Meninas estreiam no QS 6000 do Surfest Newcastle

Taina Hinckel
Taina Hinckel (Foto: Tom Bennett – WSL)
By João Carvalho

Após dois dias só de competição masculina no Surfest Newcastle, a quinta-feira foi reservada para as meninas estrearem no Grandstand Sports Clinic Women´s Pro, que acontece junto com o Burton Automotive Pro nessa semana nas mesmas ondas de Merewether Beach, na Austrália. Foram realizadas quase três rodadas completas e três sul-americanas passaram suas baterias, as brasileiras Silvana Lima e Tainá Hinckel e a peruana Melanie Giunta, que já estão na rodada classificatória para as oitavas de final do segundo QS 6000 feminino do ano.

Taina Hinckel (Foto: Tom Bennett – WSL)

A grande surpresa é a jovem catarinense Tainá Hinckel. Na semana passada, ela sofreu um acidente enquanto treinava na Austrália, precisou tomar pontos internos e externos, mas parece ter se recuperado bem, pois competiu três vezes na quinta-feira. Ela estreou na primeira bateria do dia e passou em segundo lugar na disputa vencida por Stephanie Single, despachando outra australiana, Ashlee Spence, além da norte-americana Autumn Hays.

Publicidade

Nessa rodada inicial, outra sul-americana também competiu, a argentina Lucia Cosoleto, que acabou eliminada em terceiro lugar na disputa que classificou a americana Alyssa Spencer e a havaiana Savanna Stone. Na segunda fase, Tainá Hinckel venceu sua bateria batendo uma ex-top do CT, Alessa Quizon, com a havaiana passando em segundo lugar. Depois, encarou outra estrela da elite mundial, Tatiana Weston-Webb. A havaiana confirmou o favoritismo, mas Tainá ganhou a briga pela segunda vaga da outra cabeça de chave da bateria, a equatoriana Dominic Barona, eliminada junto com a japonesa Hinako Kurokawa.

Agora, a catarinense de apenas 15 anos de idade vai encarar mais duas tops do CT na quarta batalha por vagas nas oitavas de final do QS 6000 Grandstand Sports Clinic Women´s Pro, a havaiana Malia Manuel e a norte-americana Sage Erickson. Além dela, mais duas sul-americanas chegaram nesta quarta fase. A peruana Melanie Giunta está na sexta bateria com a australiana Sophie McCulloch e a campeã do WSL Qualifying Series no ano passado, a francesa Johanne Defay. E a brasileira Silvana Lima ainda aguarda o encerramento da terceira fase para conhecer suas adversárias na disputa pelas duas últimas vagas para as oitavas de final.

A peruana Melanie Giunta estreou na segunda fase e despachou a recém-coroada campeã mundial Pro Junior da World Surf League, Vahine Fierro, do Taiti. Além dela, derrotou também as havaianas Leila Riccobuano e Mahina Maeda. A argentina Josefina Ane também entrou nessa segunda fase, mas ficou em último na sua bateria. Depois, Giunta encarou duas surfistas que no ano passado estavam no CT e superou a francesa Pauline Ado para passar em segundo na bateria vencida pela havaiana Coco Ho.

Já a cearense Silvana Lima, única sul-americana na elite das top-17 que vai disputar o título mundial no World Surf League Championship Tour, era uma das cabeças de chave que entram direto na terceira rodada da competição e só competiu uma vez na quinta-feira. Em sua primeira bateria na Austrália em 2018, Silvana se classificou em segundo lugar no confronto vencido pela australiana Philippa Anderson. As duas barraram outra australiana, Kirra-Belle Olsson, além da havaiana Zoe McDougall.

Acompanhe a transmissão ao vivo do QS 6000 Burton Automotive Pro e do QS 6000 Grandstand Sports Clinic Women´s Pro direto de Newcastle na Austrália pelo www.worldsurfleague.com

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 180 eventos globais que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Kai Lenny, Taylor Jensen, Honolua Blomfield, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.

—————————————————————-

João Carvalho – WSL South America Media Manager – jcarvalho@worldsurfleague.com

—————————————————————-

QUARTA FASE DO QS 6000 GRANDSTAND SPORTS CLINIC WOMEN´S PRO:

———–1.a e 2.a=Oitavas de Final / 3.a=17.o lugar com 1.050 pontos e US$ 750 de prêmio:

1.a: Tyler Wright (AUS), Ellie Brooks (AUS), Holly Wawn (AUS)

2.a: Keely Andrew (AUS), Caroline Marks (EUA), Garazi Sanchez Ortun (ESP)

3.a: Tatiana Weston-Webb (HAV), Dimity Stoyle (AUS), Kobie Enright (AUS)

4.a: Malia Manuel (HAV), Sage Erickson (EUA), Tainá Hinckel (BRA)

5.a: Coco Ho (HAV), Kirra Pinkerton (EUA), Leila Riccobuano (HAV)

6.a: Johanne Defay (FRA), Melanie Giunta (PER), Sophie McCulloch (AUS)

7.a: Philippa Anderson (AUS), 1.a da 11.a bateria da 3.a fase e 2.a da 12.a bateria

8.a: Silvana Lima (BRA), 1.a da 12.a bateria da 3.a fase e 2.a da 11.a bateria

RESULTADOS DAS SUL-AMERICANAS NAS PRIMEIRAS FASES EM NEWCASTLE:

TERCEIRA FASE – 3.a=25.o lugar (US$ 500 e 700 pts) e 4.a=37.o lugar (US$ 250 e 650 pts):

4.a: 1-Tatiana Weston-Webb (HAV), 2-Tainá Hinckel (BRA), 3-Hinako Kurokawa (JPN), 4-Dominic Barona (EQU)

7.a: 1-Coco Ho (HAV), 2-Melanie Giunta (PER), 3-Camilla Kemp (PRT), 4-Pauline Ado (FRA)

10.a: 1-Philippa Anderson (AUS), 2-Silvana Lima (BRA), 3-Zoe McDougall (HAV), 4-Kirra-Belle Olsson (AUS)

SEGUNDA FASE – 3.a=49.o lugar com 400 pontos e 4.a=61.o lugar com 385 pontos:

4.a: 1-Tainá Hinckel (BRA), 2-Alessa Quizon (HAV), 3-Ren Hashimoto (JPN), 4-Felicity Palmateer (AUS)

6.a: 1-Zahli Kelly (AUS), 2-Chelsea Tuach (BRB), 3-Nao Omura (JPN), 4-Josefina Ane (ARG)

7.a: 1-Melanie Giunta (PER), 2-Leila Riccobuano (HAV), 3-Mahina Maeda (HAV), 4-Vahine Fierro (TAH)

PRIMEIRA FASE – 3.a=73.o lugar com 370 pontos e 4.a=79.o lugar com 313 pontos:

2.a: 1-Stephanie Single (AUS), 2-Tainá Hinckel (BRA), 3-Autumm Hays (EUA), 4-Ashlee Spence (AUS)

6.a: 1-Alyssa Spencer (EUA), 2-Savanna Stone (HAV), 3-Lucia Cosoleto (ARG), 4-Nagisa Tashiro (JPN)

FINAL DA TRIAGEM – 2.a=85.o lugar (255 pts) / 3.a=86.o lugar (244 pts) / 4.a=87.o lugar (233 pts):

1-Mia McCarthy (AUS), 2-Pacha Luque-Light (AUS), 3-Raiha Ensor (NZL), 4-Anne dos Santos (BRA)

SEMIFINAIS DA TRIAGEM – 3.a=88.o lugar com 221 pontos:

2.a: 1-Anne dos Santos (BRA), 2-Raiha Ensor (NZL), 3-Puanani Johnson (IDN)

SEGUNDA FASE – 3.a=90.o lugar com 199 pontos e 4.a=93.o lugar com 165 pontos:

3.a: 1-Puanani Johnson (IDN), 2-Anne dos Santos (BRA), 3-Rina Kitazawa (JPN)

PRIMEIRA FASE – 3.a=96.o lugar com 133 pontos e 4.a=99.o lugar com 117 pontos:

1.a: 1-Bailee Hastie (AUS), 2-Anne dos Santos (BRA), 3-Tru Starling (AUS), 4-Cedar Leigh-Jones (AUS)