Dores constantes na região lombar impedem Slater de vir ao Oi Rio pro

Slater perdeu no R3 em Bells para Mick Fanning. Ele foi substituído por Bino Lopes no Brasil. Foto: Sherm/WSL

Kelly Slater explica sua desistência do Oi Rio Pro

Será que o 11x campeão do mundo abandonou aquela que seria sua última tentativa de conquistar mais um título? Ele disse que está com dores nas costas.

Kelly Slater, no momento ocupando a 13ª colocação no ranking, deixou para a última hora o anúncio de sua decisão de não vir ao Brasil. E não tem certeza de quando voltará a competir.

Publicidade

“Eu passei por algumas lesões nas últimas temporadas e, infelizmente, preciso de um tempo livre para cuidar do meu corpo”, afirmou Slater. “Não estarei no Rio e não sei quanto tempo vou precisar”.

“Senti dores na região lombar constantemente nos últimos três anos e ainda que eu tenha conseguido enfrentar isso com algumas curtas sessões de tratamento, o problema não foi corrigido. Se eu não fizer isso agora, vou destruir meu corpo. Vou passar as próximas cinco semanas me tratando com médicos da WSL na Austrália e depois verei como me sinto. Tenho esperança de estar em plena forma em algum momento desta temporada novamente. Agradeço a todos pelo apoio”.

A torcida, é claro, é para que Slater já esteja recuperado para o Outerknown Fiji Pro, evento que sua marca vai patrocinar, e que começa daqui a algumas semanas. Sem sua presença na sua onda preferida, o campeonato certamente perderá ao menos um pouco do seu brilho. Mais grave ainda seria ver Kelly praticamente fora da corrida ao título mundial, justo no ano em que ele declarou que faria da disputa o seu principal foco.