Iquique Pro bate recorde de inscritos

Jack Robinson (Foto: Nicolas Diaz)

Héroes de Mayo Iquique Pro bate recorde de inscritos no Chile

By João Carvalho

Ainda faltam duas semanas para começar o Héroes de Mayo Iquique Pro e o número de inscritos já é recorde em etapas do Circuito Mundial da World Surf League no Chile. No ano passado, foram 148 participantes e agora, na segunda edição do evento, já ultrapassa 200 surfistas confirmados para competir nas etapas do QS 3000 masculino, QS 1500 feminino e na categoria Pro Junior, todas valendo pontos para os rankings da WSL South America, que definem os títulos sul-americanos da temporada. As eliminatórias começam a ser disputadas no dia 20 de maio e os campeões serão conhecidos no domingo, 26, em Iquique.O Héroes de Mayo tem mais de 30 anos de história na cidade e as baterias vão acontecer na praia Punta Cavancha. Surfistas de mais de 20 países do mundo confirmaram suas participações no campeonato mais importante da América do Sul fora do Brasil esse ano. É o único que terá quatro competições acontecendo na mesma semana, duas do WSL Qualifying Series e do Pro Junior também masculino e feminino. O status da etapa masculina foi elevado de QS 1500 para QS 3000 e a feminina permanece como QS 1500.

Competidores das grandes potências do esporte, Brasil, Austrália e Estados Unidos, estarão se apresentando nas ondas de Iquique, assim como representantes de outros países, como Japão, África do Sul, Taiti, Alemanha, entre outros, além dos da América do Sul que disputarão pontos no ranking mundial do WSL Qualifying Series e também no regional da WSL South America.

Publicidade

O diretor regional da World Surf League na América do Sul, Roberto Perdigão, que também atua como Tour Manager nos eventos, destacou algumas razões pelo êxito prematuro da segunda edição do Héroes de Mayo Iquique Pro valendo pelo Circuito Mundial: “Ter tantos inscritos a um mês do evento, é o reflexo do que aconteceu no ano passado, um campeonato muito bem organizado, com boas ondas e boa infraestrutura”.

de Col (Foto: Nicolás Díaz)

Entre os inscritos, destaque para nomes como a sensação australiana, Jack Robinson, campeão do Héroes de Mayo Iquique Pro no ano passado e sexto colocado no ranking do WSL Qualifying Series 2019, que classifica dez surfistas para a elite dos top-34 da World Surf League que disputa o Championship Tour. O havaiano Kai Lenny, que na semana passada ganhou dois prêmios no WSL Big Wave Awards por seu desempenho em ondas gigantes, e a peruana Sofia Mulanovich, única sul-americana a conquistar o título mundial no CT, também estão entre os mais de 200 surfistas confirmados para competir esse ano em Iquique.

“Os surfistas vêm ao Chile para disputar duas etapas seguidas de 3.000 pontos (a outra é na semana seguinte em Arica) e, especialmente, terão a oportunidade de surfar em ondas incríveis, de qualidade internacional como em Iquique”, destacou Roberto Perdigão.

O prefeito de Iquique, Mauricio Soria Macchiavello, também está satisfeito com o número recorde de inscritos no Héroes de Mayo Iquique Pro: “O surfe já se transformou em um esporte estratégico para a nossa cidade. Em especial, porque promove entre nossos cidadãos a prática de atividade física ao ar livre e coloca Iquique no mapa mundial dos destinos turísticos mais procurados por surfistas de todo o mundo”.

FICHA TÉCNICA DO EVENTO:

NOME: Héroes de Mayo Iquique Pro 2019

DATA: 20 a 26 de maio de 2019

LUGAR: La Punta, Playa Cavancha, Iquique, Chile

ORGANIZAÇÃO: Corporación Municipal de Deportes de Iquique

CATEGORIAS: QS 3000 masculino, QS 1500 feminino, Pro Junior masculino e feminino

PRÊMIO TOTAL: 93.000 dólares

———————————————–

Comunicação do evento: Felipe Passi Olivares

+569 9217-8738 – contacto@kocomunicaciones.net

Versão portuguesa do texto espanhol:

João Carvalho – WSL South America Media Manager

+55 (48) 999-882-986 – jcarvalho@worldsurfleague.com

———————————————–

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 180 eventos globais que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Kai Lenny, Taylor Jensesn, Honolua Blomfield, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.