Guarda do Embaú é oficializada como Reserva Mundial do Surfe (WSR)

Agora é oficial: a Praia da Guarda do Embaú, em Palhoça (SC), é a nona Reserva Mundial de Surfe e irá se juntar a outros picos de prestígio espalhados pelo mundo como Malibu (Califórnia); Ericeira (Portugal); Manly Beach (Austrália); Santa Cruz (Califórnia); Huanchaco (Peru); Bahia Todos Santos (Baja California, México); Punta de Lobos (Chile); e Gold Coast (Austrália)

“Este ano recebemos um pedido extraordinariamente de alta qualidade feito pela Guarda do Embaú, Brasil“, disse o diretor executivo da Save The Waves, Nik Strong-Cvetich. “Ficou claro que esta era uma comunidade com um profundo compromisso com o legado do surfe, uma forte ligação com o meio ambiente, e a capacidade de utilizar a designação World Surf Reserve para a proteção a longo prazo dos seus recursos costeiros”, completou

Publicidade

Primeira praia brasileira a ser denominada Reserva Mundial de Surfe, a Guarda do Embaú é conhecida como um dos melhores spots de surfe e está situada bem ao lado do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, a maior área de conservação de Santa Catarina, que possui um ambiente natural deslumbrante, incluindo o Rio da Madre, um sistema de estuário intacto, e um sistema de dunas maduro. A reserva vai ajudar a resolver os problemas de qualidade da água e desenvolvimentos costeiros potenciais.

Marcos Aurélio Gungel, o Kito, ex-presidente e atual diretor de comunicação da Associação de Surf e Preservação da Guarda do Embaú destaca a importância do título de Reserva Mundial de Surf: “A aprovação como Reserva Mundial de Surf representa a possibilidade de rastrear a história, a cultura e as características ambientais da Guarda do Embaú. Procuramos criar um plano de gestão para preservar e proteger nosso litoral, em resposta às questões ambientais que possam ameaçar nossas ondas e tradição local “, explica.

Sobre as Reservas Mundiais de Surf

As Reservas Mundiais de Surf (WSR) identifica de forma proativa, designa, e preserva as ondas em circulação, zona de rebentação e seus ambientes circundantes, em todo o mundo. WSR é uma iniciativa lançada pela Save The Waves Coalition, em 2009, em conjunto com a National Surfing Reserves Austrália e outros parceiros.

Com informações de Robinson Gamboa – Tudo Sobre Floripa