Argentinos tentam primeira vitória em casa

Leandro Usuna (Foto: Mariano Antúnez)

Argentinos tentam primeira vitória em casa no Rip Curl Pro Playa Grande

By João Carvalho 

Os títulos da sétima edição do Rip Curl Pro Playa Grande serão decididos neste domingo e dois argentinos vão tentar a primeira vitória em casa, Leandro Usuna campeão sul-americano da WSL South America em 2016 e a igualmente experiente Ornella Pellizari. Até agora, só deu Brasil no alto do pódio em Mar del Plata, desde a estreia em 2013. E a equatoriana Dominic Barona ganhou as duas únicas etapas femininas nas ondas de Biologia, na Playa Grande. Ela foi uma das oito classificadas para as quartas de final e no sábado também foram definidos quatro finalistas do masculino. A primeira chamada do domingo será as 7h40 na Argentina.Enquanto Dominic Barona tenta o tricampeonato no QS 1000 Rip Curl Pro Playa Grande, um novo campeão será conhecido no QS 1500 masculino. O único que tinha chance de conseguir um bicampeonato era Thiago Camarão, vencedor em 2017, que foi barrado na primeira bateria do dia em Biologia. O argentino Leandro Usuna é o mais experiente entre os quatro que já se classificaram nos dois confrontos que fecharam o sábado na Argentina.

Lele Usuna acabou com a hegemonia de títulos sul-americanos do Brasil na WSL South America em 2016 e pode repetir o feito na história da única etapa do Circuito Mundial da World Surf League na Argentina neste domingo. Ele tem 31 anos de idade e vai abrir as quartas de final com o brasileiro Igor Moraes, 22 anos. A outra bateria das quartas de final já formada no sábado tem outro brasileiro, Matheus Navarro, 24, que já venceu uma etapa do QS 1500 esse ano nos Estados Unidos, com o jovem chileno de 18 anos, Gustavo Dvorquez.

Publicidade

Matheus Navarro. Foto Mariano Antúnez

Mais seis brasileiros estão nas duas últimas batalhas por vagas nas quartas de final, que ficaram para abrir o domingo na Argentina. Na primeira do dia, o chileno Roberto Araki enfrenta três, Luan Wood, Luciano Brulher e Lucas Vicente. Na seguinte, o peruano Lucca Mesinas, que no ano passado foi campeão norte-americano pelo ranking regional da WSL North America, está com o recordista do sábado nas ondas de Biologia, Deyvson Santos, o também potiguar Mateus Sena e o paulista Wesley Leite.

QS 1000 FEMININO – No QS 1000 feminino, as quartas de final do Rip Curl Pro Playa Grande já foram definidas no sábado e todas terão uma brasileira disputando classificação contra surfistas de outros países. A bicampeã Dominic Barona abre a batalha por vagas nas semifinais com a pernambucana Monik Santos. A carioca Karol Ribeiro entra na segunda com a peruana Daniela Rosas. A argentina Ornella Pellizzari está na terceira com a paulista Camila Cassia e na última a jovem catarinense de apenas 15 anos de idade, Taina Hinckel, enfrenta a chilena Lorena Fica.

Ornella Pellizzari (Foto: Mariano Antúnez)

Enquanto os homens já estão disputando a terceira etapa organizada pela WSL South America da categoria masculina esse ano, no Rip Curl Pro Playa Grande está sendo iniciada a corrida pelo título sul-americano feminino da temporada. A campeã do ano passado foi Dominic Barona. O resultado do QS 1000 de Mar del Plata vai formar o primeiro ranking de 2019 e, para as meninas, tem mais sete etapas previstas na América do Sul valendo pontos para o WSL Qualifying Series e para o ranking regional da WSL South America.

Acompanhem o domingo decisivo do Rip Curl Pro Playa Grande ao vivo da Argentina pelo www.worldsurfleague.com

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 180 eventos globais que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Kai Lenny, Taylor Jensen, Honolua Blomfield, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.

—————————————————————-

João Carvalho – WSL South America Media Manager – jcarvalho@worldsurfleague.com

—————————————————————-

DOMINGO FINAL DO RIP CURL PRO PLAYA GRANDE:

ÚLTIMAS BATERIAS DA TERCEIRA FASE DO QS 1500:

3.a: Roberto Araki (CHL), Luan Wood (BRA), Luciano Brulher (BRA), Lucas Vicente (BRA)

4.a: Lucca Mesinas (PER), Wesley Leite (BRA), Deyvson Santos (BRA), Mateus Sena (BRA)

QUARTAS DE FINAL DO QS 1500 – 5.o lugar com 630 pontos:

1.a: Leandro Usuna (ARG) x Igor Moraes (BRA)

2.a: Matheus Navarro (BRA) x Gustavo Dvorquez (CHL)

3.a: vencedor da 3.a bateria da 3.a fase e 2.o da 4.a bateria

4.a: vencedor da 4.a bateria da 3.a fase e 2.o da 3.a bateria

QUARTAS DE FINAL DO QS 1000 – 5.o lugar com 420 pontos:

1.a: Dominic Barona (EQU) x Monik Santos (BRA)

2.a: Karol Ribeiro (BRA) x Daniela Rosas (PER)

3.a: Camila Cassia (BRA) x Ornella Pellizzari (ARG)

4.a: Lorena Fica (CHL) x Taina Hinckel (BRA)

RESULTADOS DO SÁBADO NA ARGENTINA:

TERCEIRA FASE DO QS 1500 – 1.o e 2.o=Quartas de Final:

———-3.o=9.o lugar (450 pts) e 4.o=13.o lugar (420 pts):

1.a: 1-Leandro Usuna (ARG), 2-Gustavo Dvorquez (CHL), 3-Alax Soares (BRA), 4-Caio Costa (BRA)

2.a: 1-Matheus Navarro (BRA), 2-Igor Morais (BRA), 3-Leonardo Barcelos (BRA), 4-Arthur Cerqueira (BRA)

———-vão abrir o domingo:

3.a: Roberto Araki (CHL), Luan Wood (BRA), Luciano Brulher (BRA), Lucas Vicente (BRA)

4.a: Lucca Mesinas (PER), Wesley Leite (BRA), Deyvson Santos (BRA), Mateus Sena (BRA)

SEGUNDA FASE DO QS 1500 – 3.o=17.o lugar (300 pts) e 4.o=25.o lugar (280 pts):

1.a: 1-Gustavo Dvorquez (CHL), 2-Leonardo Barcelos (BRA), 3-Thiago Camarão (BRA), 4-Ryan Kainalo (BRA)

2.a: 1-Alax Soares (BRA), 2-Arthur Cerqueira (BRA), 3-Jeronimo Ané (ARG), 4-Yago Vaz (BRA)

3.a: 1-Matheus Navarro (BRA), 2-Caio Costa (BRA), 3-Felipe Oliveira (BRA), 4-Marcelo Rodriguez (ARG)

4.a: 1-Igor Moraes (BRA), 2-Leandro Usuna (ARG), 3-Tomas Tudela (PER), 4-Mariano Arreyes (ARG)

5.a: 1-Lucas Vicente (BRA), 2-Lucca Mesinas (PER), 3-Juan Ruggiero (ARG), 4-Jhonny Guerrero (PER)

6.a: 1-Luan Wood (BRA), 2-Mateus Sena (BRA), 3-Facundo Arreyes (ARG), 4-Daniel Adisaka (BRA)

7.a: 1-Deyvson Santos (BRA), 2-Roberto Araki (CHL), 3-Samuel Pupo (BRA), 4-Andres Mondo Prados (ARG)

8.a: 1-Wesley Leite (BRA), 2-Luciano Brulher (BRA), 3-Radziunas Franco (ARG), 4-Pedro Nogueira (BRA)

SEGUNDA FASE DO QS 1000 – 1.a e 2.a=Quartas de Final:

————3.a=9.o lugar (300 pts) e 4.a=13.o lugar (280 pts):

1.a: 1-Dominic Barona (EQU), 2-Karol Ribeiro (BRA), 3-Kaleigh Gilchrist (EUA), 4-Lucia Cosoleto (ARG)

2.a: 1-Daniela Rosas (PER), 2-Monik Santos (BRA), 3-Lucia Indurain (ARG), 4-Julia Duarte (BRA)

3.a: 1-Ornella Pellizzari (ARG), 2-Lorena Fica (CHL), 3-Yanca Costa (BRA), 4-Maju Freitas (BRA)

4.a: 1-Taina Hinckel (BRA), 2-Camila Cassia (BRA), 3-Jessica Anderson (CHL), 4-Josefina Ané (ARG)