Michael Rodrigues é mais um destaque no Red Nose Pro

Michael Rodrigues. Foto Tony Heff/ WSL

Michael Rodrigues é mais um destaque do WCT em ação no Red Nose São Sebastião Pro 2018

Publicidade

QS 3000 NA PRAIA DE MARESIAS TEM INÍCIO NO PRÓXIMO DIA 31

Segundo maior evento de surf no Brasil neste ano, o QS 3000 Red Nose São Sebastião Pro terá a participação de várias estrelas brasileiras da elite mundial. A etapa, com US$ 75 mil em premiação, começa no próximo dia 31 e segue até 4 de novembro, na Praia de Maresias, em São Sebastião, litoral norte de SP, já conhecida por receber grandes e importantes disputas da modalidade.

Entre os destaques confirmados estará o cearense radicado em Florianópolis/SC, Michael Rodrigues. Atual 14º colocado no WCT e 21º no QS, o surfista de 23 anos não esconde a vontade de competir bem em Maresias. “As expectativas são sempre positivas e o objetivo é sempre vencer, independente de pontos e dinheiro, eu gosto muito de competir no Brasil e a onda de Maresias é uma das minhas favoritas”, afirma. O Brasil é a minha casa e não existe nada melhor do que estar em casa”, reforça.

Em sua primeira temporada na elite mundial, Michael faz uma autoavaliação de suas apresentações e já projeta seu futuro, confiante em sua evolução. “Foi um ano de aprendizagem. O que mais gostei foi do nível dos atletas, das ondas. Nas baterias que perdi, pude aprender muito com os melhores do Mundo. Muitas coisas deram erradas, principalmente em estratégia de bateria, mas isso se corrige com muito treino e dedicação”, confessa. “Em 2019 quero corrigir os erros de 2018, melhorar meu surf em ondas tubulares e finalizar o ano entre os cinco melhores”, revela.

Nesta sua primeira temporada entre os melhores do Mundo, Michael somou como melhores resultados dois quintos lugares, um logo em sua estreia, em Gold Coast, na Austrália, e outro “em casa” na etapa em Saquarema/RJ. Já no QS, garantiu o nono lugar no 10000 em Huntington Beach, nos Estados Unidos, e o quinto no 6000 em Sydney, Austrália. Nesse ranking, apesar de não estar precisando da vaga, ele pode trocar resultado e subir de colocação, alcançando até a 14ª posição.

Além dele, mais cinco brasileiros da elite mundial aparecem na lista dos inscritos, incluindo a estrela Gabriel Medina, junto com Italo Ferreira, que vem de vitória em Portugal, Yago Dora, Jessé Mendes e Ian Gouveia. Outros destaques são Deivid Silva, que defende o título da etapa e aparece em sexto no ranking QS, e Jadson André, o sétimo colocado. Atletas de 13 países figuram entre os participantes do evento, que tem seu palanque montando em frente à Rua 15, no meio da Praia de Maresias.

O Red Nose São Sebastião Pro 2018 é uma realização da World Surf League (WSL), com os patrocínios da Jeep e Corona, apoios da Confederação Brasileira de Surf, Federação Paulista de Surf, Associação de Surf de São Sebastião (ASSS) e Associação de Surf de Maresias (ASM), com divulgação da 89 FM e Waves.

INFORMAÇÕES SOBRE O EVENTO TAMBÉM COM O ASSESSOR DE IMPRENSA DA WSL SOUTH AMERICA – JOÃO CARVALHO (48) 999.882986 E jcarvalho@worldsurfleague.com

FOTOS DIVULGAÇÃO DE MICHAEL RODRIGUES: DAMIEN POULLENOT/WSL.

FMA Notícias