Operação Verão em Salinas

Ações da Operação Verão são apresentadas pelo Sistema de Segurança Pública em Salinas
O Sistema de Segurança Pública do Estado terá um esquema de segurança especial para os balneários mais procurados pelos veranistas no mês de julho. As ações que serão desenvolvidas foram apresentadas nesta quarta-feira, 29, por agentes da Polícia Militar, Polícia Civil, Detran e Corpo de Bombeiros aos barraqueiros, comerciantes, empresários do ramo de festas e representantes da prefeitura local no município de Salinópolis, um dos mais movimentados do Pará nesta época do ano.

A reunião foi realizada no auditório do hotel Privé do Atalaia. Durante o encontro, o secretário adjunto operacional de Segurança Pública, Hilton Benigno, reforçou a importância da operação Lei Seca durante as férias escolares, em Salinas. “O Sistema de Segurança enfatiza a questão da Lei Seca, que objetiva inibir a prática da condução de veículos sob efeito de álcool. A operação já inicia neste final de semana em todos os locais do município, principalmente nas áreas próximas da praia”, afirmou.

Publicidade

De acordo com a delegada geral adjunta, Christiane Ferreira, em julho de 2015, foram registrados 158 flagrantes de delitos no município. A maioria deles relacionados aos casos de embriaguez. “No ano passado, um terço dos nossos flagrantes foram por conta de alcoolemia. Em 2016, a Polícia Civil estará reforçando a segurança em Salinas durante todo o mês de julho, aumentando assim, as ações de segurança”, relatou.

Cerca de 100 agentes do Detran atuarão executando diversas operações. Entre elas, 16 agentes estarão em fiscalização nas praias, 24 horas por dia, para coibir tráfego de veículos nas áreas de banho e inibir as infrações relacionadas a competições de motos e quadriciclos nas praias. Já a Polícia Militar atuará com 160 homens, entre efetivo local e de reforço, além de militares do Batalhão de Polícia Tática (Rotam) e Batalhão de Polícia Ambiental (BPA).

Em todo o mês de julho, o Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv) atuará com 91 militares no policiamento ordinário e 50 de reforço em 18 postos de fiscalização. De acordo com o coronel Hélio Silva, comandante de Policiamento Regional, a PM está preparada para a atuação na Operação Verão. “A operação Verão é um trabalho desenvolvido em cima do planejamento de atuação na região e que irá contar com ações diversas e com efetivo de reforço oriundo da capital do Estado”, disse o oficial.

Para Alcino Neto, proprietário da barraca Diwalli, reuniões como estas são de extrema importância. “O Governo do Estado sempre nos apoiou quando nos referimos ao quesito segurança. A partir da união com a PM, Polícia Civil, Bombeiros e outros órgão da Segup podemos fazer um verão bonito, animado e seguro. É por isso que estamos aqui”, contou o empresário.

A presidente da Associação dos Barraqueiros do Atalaia, Glauce Santos, afirmou que a parceria com os agentes vai além do fator segurança. “Esta é a terceira e última reunião. Nelas pudemos discutir muito mais que a inibição da criminalidade, mas também o ordenamento da praia. Este é um quesito muito importante e juntos avaliamos a melhor forma de ser executada”.

Por Cristiani Sousa
Fonte segup.pa.gov.br