Dane Reynolds detido no aeroporto de Lisboa

Dane Reynolds. Foto Divulgação

Pode até parecer brincadeira, mas não é! O surfista norte-americano Dane Reynolds ficou dois dias detido no aeroporto de Lisboa, Portugal.

Publicidade

Considerado um dos mais talentoso surfistas do planeta, Dane Reynolds ficou detido por dois dias no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. O motivo? Ter tentado entrar em Portugal sem passaporte. Ele alegou ter perdido o documento durante o voo e ficou impossibilitado de transitar, muito menos de entrar no país. Por não ter sido encontrado o documento, o surfista teve de aguardar identificação da embaixada dos EUA.

A informação caiu nas redes sociais através do Instagram de Jason Blanchard, filmmaker e amigo do surfista. Segundo o post, Reynolds perdeu o passaporte e a partir daí gerou-se a confusão com as autoridades portuguesas. “Ele está detido e sendo tratado como um criminoso. Tudo porque perdeu o passaporte. Está assim há dois dias, já lhe tiraram o telefone, a mochila… Para completar, a embaixada dos Estados Unidos está fazendo muito pouco para ajudá-lo”, descreveu Blanchard, que habitualmente filma as performances do surfista.

Dane Reynolds foi liberado no início da tarde de ontem, quarta-feira (22/02). A Embaixada dos Estados Unidos em Portugal emitiu um passaporte temporário para o surfista seguir viagem e poder aproveitar as ondas do país. “Eu me sinto muito pior pelas outras pessoas que estavam lá, apenas tentando sair da péssima situação de seus países”, disse Reynolds, segundo a revista Surfer, ao deixar o local, não se referindo sobre a sua situação, mas aos imigrantes que tentam buscar melhores condições de vida.

Aos 31 anos, Reynolds ficou em 37º no ranking do mundial em 2015, mas em 2010 chegou a ficar na quarta colocação. Atualmente, o surfista não se dedica mais às competições e pratica o esporte apenas por prazer.

Fonte surfar.com.br