Circuito Rip Curl Grom Search 2017 divulga calendário

O Rip Curl Grom Search está confirmado para 2017. Novamente, o circuito sub16 para surfistas de todo o país será disputado no verão, com a abertura voltando a ter como palco a Praia da Joaquina, em Florianópolis/SC, nos dias 21 e 22 de janeiro. Em sua 18ª edição consecutiva, o campeonato renova a parceria de sucesso de 2016, com o Guaraná Antarctica, apresentador oficial das três etapas.

Depois de Floripa, o Circuito Rip Curl Grom Search 2017, apresentado por Guaraná Antarctica segue para a Praia de Geribá, em Búzios/RJ, nos dias 11 e 12 de fevereiro, e terá a decisão um mês depois, nos dias 11 e 12 de março, na Praia de Maresias, em São Sebastião/SP, que em 2015 recebeu a final internacional do evento. Na ocasião, surfistas de 10 países disputaram os títulos, tendo como anfitrião ninguém menos que Gabriel Medina, campeão deste mesmo campeonato em 2010, na Austrália. Melhor para o talento local Samuel Pupo e a costarriquenha Leilani McGonagle.

O Circuito conta com as categorias grommet (sub12), iniciante (no máximo 14 anos), mirim e feminina (ambas com limite de 16 anos), sendo que nessas duas últimas, os campeões do ranking garantem vagas ao Rip Curl Grom Search Internacional, em 2018, em algum lugar do Mundo, reunindo atletas que competem nesse mesmo circuito em seletivas realizadas nos Estados Unidos, Austrália, África do Sul, Indonésia, Nova Zelândia e Europa.

Publicidade

O Rip Curl Grom Search é conhecido por revelar grandes nomes e exemplos não faltam. Além do próprio Medina, os irmãos Owen e Tyler Wright, nova campeã mundial do CT, as havaianas Tatiana Weston Webb e Malia Jones são alguns. No Brasil, a lista é enorme e também contempla Filipe Toledo, Adriano de Souza, Wiggolly Dantas, Italo Ferreira, Jadson André, Alejo Muniz, entre outros.

O gerente de marketing da Rip Curl no Brasil, Fernando Gonzalez, destaca que novamente picos tradicionais do surf brasileiro foram selecionados para motivar a nova geração. Também elogia a parceria renovada com o Guaraná Antarctica. “Nosso objetivo é manter o excelente nível técnico, oferecendo ótima estrutura para essa nova geração e mantendo o nosso slogan Muito mais do que um campeonato de surf, com atrativos além das ondas, como diversão aos atletas e conscientização socioambiental”, destaca.

No início deste ano, o catarinense Leo Barcelos e a paulista Louisie Frumento comemoraram os títulos na sub16. Na sub14, quem levou a melhor foi o potiguar Mateus Sena, enquanto que na sub12, a festa em Maresias foi caseira, com Caio Costa.

CALENDÁRIO 2017:

1ª ETAPA – 21 e 22 de janeiro – Praia da Joaquina – Florianópolis (SC)

2ª ETAPA – 11 e 12 de fevereiro – Praia do Geribá – Búzios (RJ)

3ª ETAPA – 11 e 12 de março – Praia de Maresias – São Sebastião (SP)