Giovanna Martins é um dos destaques do Powerman Brasil

Classificada para o Mundial de Powerman na Suíça, atleta promete surpreender novamente em Indaiatuba – Fotos: Ivan Padovani/Powerman Brasil

De olho nas Olimpíadas, Giovanna Martins é um dos destaques do Powerman Brasil

Publicidade

Em 2017 ela chegou sem muitas pretensões em sua primeira prova de duathlon e foi logo surpreendendo ao terminar como melhor atleta amadora do Powerman Brasil, garantindo vaga para o Mundial da Suíça, que será realizado em setembro desse ano. Agora, Giovanna Martins estreia na categoria Elite e promete dar ainda mais trabalho para as atletas profissionais.

“Ano passado eu entrei mais para participar e não esperava ir tão bem. Não tinha resultados bons em provas de duathlon e naquela ocasião era a minha primeira experiência em provas com ciclismo”, conta a atleta de 35, moradora da cidade de Salto, vizinha de Indaiatuba, sede brasileira do Powerman. Maratonista de carteirinha, Giovanna começou a pedalar após sofrer uma lesão no pé durante uma corrida e para compensar os 45 dias “de molho” sem poder correr ela buscou no ciclismo uma forma de manter o condicionamento.

De olho nos Jogos Olímpicos de Tóquio a atleta tem uma rotina de treinos bastante pesada e conta como o ciclismo tem lhe ajudado nessa evolução. “Estou treinando bastante para tentar o índice olímpico na Maratona. Meu objetivo é conquista-lo na Maratona de Berlim em 2019 e os treinamentos de duathlon tem me ajudado muito. Para nós, maratonistas, tudo está na cabeça, o psicológico é que manda, e hoje pedalar me ajuda bastante”, declara.

Superação para chegar ao Mundial de Powerman e as Olimpíadas de Tóquio:
Após conquistar um ótimo resultado em 2017, chegando à frente de muitas atletas de elite, Giovanna encara pela primeira vez uma prova de duathlon largando entre as melhores atletas do Brasil. A prova do dia 19 de agosto em Indaiatuba servirá como base para o Mundial em Zofingen, na Suíça, no mês seguinte, e por lá a paulista espera fazer bonito. “Esse ano volto pra Indaiatuba usando a prova como base. Será um ajuste para o mundial no mês seguinte. Para o mundial quero melhorar meu tempo nos 10 km, quem sabe correr na casa dos 35 minutos, e aumentar a média no pedal. A diferença é que na Suíça a distância será 10 km de corrida, 50 km de ciclismo e 5 km de corrida, enquanto aqui no Brasil será 10/60/10”, avalia.

Como a maioria dos atletas brasileiros, Giovanna sofre com a falta de apoio para competir e, para isso, precisa compensar os treinos com outro trabalho. “Treino bastante no rolo, pois tenho que treinar sozinha. Não sou atleta profissional e preciso trabalhar também. Às vezes, quando é 4h já estou treinando, e tem dias que é 21h e eu estou lá em cima da bike. O amador encaixa os treinos conforme o tempo que tem. Meu objetivo é estar na Maratona de Tóquio, nos Jogos Olímpicos, e o duathlon tem me tornado uma atleta ainda mais forte para conquistar esse objetivo”, ressalta.

Falando sobre duathlon, Giovanna acha que a modalidade tem tudo para crescer ainda mais no Brasil, assim como tem ocorrido com outras modalidades. “Estou no atletismo há 30 anos e, no começo, eu participava de provas de rua com 10, 100 meninas. Hoje esse número é muito maior e o mesmo acontece com o ciclismo. Outra vantagem é que algumas pessoas não gostam de nadar e o triathlon acaba ficando fora de opção. Com o surgimento de provas como o Powerman as atletas passam a ter mais opções de provas, especialmente em lugares como Indaiatuba, propícios para a prática do esporte”.

Morando em Salto, cidade vizinha a Indaiatuba, Giovanna conta que aproveita a proximidade entre os municípios para treinar, especialmente o percurso de ciclismo. “Eu trabalho em Indaiatuba e me sinto como se fosse daqui. Pelo menos uma vez por mês eu faço o treino de pedal no local da prova para ver quais são os segredos do percurso”, encerra.

Powerman Brasil 2018:
Confirmada para o dia 19 de agosto de 2018, a quarta edição do Powerman Brasil será realizada mais uma vez em Indaiatuba, sede da edição do ano passado. A prova, que mais uma vez distribuirá vagas para o mundial da categoria, realizado sempre em setembro na Suíça, conta com as categorias Classic e Sprint. No Classic os duatletas são desafiados em 20km de corrida (intercalados em duas etapas de 10km cada) e 60km de ciclismo. Já no Sprint, são 10km de corrida (divididos em duas etapas de 5km cada) e mais 30km de ciclismo.

Além das provas para os adultos o Powerman Brasil abre espaço também para as crianças. Desde a primeira edição a organização promove o Powerman Kids, aberto as crianças de 4 a 13 anos. O objetivo é trazer as famílias para o evento e proporcionar que os jovens participem das mesmas atividades que os adultos, envolvidos em uma competição de porte internacional. Essa integração faz com que os pequenos atletas sintam-se prestigiados e passem a ter ainda mais vontade de praticar o esporte.

E durante os dias que antecedem a competição os atletas e acompanhantes podem sentir o clima do Powerman Brasil muito antes da largada. A organização promove todos os anos a EXPO Sports, montada dentro da Arena Powerman, no Velódromo de Indaiatuba. Por lá é possível adquirir produtos oficiais da marca e conferir as novidades do mercado de duathlon na Feira oficial do evento.

Sobre Indaiatuba:
Localizada a aproximadamente 100km de São Paulo, Indaiatuba foi confirmada novamente como sede do Powerman Brasil. Após dois anos em Florianópolis, a E2X, empresa responsável pela organização do evento na América do Sul, encontrou na cidade do interior paulista a possibilidade de realizar toda a prova dentro de uma área de perímetro urbano, percorrendo um dos maiores parques urbanos do mundo, o Parque Ecológico de Indaiatuba, projetado por Rui Ohtake, além de utilizar a estrutura do Velódromo Olímpico.

O formato do Powerman Brasil segue o mesmo das três edições passadas com as provas Classic, Sprint e Kids, sendo que na distância Sprint fica adotado o percurso composto por duas etapas de 5km de corrida intercaladas por um de 30km de ciclismo. O Classic segue com duas pernas de 10km de corrida intervaladas por 60km de ciclismo.
O Powerman Brasil conta com o patrocínio da Prefeitura de Indaiatuba. O evento é uma produção da M9 Produções, conta com a supervisão da Federação Paulista de Triathlon e realização da E2X Esporte e Entretenimento. Mídia oficial: MundoTri e Eu Atleta.

Inscrições: www.powermabrasil.com

Informações para imprensa:
Danilo Caboclo – danilo@gruposix.com.br – 48 9.9177-8099
Marina Sartori – marina@gruposix.com.br – 48 9.9135-9402