Paul Speaker deixa o cargo de CEO da World Surf League

Quiksilver Pro France 2007, Hossegor

Quiksilver Pro France em Hossegor. Foto: Pierre Tostee – WSL

Espero que todos tenham tido um fim de ano maravilhoso com a família e amigos e estejam animados para 2017. Para muitos de nós, a virada do ano é um momento de reflexão e, às vezes, para tomar decisões.

Publicidade

Ter sido o CEO na World Surf League nos últimos cinco anos foi uma honra incrível para mim. Foi um trabalho incrível que exigiu muitas horas de dedicação, longas viagens, sacrifícios familiares e sempre foi minha intenção passar o bastão para alguém no momento certo, para liderar a próxima fase do que nós criamos. Acredito que o tempo é agora. Com a aquisição da Kelly Slater Wave Company, chegamos a um novo patamar na história da Liga e está na hora de um novo líder para orientar a organização de grandes realizações.

É com isso em mente que eu decidi deixar o cargo de CEO da WSL no final de janeiro. Vou continuar sendo um sócio (co-owner) da Liga e vou trabalhar com o grupo de Diretores e do Conselho para fazer uma transição tranquila para o novo CEO. Como muitos já sabem, Dirk Ziff tem sido um conselheiro profundamente empenhado e apaixonado da nossa Liga e ele concordou em ser o CEO interino até a chegada do novo diretor executivo da entidade. Eu e o Dirk vamos trabalhar juntos para uma transição perfeita.

Quase cinco anos atrás, eu viajei para a Austrália para uma reunião com a diretoria e o Conselho da Association of Surfing Professionals, como era chamada, com a audaciosa ideia de trabalho. Desde a contratação alguns meses depois, eu fiz o meu melhor para construir um produto com o melhor possível. Foi um prazer e um privilégio supervisionar a transformação do surf profissional, num esporte reconhecido mundialmente como é hoje. Tive o privilégio de participar desta viagem com uma grande equipe de pessoas comprometidas e devo muito a todos vocês que trabalharam incansavelmente para elevar este esporte a novos patamares. Sua paixão e dedicação nos trouxe para onde estamos hoje e será a força para nosso sucesso futuro.

Entre tantas realizações, estão o notável aumento no número de fãs no mundo, a qualidade altamente profissional das transmissões ao vivo, nossa produção dos eventos, os vários programas de desenvolvimento de atletas e a introdução do esporte em um novo grupo de parceiros corporativos não-endêmicos.

O compromisso com nossos atletas dentro e fora da água teve conquistas inéditas para o surf, como um plano de pensão para os nossos atletas, a criação do gabinete do comissário para garantir a integridade do esporte, a paridade da premiação entre homens e mulheres no CT (Championship Tour) e o primeiro conselho anual de surfistas.

A WSL foi pioneira em novas tecnologias e estratégias digitais que estiveram acima da curva, levando ao reconhecimento em toda a indústria do esporte como pioneiros em muitas áreas. Com foco no fã, o surf agora desfruta de várias plataformas de mídia em todo o mundo, por meio da transmissão tradicional, com mais atrações no nosso aplicativo para celular, site e canais de mídia social. Reconhecendo a natureza global do nosso esporte, oferecemos transmissões ao vivo em inglês, francês, português e japonês. E estou incrivelmente animado com o nosso futuro.

A Kelly Slater Wave Company vai oferecer uma oportunidade fantástica e sem precedentes para a Liga mudar dramaticamente o cenário do surf de alta performance em todo o mundo com condições garantidas, com total justiça para os concorrentes, maior visibilidade ao vivo e maior cobertura de televisão com uma hora programada. A inclusão do nosso esporte nos Jogos Olímpicos de 2020 é uma prova do contínuo aumento do surf como esporte de grande participação e audiência global, permitindo que os atletas da WSL possam competir representando seus países pela primeira vez na, indiscutivelmente, maior competição esportiva do mundo.

Gostei bastante de trabalhar com todos vocês mais do que vocês possam imaginar e agora vou gostar também em ser um conselheiro, um fã e por poder passar mais tempo com a minha família, que me apoiou incrivelmente nos últimos cinco anos. Sentirei saudades de todos vocês. Vocês são um grupo dinâmico, comprometido e divertido, que de muitas maneiras se tornaram uma grande família. Por favor, continuem esse trabalho incrível.

Vejo vocês na praia,

Paul Speaker

(Carta do CEO da World Surf League, Paul Speaker)