Bruno Fontes disputa o Troféu Princesa Sofia na Espanha

Seguindo formato olímpico, competição contará com mais de 1200 velejadores em sua 49ª edição. Bruno treinou na raia durante toda a semana – Fotos: Bruno Fontes/Arquivo Pessoal

Palma, na Espanha, sedia nessa semana o Troféu Princesa Sofia, uma das principais competições do calendário mundial de vela. No total serão mais de 1200 velejadores de 62 países diferentes competindo na tradicional competição espanhola que chega a sua 49ª edição, sendo essa a maior de todos os tempos. Competindo na classe Laser Standard, Bruno Fontes tem pela frente mais um importante compromisso dentro de seu ciclo olímpico de olho em Tóquio-2020.

Publicidade

Após vencer a Copa Brasil de Vela em 2017, em Ilhabela, e garantir a vaga na equipe olímpica em 2018, Bruno terá uma missão árdua pela frente. A flotilha de Laser conta com nada menos do que 183 velejadores inscritos, sendo a mais numerosa de todo evento. Seguindo o formato dos Jogos Olímpicos, as regatas para a classe Laser acontecem a partir dessa segunda (2) e seguem até sábado (6), quando acontece a Medal Race.

“Mais uma vez será um campeonato extremamente difícil. Já faz mais de uma semana que estou treinando em Palma e a flotilha toda está andando muito bem. Em uma competição com mais de 180 velejadores fica impossível apontar um adversário favorito. Será um dia por vez e a objetivo é andar sempre na frente da flotilha”, explica Bruno Fontes.

Os velejadores da classe Laser serão divididos em três grupos – amarelo, azul e vermelho – e velejarão os dois primeiros dias para formar as flotilhas ouro, prata e bronze. Serão quatro regatas até a definição do grupo que segue na disputa por medalha. Os melhores classificados avançam para o grupo ouro e disputam mais seis regatas, em três dias, até que os dez melhores classificados sejam definidos para a disputa da Medal Race.

Outro detalhe importante é que o Troféu Princesa Sofia será qualificatório para a próxima etapa da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela), que acontece em Hyères, na França, no mês de abril. Apenas os brasileiros que terminarem entre os vintes primeiros em suas respectivas classes garantem vaga para a etapa.

“Posso dizer que será uma campeonato com muitos desafios pela frente. Temos que buscar um objetivo por vez e o primeiro é avançar para a fase final na melhor posição possível. Depois disso o objetivo é garantir a vaga para Hyères e, na sequencia, estar entre os melhores para brigar por medalha no final. Meu foco sempre é o pódio e apesar de termos excelentes velejadores na competição sei que posso fazer uma excelente apresentação”, encerra Bruno.

Além de Bruno Fontes, o Brasil conta com a seguinte delegação em Palma: João Pedro Souto de Oliveira (Laser), Geison Mendes/ Gustavo Thiesen (470 Masculino), Pedro Correa/ Rodolfo Streibel (470 Masculino), Carlos Robles/ Marco Grael (49er), Jorge Zarif (Finn), Antonio Moreira (Finn), João Bulhões/ Gabriela Nicolino (Nacra 17), Samuel Albrecht/ Bruna Martinelli (Nacra 17); Gabriel Pereira (RS:X Masculino) e Brenno Francioli (RS:X Masculino).

Mais informações sobre o Troféu Princesa Sofia
http://www.trofeoprincesasofia.org/en/default/races/race
O velejador Bruno Fontes conta com o apoio da Marinha do Brasil, Iate Clube de Santa Catarina, CBVela e COB – Comitê Olímpico Brasileiro e CrossFit Ventus.

Informações para imprensa – SixComm Comunicação Social
Danilo Caboclo – danilo@gruposix.com.br – 48 9.9177-8099