Além dos Limites com Fernando Fernandes

Fernando Fernandes é tetracampeão mundial de canoagem . Foto Divulgação

Os desafios de Fernando Fernandes
A história de um vencedor

Publicidade

Há alguns anos, Fernando Fernandes perdeu o movimento das pernas em um acidente de carro, mas isso não foi motivo para ele deixar de seguir os seus sonhos. Encontrou força naquilo que sempre amou, o esporte, e deu a volta por cima. Hoje, é tetracampeão mundial de canoagem e luta todos os dias para superar os seus limites.

matria fernando fernandes (Foto: divulgao)

Desde pequeno, Fernando é apaixonado por esportes.Quando pensa na sua infância, as imagens que vêm à cabeça são sempre dele correndo atrás de uma bola. Na juventude, jogou futebol profissional, lutou boxe, fez paraquedismo, praticou corrida e até entrou para a faculdade de Educação Física. Seu sonho sempre foi viver do esporte, mas ele acabou sendo levado para o mundo da moda, chegando a ser clicado por alguns dos fotógrafos mais famosos do mundo, como Mario Testino e Bruce Weber.

matria fernando fernandes (Foto: divulgao)

“Depois do acidente, eu entendi que o esporte seria a minha ferramenta, tanto de reabilitação quanto de comunicação com o mundo. Eu quero que as pessoas olhem para o que eu faço e mudem este pensamento de que um deficiente não é capaz”, conta.

matria fernando fernandes (Foto: divulgao)

Para competir como atleta na paracanoagem de velocidade 200 m, ele treinava duas vezes por dia: na água de manhã e na musculação à tarde. Mas resolveu encarar outros desafios e, hoje, intercala a remada com outras atividades, que variam de acordo com o que ele está planejando nas suas novas expedições pelo mundo. Além da canoagem completa (no mar, nos rios, nas lagoas e nos lagos), ele também pratica handbike, surfe de caiaque, paraquedismo, maratonas e ski.

matria fernando fernandes (Foto: divulgao)

Suas últimas aventuras estão na primeira temporada de “Além dos Limites”, que estreia no dia 28 de abril, no Canal OFF: uma travessia de 200 km de handbike pelo Salar do Uyuni, na Bolívia, onde ele teve que lutar contra a altitude e as grandes variações de temperatura do lugar; uma remada de 150 km até uma aldeia do Xingu; a busca por uma montanha virgem na Noruega, que ele subiu com os braços e desceu esquiando junto com dois outros atletas; e um dos desafios mais difíceis da sua vida, descer uma corredeira com uma cachoeira de 15 m. “Eu vi a morte de perto quando viramos de caiaque e ficamos presos debaixo da pedra”, lembra.

matria fernando fernandes (Foto: divulgao)

Mas ele não pretende parar por aí, e já tem planos para o futuro. Em junho, vai ao México mergulhar com tubarões-baleia e, em agosto, à Espanha fazer uma prova tradicional de canoagem. E ainda diz ter muitas viagens e desafios pela frente.

Saiba mais sobre a série Além dos Limites no Canal off