporte e acreditou na atividade física como uma ferramenta de inclusão. Foi com esse espírito que nasceu o Instituto. Atualmente apoiamos cerca de 20 atletas de diversas modalidades dando suporte no gerenciamento de suas carreiras”, explica Tiago Gorgatti, Coordenador de Esportes do IMG e responsável por apresentar o evento ao trio de atletas do Instituto. “Esse apoio que a organização do Powerman está nos dando é fundamental, para nós é fantástico”, acrescenta.

Praticante de esporte durante sua toda sua vida, Sergio Silva ama pedalar e correr, esportes que lhe deram ânimo para superar sua deficiência. Durante o parto, Sergio acabou ficando em posição invertida, com os pés para fora, e ao ser puxado pelo médico teve a clavícula fraturada em três partes que ocasionaram uma artofria em seu membro superior direito. Ao ser questionado sobre sua possível “limitação”, Sergio explica que a dificuldade está justamente em não fazer algo.

“Depois que você passa a conviver com as pessoas que possuem alguma deficiência é que você percebe que as coisas são muito diferentes. Posso dizer que em 99% dos casos a vida passa a ter sentido depois do acidente. E o que dá sentido à isso é o esporte”, comenta Sergio.

Praticante de triathlon há 8 anos, Sergio ficou muito empolgado ao receber a notícia de que estava inscrito para o Powerman Brasil. “Eu sempre gostei muito de pedalar e correr, na verdade eu pratico esses dois esportes há quase 20 anos e o formato da prova é perfeito para mim”, explica Sergio, que tem uma história bastante interessante dentro do esporte.

Ao participar de uma prova de triathlon na categoria para atletas sem deficiência, Sergio acabou tendo um resultado surpreendente e logo foi convidado para representar o Brasil em etapas da Copa do Mundo e Mundiais de Paratriatlhlon. “O esporte me deu a oportunidade de conhecer o mundo inteiro. Eu nunca fiz isso por dinheiro e status, mas sim por estilo de vida. Eu adoro ver muitos paraatletas participando de competições. Prefiro ficar em terceiro em um pódio com três atletas na prova do que vencer sozinho, por isso essas iniciativas da organização do Powerman são importantes”, encerra.

Sobre o Powerman Brasil:
Realizado pela primeira vez na América do Sul em 2015, na cidade de Florianópolis, o Powerman Brasilretornou a capital catarinense para a segunda edição da maior série de duathlon do mundo em 2016 e neste ano será realizada pela primeira vez em Indaiatuba, interior de São Paulo. A prova, que vale vaga para o mundial da categoria, realizado sempre em setembro na Suíça, conta com as categorias Classic e Sprint. No Classic os duatletas são desafiados em 20km de corrida (intercalados em duas etapas de 10km cada) e 60km de ciclismo. Já no Sprint, são 10km de corrida (divididos em duas etapas de 5km cada) e mais 30km de ciclismo. Além disso, o evento conta com as provas em Dupla, na distância Classic, e Kids.

Percurso Powerman Brasil:
O Powerman Brasil acontece entre os dias 18 e 20 de agosto, em Indaiatuba, nas distâncias Classic e Sprint. A distância Powerman Classic é composta por duas etapas de 10 km de corrida intervaladas por 60km de ciclismo. A primeira parte da corrida terá duas voltas de 4.915m e uma perna final de aproximadamente 170m até a troca para o ciclismo. O pedal segue para uma primeira parte de 1.740m seguido por duas voltas de 28.345m até a parte final de mais 1.710m antes da última troca. A segunda parte da corrida começa com 160m antes das duas voltas de 4.915m até a chegada. O mesmo vale para o Powerman Sprint, mas com apenas uma volta em cada passagem ao invés das duas do Classic. A altimetria do percurso e os detalhes podem ser vistos no mapa de prova – http://www.powermanbrasil.com/percurso-2.

Inscrições:
Os atletas que ainda não garantiram presença na etapa podem se inscrever através do sitewww.powermanbrasil.com. É importante frisar que a organização programou uma série de benefícios para assessorias esportivas e grupos que tenham interesse em participar da prova. Para mais informações basta entrar em contato através do e-mail relacionamento@e2x.com.br

Sobre Indaiatuba:
Localizada a aproximadamente 100km de São Paulo, Indaiatuba foi confirmada como nova sede doPowerman Brasil. Após dois anos em Florianópolis, a E2X, empresa responsável pela organização do evento na América do Sul, encontrou na cidade do interior paulista a possibilidade de realizar toda a prova dentro de uma área de perímetro urbano, percorrendo um dos maiores parques urbanos do mundo, o Parque Ecológico de Indaiatuba, projetado por Rui Ohtake, além de utilizar a estrutura do Velódromo Olímpico.

O formato do Powerman Brasil segue o mesmo da edição passada com as provas Classic, Sprint e Kids, porém com uma novidade na distância do Sprint, que esse ano passará a ser composto por duas etapas de 5km de corrida intercaladas por um percurso de 30km de ciclismo. O Classic segue com duas pernas de 10km de corrida intervaladas por 60km de ciclismo.

Mais informações:
www.powermanbrasil.com
Facebook (www.facebook.com/powermanbrasil)
Instagram (www.instagram.com/powermanbrasil)

Informações para imprensa:
Danilo Caboclo – danilo@gruposix.com.br – 48 9.9177-8099
Marina Sartori – marina@gruposix.com.br – 48 9.9135-9402