Oi Rio Pro 2018 começa com as meninas

Sally após vencer a primeira bateria do evento. Foto: WSL

Australiana fez a maior nota das três baterias disputas nesta manhã logo em sua primeira onda

Publicidade

Oi Rio Pro 2018 começou com as meninas. Nesta sexta-feira, primeiro dia da janela par a realização da prova da WSL, o mar em Itaúna, Saquarema, amanheceu com séries demoradas de ondas com meio metro e séries maiores, um pouco cheias, porém abrindo longas paredes.

Rolaram apenas três baterias e a primeira onda surfada foi a melhor da manhã. A australiana Sally Fitzgibbons conquistou 5,83 que ajudou na vitória sobre a havaiana Coco Ho (2ª) e a também aussie Nikki Van Dijk (3ª).

As outras duas baterias também tiveram vitórias de australianas. Tyler Wright venceu o segundo duelo e no terceiro a atual líder do ranking Stephanie Gilmore levou a melhor. Esse terceiro confronto teve a participação da saquaremense Taís de Almeida, vencedora da triagem, que não achou ondas com pontecial para notas altas e que terminou a disputa em terceiro lugar.

Uma nova chamada acontece ainda nesta sexta-feira, às 15h no horário de Brasília.