Manu Pacheco é a nova integrante da Vida Marinha

Manu entre o ex-competidor Gabriel Galdino(à esquerda) e Daltro Espíndola (à direita), proprietário da marca. Foto Basilio Ruy

A surfista de Florianópolis (SC) Manu Pacheco é a nova integrante da equipe Vida Marinha, tradicional marca catarinense de surfwear

Publicidade

A bicampeã catarinense de surf amador Manu Pacheco vai defender a Vida Marinha Surfwear nas competições de 2017. Atualmente a surfista em sua primeira temporada no Havaí, aperfeiçoando seu repertório de manobras em ondas com pressão.

O contrato foi assinado no início de março na sede da empresa em Criciúma (SC), cidade localizada no sul de Santa Catarina. Para Daltro Espíndola, proprietário da marca, é importante investir em atletas catarinenses e contribuir para o desenvolvimento do esporte, tanto no masculino como no feminino.

A jovem surfista de Florianópolis (SC) tem 16 anos, e já compete há algum tempo nos eventos pelo sul do Brasil. Manu é uma das revelações da nova geração do surf catarinense na categoria, que vem em ascensão com o trabalho de base feito entre as meninas nas competições no Estado.

Essa experiência no North Shore tem sido de grande valia para a garota. Manu está treinando intensamente em diversas ondas famosas no North Shore, como Gas Chambers, Rocky Point, Haleiwa, Ehukai Beach Park e Jocko´s. Toda essa dedicação ela pretende colocar em prática nos eventos que tem pela frente na temporada de 2017 aqui no Brasil.

O patrocínio da Vida Marinha estampado no bico de sua prancha é a motivação que faltava para a jovem surfista manter seu ritmo nos campeonatos na busca de mais títulos de sua breve trajetória.

 

A surfista e seu novo patrocínio. Foto Gina Neves

A surfista e seu novo patrocínio. Foto Gina Neves

 

Antes de embarcar pro Havaí, Manu treinou em Itapirubá (SC). Foto Basilio Ruy

Antes de embarcar pro Havaí, Manu treinou em Itapirubá (SC). Foto Basilio Ruy

Manu Pacheco desfrutando da perfeição de Rocky Point. Foto Gina Neves

Manu Pacheco desfrutando da perfeição de Rocky Point. Foto Gina Neves