Contagem regressiva para o Rip Curl Pro Argentina

Leandro Usuna campeão sul-americano da WSL South America em 2016 (Foto: Daniel Smorigo – WSL)
By João Carvalho

A menos de uma semana do início da sexta edição do Rip Curl Pro Argentina, a cidade de Mar del Plata se prepara para mais um grande evento internacional de surfe na Semana Santa. Assim como no ano passado, será uma etapa combinada para homens e mulheres, com uma prova do QS 1500 masculina e uma do QS 1000 feminina, valendo pontos para o ranking mundial do WSL Qualifying Series e para o sul-americano da WSL South America. O prazo do evento começa no dia 27 de março e vai até o dia 1.o de abril na Playa Grande.

Para que a competição aconteça nas melhores condições de ondas possíveis, serão montadas duas estruturas nos extremos da Playa Grande, o primeiro em frente ao Biologia Club e o segundo em Quba, no Yacht Club Argentino. Esta sexta edição promete um alto nível de surfe, com grandes disputas pelo título de campeão sul-americano da WSL South America. A primeira etapa foi disputada no Peru e o peruano Alonso Correa e a equatoriana Dominic Barona vão defender a liderança dos rankings regionais no Rip Curl Pro Argentina, pois largaram na frente com vitórias em San Bartolo.

Publicidade

Até agora, quase todos os títulos masculinos de campeão sul-americano foram conquistados pelos brasileiros. A única exceção foi em 2016, quando o argentino Leandro Usuna ganhou o troféu de campeão da WSL South America. O título regional ganhou importância quando a World Surf League estipulou uma nova regra, de premiar os campeões dos seus sete escritórios espalhados pelo mundo, com a garantia de participação nas provas mais importantes do WSL Qualifying Series, com status QS 10000 e QS 6000.

Lele Usuna é referência entre os argentinos

Leandro Usuna, que faz parte da equipe de competição da Rip Curl, é a grande referência do surfe argentino. Além de quebrar a hegemonia brasileira no Circuito Sul-americano, Lele Usuna já conquistou dois títulos mundiais no ISA Surfing Games, foi campeão latino, várias vezes campeão argentino e ainda tem uma medalha de bronze nos Jogos Odesur. Estas são algumas credenciais que o colocam como um dos melhores surfistas da Argentina em todos os tempos.

Mas, a tarefa para os locais não será nada fácil, pois além dos bravos competidores do Brasil, também irão participar do Rip Curl Pro Argentina grandes surfistas do Chile, Uruguai, Equador, México, Estados Unidos, Nova Zelândia, Itália e Peru.

Leandro Usuna garantindo o título sul-americano na Bahia (Foto: Luca Castro – Praia do Forte Pro)

Na categoria feminina, destaque para a participação inédita em Mar del Plata da campeã mundial de 2004, Sofia Mulanovich, do Peru. Ela voltou a competir esse ano com a meta de se classificar para os Jogos Olímpicos de Tokyo 2020. Sofia foi até as semifinais na etapa peruana de San Bartolo, sendo barrada pela equatoriana Dominic Barona, que venceu o evento e também foi a campeã do primeiro QS feminino na Argentina no ano passado. No masculino, só os brasileiros festejaram vitórias em Mar del Plata e a quinta foi conseguida por Thiago Camarão, que se tornou campeão sul-americano no mesmo ano de 2017.

Terceira etapa do Argentina Surf Tour

Além das provas do WSL Qualifying Series, o Rip Curl Pro Argentina também vai promover a terceira e última etapa do Argentina Surf Tour, que irá coroar os campeões argentinos de 2017 do circuito da Associação de Surf da Argentina, organizado por Play Patagonia.

Lucas Santamaria e Mariano Arreyes ganharam a primeira e segunda etapas, respectivamente, enquanto no feminino as vencedoras foram Coco Cianciarulo e Lucia Indurain.

Organizado pela XXL Sports, o Rip Curl Pro Argentina é um dos principais eventos do WSL Qualifying Series na América do Sul. A edição de 2017 marcou o ponto mais alto da sua história, pois foi a primeira vez que a competição aconteceu nas ondas de classe internacional do Yacht, que elevou o nível do evento e o nome de Mar del Plata para o mundo.

O Rip Curl Pro Argentina será a segunda etapa promovida pela WSL South America esse ano e será transmitida ao vivo pelo www.worldsurfleague.com

CAMPEÕES DO QS RIP CURL PRO ARGENTINA EM MAR DEL PLATA:

2017: Thiago Camarão (BRA-SP) e Dominic Barona (EQU)

2016: Flavio Nakagima (BRA-SP)

2015: Robson Santos (BRA-SP)

2014: Alex Ribeiro (BRA-SP)

2013: Jihad Khodr (BRA-PR)

———————————————————–

Texto e contato de mídia do evento:

Sebastián Chacón

surfpress.news@gmail.com

———————————————————–

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 180 eventos globais que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Kai Lenny, Taylor Jensesn, Honolua Blomfield, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.

———————————————————–

Versão do texto originalmente em espanhol:

João Carvalho – WSL South America Media Manager

(48) 999-882-986 – jcarvalho@worldsurfleague.com

———————————————————–