Aritz Aranburu é o campeão do Allianz Capítulo Perfeito

Basco Aritz Aranburu fica com o título do Allianz Capítulo Perfeito em Nazaré, Portugal; Pedro Scooby, em quinto, é o melhor brasileiro no evento

O basco Aritz Aranburu ficou com o título do Allianz Capítulo Perfeito apresentado pela Quiksilver, evento disputado nesta segunda-feira, na praia do Norte, em Nazaré, Portugal.

Publicidade

Depois de ser iniciada em ondas pesadas que ultrapassavam os 3 metros, a prova teve um belo desfecho nos tubos do pico, que passaram a funcionar com ótima formação depois do meio-dia.

Com uma excelente campanha, Aritz chegou embalado à final. Sua melhor atuação foi na terceira fase, quando arrancou notas 9.25 e 9.80, dando-se ao luxo de descartar um 9.00.

Na final, o basco teve muito trabalho para superar seus adversários, mas venceu o duelo com 9.00 e 7.75, contra 9.70 e 6.80 do norte-americano Balaram Stack, 7.25 e 8.00 do porto-riquenho Dylan Graves e 3.25 e 7.90 do norte-americano Gabriel Kling.

O melhor brasileiro na competição foi o carioca Pedro Scooby, eliminado na semifinal. Scooby teve um ótimo momento na terceira fase, vencendo sua bateria com 14.25 pontos e deixando para trás Dylan Graves e Bruno Santos, que se jogou nos cilindros, mas não foi feliz nas tentativas. Como consolo, o vencedor da última edição da prova recebeu da Nixon 500 euros pelo prêmio de pior vaca.

1155x641

Pedro Scooby, em quinto, recebe prêmio de “melhor perdedor”. Foto: Reprodução.

Assim como Bruninho, Felipe Cesarano foi eliminado na terceira fase. O carioca, que entrou como suplente no evento, foi eliminado pelo português Francisco Alves por uma pequena diferença (4.05 a 3.90). No mesmo confronto, o jovem nova-iorquino Balaram Stack passou em primeiro com 11.05.

Nas semifinais, Gabe Kling e Balaram Stack barraram os portugueses Francisco Alves e Ruben Gonzalez, enquanto Aritz Aranburu e Dylan Graves superaram Pedro Scooby e o português Joao Guedes.

Por ter feito a melhor apresentação entre os eliminados, Scooby recebeu da BeachCam 500 euros como “melhor perdedor”.

1876x1078

Além de vencer a etapa, Aritz levou os prêmios de melhor pontuação e melhor tubo. Foto: Capítulo Perfeito / Vitor Estrelinha.

Além de embolsar 10 mil euros pela vitória na etapa, Aritz recebeu mais 1,5 mil euros pelo melhor somatório (oferecido pela KIA) e 2 mil euros pelo melhor tubo (oferecido pela Allianz), saindo de Portugal com o total de 13,5 mil euros.

“Foi um dia incrível. Já havia surfado aqui antes, mas nunca com ondas tão boas. Na terceira fase fiz uma bateria muito especial, e a partir daí confiei mais em mim. Mas mantive-me humilde porque sabia que na final ia encontrar surfistas capazes de fazer scores muito altos. Fico contente por ter saído por cima”, concluiu.

Uma das novidades este ano foi o prêmio em memória ao brasileiro Ricardo dos Santos, que era um dos convidados da edição de 2015, mas foi assassinado na Guarda do Embaú. A organização elegeu Balaram Stack como o atleta com mais atitude na água.

Quem também foi premiado foi o português Nic Von Rupp, que levou 500 euros da VonZipper pelo prêmio de melhor comemoração.

1034x640

Bruno Santos recebe o prêmio de pior vaca em Nazaré. Foto: Reprodução.

Resultado
1 Aritz Aranburu (ESP)
2 Balaram Stack (EUA)
3 Dylan Graves (PRI)
4 Gabe Kling (EUA)
5 Pedro Scooby (BRA)
5 Francisco Alves (POR)
7 Ruben Gonzalez (POR)
7 Joao Guedes (POR)
9 Bruno Santos (BRA)
9 Felipe Cesarano (BRA)

Galeria de campeões

2012 Tiago Pires (Por)
2013 Nic Von Rupp (Por)
2014 Nic Von Rupp (Por)
2015 Bruno Santos (BRA)

Fonte Waves