Ironman Florianópolis finaliza com sucesso

Ironman Florianópolis. Foto: Gabriel Heusi

Foto: Gabriel Heusi

O Ironman Florianópolis é sinônimo de grandes histórias.

Publicidade

Depois da quebra do recorde mundial do evento no ano passado, com o britânico Tim Don, a capital catarinense foi palco de mais um resultado inusitado.

Neste domingo, o sueco Jesper Svensson foi vencedor logo em sua primeira participação na versão completa da prova de triathlon, que contempla 3,8 quilômetros de natação, 180 quilômetros de ciclismo e 42,2 quilômetros de corrida.

Ele completou com o tempo de 8h08min06seg.

Entre as mulheres, a canadense Kirsty Jahn, campeão do Ironman 70.3 em abril, repetiu o bom resultado e subiu ao alto do pódio mais uma vez, com o tempo de 8h54min57seg.

Brasileiros

Com a hegemonia estrangeira na prova realizada em Florianópolis, os brasileiros tinham o desafio de quebrar a escrito.

Mas não foi desta vez.

O catarinense Igor Amorelli, campeão em 2014, chegou no segundo lugar, que chegou pouco mais de seis minutos após o campeão.

Um problema no pedal, no início da prova de ciclismo, frustrou seus planos.

Feminino

No feminino, Bruna Mahn, com 9h10min37seg, foi a terceira colocada, sendo a melhor do país na competição.

– Eu disse que talvez pudesse me surpreender e foi o que aconteceu. Estou muito contente por estrear em um Ironman vencendo, ainda mais aqui no Brasil. Foi uma prova incrível e eu percebi que hoje poderia ser meu dia ao sair da água e ver que estava me sentindo bem. Fiquei surpreso em conseguir abrir no ciclismo e mantive um bom ritmo na corrida. Com certeza quero voltar aqui ano que vem, foi uma grande prova – destacou Svensson.

A disputa entre as mulheres foi acirrada do início ao fim, com algumas atletas se revezando na ponta.

Na corrida, Kristy conseguiu se destacar, seguida por Sarah Piampiano, e fechou a prova com seu melhor tempo na carreira.

– Esse foi o meu melhor tempo em Ironman. A prova aqui é incrível, com percurso lindo e desafiador e público apoiando o tempo todo. Eu não comecei minha temporada muito bem e esse resultado foi extremamente importante para mim. Com certeza aqui é um lugar que eu retornarei para competir mais vezes – afirmou.

Cada um dos vencedores levou oito mil dólares para casa e pontos no ranking para o Mundial de Kona.

Foto: Gabriel Heusi

Resultados

Masculino

1º Jesper Svensson (SUE) – 8h08min06seg
2º Igor Amorelli (BRA) – 8h14min29seg
3º Thiago Vinhal (BRA) – 8h19min11seg

Feminino

1ª Kirsty Jahn (DIN) – 8h54min57seg
2ª Sarah Piampiano (EUA) – 9h03min33seg
3ª Bruna Mahn (BRA) – 9h10min37seg

Fotos: Gabriel Heusi

Por mormaii.com.br