Guardiãs do Mar chegam em Ubatuba (SP)

Foto: Eduardo Ohara.
Rayane Amaral relata a chegada das Guardiãs do Mar a Ubatuba (SP)

A cada edição, a instituição não-governamental sem fins lucrativos Guardiãs do Mar e Águas e seu projeto ganham força e experiência através de muita luta e trabalho, juntamente com os atletas e amigos voluntários.

Neste episódio, Rayane Amaral relata a importância de ter persistência e união para desenvolver o projeto, pois, sem a gestão e apoio da bicampeã brasileira de surfe Suelen Naraisa, não haveria êxito.

Publicidade

“Tivemos problemas meteorológicos, logística e ausência de atletas, mas não desanimamos e tudo foi maravilhoso e muito emocionante”, diz Rayane.

Os membros participantes desta edição foram a longboarder carioca Angela Bauer; o ator e multi-atleta aquático Daniel Aguiar; o bodyboarder e coach Gabriel Blanco; a triatleta Roberta Wendorf, décima colocada no Ironman; a longboarder profissional e gestora técnica Rayane Amaral; a fundadora e longboarder Patricia Almeida; a waterwoman Naomi Costa e a bicampeã brasileira de surfe Suelen Naraisa, gestora e educadora física responsável pela ONG.

“A cada edição, mostramos ao grupo e todos os envolvidos o quanto estamos focados na missão desta ação social. E estamos fazendo acontecer com ajuda dos próprios atletas participantes que se envolvem desde a logística até o carinho e cuidado com a pele das crianças. Nós somos o próprio exemplo nato de transformação e superação. Esta ação social está acontecendo de dentro para fora, começando por nós mesmos!”, diz Patricia.

O projeto precisa de voluntários e apoiadores para continuar em 2017. Interessados podem entrar em contato com Patricia Almeida pelo email guardiasdomar@outlook.com.

Para obter mais informações sobre o Instituto Guardiãs do Mar, visite onggdm.org/guardiasdomar.

Fonte waves.terra.com.br