Pena de 7 anos para agressão com o remo 

Segundo o noticiário local do canal de televisão NBC News, Matthew Greco, procurador do distrito de San Diego, afirmou que o corte provocado pela pancada na nuca de Eslinger foi tão severo que o surfista não conseguiu falar durante dias após a agressão. Outros promotores descreveram a lesão sofrida por ele como “altamente incomum”.

Segundo o advogado de defesa, o surfista de SUP atacou o outro homem com seu remo pois acreditava que Eslinger tinha a intenção de agredi-lo. “Ele ia me matar”, teria dito o agora condenado. Apesar disso, a corte não aceitou o argumento de legítima defesa.

Publicidade

Na imagem de capa: A imagem é meramente ilustrativa, sem qualquer relação com a agressão.

Fonte hardcore.com.br