Cantor pretende financiar piscina de ondas na Califórnia

Projeto prevê a construção de um surf park junto ao local onde se situava o antigo Dome

As piscinas de ondas estão cada vez mais na moda e não há como ignorá-las. Até mesmo os artistas já se rendem às evidências,  e nesta semana surgiu a notícia de que o cantor e compositor norte-americano Pharrell Williams está disposto a financiar a construção de um parque de ondas em Virginia Beach, na Califórnia.

Publicidade

Não se tratam de rumores, pois o próprio presidente da câmara local falou em comunicado oficial, dando conta do projeto. Williams estará disposto a entrar com alguns milhões neste projeto, que se encontra em desenvolvimento em parceria com o Venture Realty Group, para oferecer à sua terra natal uma mega infra-estrutura virada para o surf.

“Temos uma indústria do surf robusta e muitas pessoas praticam-no”, começou por referir John Uhrin, o presidente da câmara de Virginia Beach. “Sempre estivemos à procura de fazer algo que fosse realmente único em termos de oferta de entretenimento para a cidade”, frisou Uhrin ao canal 13NewsNow.

O parque de surf irá nascer no antigo espaço em que se encontrava o mítico Dome da cidade – Pavilhão de espetáculos que recebia regularmente concertos de grande dimensão e que foi colocado abaixo em 1994. Agora, Pharrell Williams, de 44 anos, deu uma ajuda milionária para encontrar a solução ideal na sua cidade, fruto de uma das carreiras mais bem-sucedidas da música mundial.

“É muito bom termos pessoas que cresceram aqui, adquiriram uma grande experiência e realizaram à sua vida noutro lugar, fazendo coisas grandiosos, e depois querem regressar para continuarem a fazer parte da cidade”, salientou Uhrin sobre a “generosidade” do músico. Ainda assim, os valores doados não foram divulgados.

De acordo com a mesma fonte, este novo ‘ parque de surf ‘ terá vários restaurantes, lojas, uma sala com 4 mil lugares para concertos e espetáculos, zonas residenciais e ainda uma piscina de ondas artificiais. Resta agora saber qual a tecnologia será implantada na piscina de ondas. Antes disso, o projeto tem ainda de ganhar luz verde da Câmara Municipal, estando prestes a ir a votação.

Fonte surfportugal.pt