5ª etapa do brasileiro de SUP race chega à capital sul-mato-grossense

Cartaz da competição

Campo Grande – MS definirá os campeões brasileiros de SUP Race, na 5ª e decisiva etapa do circuito brasileiro de SUP race chega à capital sul-mato-grossense para definir os campeões brasileiros de SUP race em 2017.

Publicidade

Caberá a Campo Grande (MS) o papel de encerrar o circuito brasileiro de SUP Race neste mês de novembro. A etapa decisiva, que irá definir o remador e a remadora de stand up paddle do Brasil será realizada no dia 18, no novembro no Lago do Parque das Nações Indígenas, dentro de uma das áreas mais verdes da capital sul-mato-grossense.

A prova, que fará parte da primeira edição dos Jogos Radicais Urbanos, um evento de abrangência nacional e ocorrerá em alguns dos pontos turísticos mais belos e mais visitados da cidade, será realizada dentro do formato “Sprint Olímpico”.

Neste modelo de prova, os remadores irão competir em baterias definidas por chaves em provas curtas, em uma raia de 200 metros, onde os primeiros colocados se classificam para as fases seguintes até a grande final.

Na categoria Profissional 12’6”, onde se encontram os remadores de elite, três atletas tem chances reais de conquistar o título, tanto entre os homens, como entre as mulheres.

Guilherme dos Reis (SP) e Lena Guimarães (RJ) chegam à Campo Grande na condição de líderes do circuito e são favoritos ao título. No entanto, Luiz Guida (SP) e Arthur Santacreu (SP), respectivamente, segundo e terceiro colocados no ranking, tem chances reais conquistar o título e podem estragar a festa de Guilherme se alcançarem um bom resultado na prova. Deve-se levar em consideração que Arthur é um especialista neste tipo de prova, tendo conquistado a terceira colocação no Mundial da categoria realizado este ano, na Dinamarca.

Já entre as mulheres, Lena tem um pouco mais de vantagem sobre suas adversárias diretas: Babi Brazil (BA) e Ariani Theophilo (RJ), mas não pode contar com a sorte. Outro fator que pode ser uma pedra no sapato de Lena será a participação de Aline Adisaka (SP), atleta profissional de SUP Wave (bi campeã brasileira) que é uma especialista em provas de Sprint, com um título em uma prova individual realizada em 2015, em Foz do Iguaçu (PR).

A prova terá um status “4 estrelas”, oferecendo R$ 20.000,00 em premiação e definirá os campeões brasileiros em todas as demais categorias profissionais e amadoras.

Para mais informações, aviso de regatas e inscrições, acesse o site da CBSUP.

Por Pulso Assessoria

Fonte surfguru.com.br