Definidas as baterias do Margaret River Pro

Foto Kirstin WSL

período para realização do Margaret River Pro abre-se às 19h30 desta terça (28), no horário brasileiro — manhã da quarta no oeste australiano. E apesar da previsão indicar que as ondas não devem estar grandes e poderosas como nos dias mais épicos do Main Break (foto de capa), é muito provável que a competição comece hoje mesmo. Então prepare-se e faça suas apostas.

As baterias do seeding round masculino ficaram assim:

1. John John Florence, Kelly Slater, Jadson André
2. Kanoa Igarashi, Yago Dora, Soli Bailey
3. Julian Wilson, Peterson Crisanto, Caio Ibelli
4. Italo Ferreira, Joan Duru, Frederico Morais
5. Gabriel Medina, Deivid Silva, Jacob Willcox
6. Filipe Toledo, Sebastian Zietz, Jack Robinson
7. Jordy Smith, Adrian Buchan, Ricardo Christie
8. Kolohe Andino, Seth Moniz, Jack Freestone
9. Conner Coffin, Ryan Callinan, Leo Fioravanti
10. Wade Carmichael, Michael Rodrigues, Ezekiel Lau
11. Jeremy Flores, Willian Cardoso, Jesse Mendes
12. Owen Wright, Michel Bourez, Griffin Colapinto

Entre as mulheres, esta é a rodada de abertura:

Publicidade

1. Caroline Marks, Johanne Defay, Paige Hareb
2. Carissa Moore, Nikki Van Dijk, Keely Andrew
3. Stephanie Gilmore, Coco Ho, Mia McCarthy
4. Courtney Conlogue, Brisa Hennessy, Macy Callaghan
5. Sally Fitzgibbons, Tatiana Weston-Webb, Silvana Lima
6. Malia Manuel, Lakey Peterson, Bronte Macaulay

A australiana Mia McCarthy ganhou o convite para a etapa ao vencer as triagens, realizadas na noite desta segunda em Margaret. Entre os homens, a triagem foi vencida por Jacob Willcox, local do oeste australiano que disputará sua terceira etapa seguida — ele também venceu a triagem para o Rip Curl Pro Bells Beach, onde chegou até as quartas de final, boa atuação que lhe rendeu o convite para Keramas.

Outros convidados para a etapa são Caio Ibelli, novamente convocado como primeiro alternate para a vaga de Adriano de Souza, que segue recuperando-se de lesão; Frederico Morais, segundo alternate da lista, que ganha sua primeira oportunidade no ano devido à abstenção de Mikey Wright, lesionado; e Jack Robinson, que recebeu o convite destinado à comunidade local como melhor surfista de West Australia no ranking do QS atualmente.

Fonte hardcore.com.br