Elivelton e Wesley eliminados no ISA Games em Biarritz

Elivelton Santos PB. Foto: Divulgação/ISA Games
Dupla é eliminada, e Brasil encerra participação no ISA Games sem pódio
Elivelton Santos e Wesley Dantas acabam eliminados em dura bateria no round 4 da primeira competição sob chancela do COI; outro brasileiro, Raoni Monteiro parou no round 3.

participação do Brasil no ISA Games, em Biarritz, na França, terminou sem pódio. Na primeira competição oficial do surfe mirando Tóquio 2020 e com chancela do COI, a equipe nacional acabou eliminada, dando adeus à briga pelo título. Depois de Raoni Monteiro ser derrubado no round 3, neste sábado Elivelton Santos e Wesley Dantas perderam no round 4 e também foram despachados. O campeonato segue neste domingo na praia francesa, quando acontecem as baterias decisivas.

Elivelton e Wesley caíram em forte bateria com o também brasileiro Pedro Henrique, correndo por Portugal, além do mexicano Jhony Corzo, e não somaram pontuação suficiente. Outro brazuca, Ian Gouveia, que corre a elite do surfe, era o outro representante do país, mas caiu ainda mais cedo, no round 3.

Publicidade
Wesley Dantas também deu adeus ao torneio no round 4 (Foto: Divulgação/ISA Games)

Wesley Dantas também deu adeus ao torneio no round 4. Foto: Divulgação/ISA Games

– Foi uma pena não termos avançado. Nosso time, principalmente no masculino, estava entre os melhores da competição, mas campeonato de surfe às vezes é imprevisível. Uma hora ruim do mar, aquela onda que falta. Isso tudo pode determinar uma vitória ou uma derrota. Queria agradecer o empenho de toda a equipe. Foi também um aprendizado para buscarmos o melhor caminho até Tóquio. O Mundial ainda trouxe fatos novos para a CBSurf, que, fortalecida, vai ter mais possibilidades de fazer um trabalho consistente para os Jogos de 2020. Vem muita coisa boa por aí. Estamos confiantes – disse o presidente da CBSurf, Adalvo Argolo.

A competição na França marcou o início do ciclo olímpico do surfe. Acordo assinado no ano passado, entre a WSL e a ISA, possibilitou que a elite do surfe pudesse participar do evento entre as janelas das etapas do Mundial. Através do Olympic Channel, o Comitê Olímpico Internacional participou do evento com a transmissão ao vivo via web.

Fonte globoesporte.globo.com