Bruno Fontes disputa Mundial na Dinamarca

Principal competição do calendário de vela, evento acontece entre os dias 02 e 12 de agosto e será válido como classificatória para Olimpíadas de 2020 – Fotos: Green Multimídia

Com foco em Tóquio, Bruno Fontes disputa Mundial de Classes Olímpicas, na Dinamarca

Publicidade

Disputado a cada quatro ano, o Mundial de Classes Olímpicas é a principal competição de vela promovida pela World Sailing, reunindo os melhores velejadores do mundo a partir do dia 02 de agosto. Em sua quinta edição, a competição será realizada em 2018 na Baía de Aarhus, na Dinamarca, e o velejador Bruno Fontes será um dos representantes da equipe brasileira. Além de valer o título mundial, o evento distribui vagas para as Olimpíadas de Tóquio, em 2020.

No caso da classe Laser Standard estão em jogo quatorze vagas, sendo que apenas um atleta tem a chance de representar o seu país no maior evento esportivo do planeta. Após garantir o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019, ao conquistar o terceiro lugar no Campeonato Norte-Americano, Bruno Fontes segue para mais um desafio.

“O Mundial de Classes Olímpicas é a competição mais importante de todo o ciclo até Tóquio. Temos muitos objetivos dentro desse campeonato e o primeiro deles é buscar uma das vagas para 2020. Depois disso, é pensar na Medal Race, na briga por uma medalha e no título. Um passo de cada vez”, afirma o velejador que disputa seu décimo nono campeonato mundial.

Desde 1997, em sua primeira participação, Bruno só não competiu nos anos de 1998, 1999 e 2017. Dentre todos as participações foi em 2010 (Inglaterra) e 2013 (Omã) que Bruno conquistou seus melhores resultados, terminando em oitavo lugar. “Eu ainda tenho algo de muito grandioso para conquistar. Após um ano de muitas mudanças posso dizer que vivo uma das melhores fases da minha carreira. O terceiro lugar no Norte-Americano acendeu aquela chama dentro de mim”, afirma.

Sobre o Mundial de Classes Olímpicas:

O Mundial de Classes Olímpicas reúne as dez classes do programa dos Jogos de Tóquio 2020: RS:X masculina, RS:X feminina, Laser, Laser Radial, Finn, 470 masculina, 470 feminina, 49er, 49er FX e Nacra 17 e as regatas serão disputadas entre os dias 02 e 12 de agosto. Além disso, haverá disputa também no kiteboard (feminino e masculino), como demonstração.

No caso da classe Laser Standard serão dez regatas e a Medal Race, que conta com pontuação dobrada e reúne apenas os dez melhores classificados. As disputas para Bruno Fontes começam na sexta-feira (03) e vão até domingo (05) com seis regatas previstas para a fase de classificação, sendo duas por dia. Na segunda os velejadores folgam e retornam a raia novamente para mais dois dias de regatas, terça (07) e quarta (08), quando acontecem as disputas da fase final. Os atletas ganham nova folga na quinta e sexta (10) retornam para as disputas da Medal Race.

Além de Bruno Fontes, o Brasil conta com os seguintes atletas na competição: Martine Grael e Kahena Kunze (49er FX), Carlos Robles e Marco Grael (49er), Mario Tinoco e Gabriel Borges (49er), Fernanda Oliveira e Ana Barbachan (470 feminina), Geison Mendes e Gustavo Thiesen (470 masculina), Henrique Haddad e Felipe Brito (470 masculina), Samuel Albrecht e Gabriela Nicolino (Nacra 17), João Bulhões e Bruna Martinelli (Nacra 17), Jorge Zarif (Finn), Patrícia Freitas (RS:X feminina), Brenno Francioli (RS:X masculina), João Pedro Souto de Oliveira e Lucas Bueno (Laser), Gabriella Kidd (Laser Radial) e Cláudio Cruz (Kiteboard).

Mais informações: https://www.aarhus2018.com

O velejador Bruno Fontes conta com o apoio da CBVela, Marinha do Brasil, Iate Clube de Santa Catarina e CrossFit Ventus.

Informações para imprensa – SixComm Comunicação Social
Danilo Caboclo – danilo@gruposix.com.br – 48 9.9177-8099