Localismo violento em Itacaré BA

Surfistas protestam nesta quarta-feira (16/5) contra a violência no ‘outside’. Foto Divulgação

Mulheres surfistas se reúnem para protestar contra a violência e o machismo dentro e fora da água

Publicidade

No último final de semana um fato lamentável aconteceu na praia da Engenhoca, em Itacaré (BA).

Durante o freesurf no pico, um atleta local de Itacaré, que se denomina “profissional”, agrediu verbalmente uma mulher que surfava no meio do crowd. Segundo testemunhas, o surfista proferiu palavras de baixo calão de forma violenta, intimidando e acuando a vítima, que ainda teve a prancha quebrada pelo mesmo.

Com medo de sofrer retaliações, a vítima não quis divulgar o nome do agressor e preferiu, também ficar no anonimato.

Com tudo, um grupo de meninas do surfe feminino na Bahia, lideradas pelas surfistas de Itacaré, vão se reunir em uma manifestação no próxima quarta-feira (16/5), na praia da Tiririca, em Itacaré.

Segundo o grupo, esse não é um caso isolado, onde inclusive outras meninas afirmam terem sido agredidas por esse mesmo indivíduo na praia da Tiririca.

Contra o machismo e a agressividade dentro e fora da água, na quarta-feira (16/5), às 15:00 horas, na praia da Tiririca, em Itacaré (BA).

Fonte surfbahia.com.br