Farol de Santa Marta quebra clássico

Farol de Santa Marta quebrando com condições clássicas. Foto Divulgação

Clássico Farol de Santa Marta 

Publicidade

Enquanto as previsões apontavam o maior swell do ano ate o momento, a galera de Capão Novo, como de costume já elaborava o bate volta ao sul de Santa Catarina procurando por boas condições de surf

O mar já na quinta começava a reagir e a ressaca de sul já encostava. Sexta, o mar estava com ondas de ate 2,5m na costa gaucha. As ondas tinham um tamanho e formação excelentes, porém com muita corrente e um perigo eminente de uma rede de pesca solta.

Sabadão pela manha, saímos cedo na expectativa de ver o mar e surfar altas ondas.

Chegando ao Cardoso, no Farol de Santa Marta, o dia iniciava sem vento e o mar estava enorme. Um espetáculo da natureza. Series de 10 pés fechavam a praia e alguns atirados com as suas gunzeiras garantiram o show de surf. O clima de tensão na praia, os fotógrafos, os jets ski na água e claro, o crowd botando pra baixo nas morras completavam um cenário incrível na beira mar de uma das praias mais famosas por segurar grandes ondulações e proporcionar um verdadeiro show de ondas grandes no país.

As bombas entravam no Cardoso, e nós fomos a procura de boas ondas. Depois de conferir a Galheta, chegamos na praia da Tereza e encontramos ondas clássicas! Séries de 1m a 1,5m entravam muito bem alinhadas na pequena baia. As direitas que vinham no morro eram longas, tubulares e perfeitas. As esquerdas do meio da praia eram em pé e muito manobráveis.

A galera nem pensou e correu pra água. Todo mundo pegou altas ondas e ainda consegui registrar alguns belos momentos. As ondas estavam realmente muito perfeitas. Surfamos por horas e todos fizemos a cabeça. Saímos da água e fomos comer aquele PF na beira da praia, com o visual da Prainha do farol.

O swell perdeu força rapidamente, mas não podíamos deixar de voltar na Tereza depois das ondas que surfamos de manhã. Mesmo menor, o final de tarde não decepcionou: de 0,5m a 1m, um pouco mais balançadas pela brisa que soprava, as direitas abriam e rolavam pela praia toda. O entardecer com a coloração alaranjada, fechou com chave de ouro um dia de sonho, com ondas clássicas e muito surf!

Por Leonardo Sanguitam

Fonte ondasdosul.com.br

Galeria de Imagens