Marcus Fernandes e Carolina Bilato vencem na abertura do GP Extreme em São Carlos

Competição reuniu triatletas no Parque Eco-Esportivo Dahma para o desafio de 1000 m de natação, 100 km de ciclismo e 10 km de corrida neste final de semana. Marcus Fernandes (foto) conquistou o bicampeonato – Fotos: Wagner Araújo

A temporada 2018 do GP Extreme começou fazendo jus ao nome da prova. Em um percurso extremamente desafiador, no Parque Eco-Esportivo Dahma, em São Carlos, dezenas de atletas foram desafiados na famosa distância 1000/100/10, com 1000 m de natação, 100 km de ciclismo e 10 km de corrida. Marcus Fernandes e Carolina Bilato foram os grandes campeões na distância Extreme, enquanto Pedro Apud e Ana Luiza de Mota venceram no Sprint.

Publicidade

E a prova desse sábado teve de tudo, especialmente para o campeão Marcus Fernandes. Campeão no Masculino, o triatleta destacou o ciclismo como a maior dificuldade do dia. “Posso dizer que deu quase tudo errado para mim, mas eu ainda consegui a vitória. A Bike é muito dura e na corrida você dá o que sobra. Meu pneu furou no ciclismo e eu só consegui a vitória no finalzinho da corrida”, comentou o vencedor com 3:29:49 de prova.

Ao cruzar a linha de chegada, Marcus carregava em suas mãos o tênis e algumas pessoas não conseguiram entender o que estava acontecendo. “Já pelo oitavo quilometro da corrida o meu cadarço soltou e quando tentei apertar ele estourou. Sendo assim eu corri os últimos dois com o tênis na mão. Foi uma prova bem sofrida. Ainda bem que tinha muita água senão ia ser difícil. A organização está de parabéns pela prova. O formato agrada muito e serve muito bem como preparação para o Ironman Brasil”, avalia.

A vitória de Marcus foi apertada, chegando menos de um minuto à frente do vice-campeão Alexandre Takenaka. Marcos Faria (3º), Matheus Martini (4º) e Ricardo Soares (5º) completaram o pódio da categoria masculina. No Feminino a campeã foi Carolina Bilato, com 4:13:31 de prova. Carla Lacerda (2ª), Thays Fernandes (3ª), Thelma Amelio (4ª) e Juliana Bueno (5ª) completaram o pódio.

Pedro Apud e Ana Luiza de Mota vencem no Sprint:
Na categoria Sprint – 750m de natação, 20km de ciclismo e 5km de corrida – Pedro Apud manteve a ótima fase vencendo mais uma vez, com José Hamilton Resende e Hugo Dias completando o pódio. Enquanto isso, no Feminino deu Ana Luiza de Mota com Ana Carolina de Araujo e Flavia Belini fechando as três primeiras posições.
A próxima etapa do GP Extreme acontece em João Pessoa (PB) dia 7 de abril. As inscrições estão abertas através do site www.sb5.com.br

Sobre o GP Extreme:
Realizado desde 2011, em São Carlos (SP) pela SB5 Eventos, o GP Extreme ganhou força para a temporada 2017 com a inclusão de novas provas percorrendo as regiões Sul, Sudeste e Nordeste do país. Além de passar pelo interior paulista, as cidades de João Pessoa (PB) e Penha (SC) fizeram parte do calendário de provas, consolidando o circuito como um dos principais do país, com formato único, que inclui 1.000m de natação, 100km de ciclismo e 10km de corrida. Para 2018, os eventos foram mantidos e uma nova praça foi incluída – Natal (RN), completando quatro etapas para a temporada.

Resultados – GP Extreme São Carlos
GPX – Masculino
1º Marcus Fernandes – 3:29:49
2º Alexandre Takenaka – 3:30:45
3º Marcos de Faria – 3:33:00
4º Matheus Martini – 3:33:39
5º Ricardo Soares – 3:38:05

GPX – Feminino
1ª Carolina Bilato – 4:13:31
2ª Carla Lacerda – 4:15:25
3ª Thays Fernandes – 4:17:58
4ª Thelma Amelio – 4:18:30
5ª Juliana Bueno – 4:18:56

GP Sprint – Masculino
1º Pedro Apud – 1:03:28
2º Jose Hamilton Resende – 1:05:40
3º Hugo Dias – 1:07:12

GP Sprint – Feminino
1ª Ana Luiza de Mota – 1:18:56
2ª Ana Carolina de Araujo – 1:23:49
3ª Flavia Belini – 1:26:21

Informações para imprensa
Danilo Caboclo – danilo@gruposix.com.br – 48 9.9177-8099
Marina Sartori – marina@gruposix.com.br – 48 9.9135-9402