A ressaca na orla do Rio de Janeiro

Surf nas águas normalmente tranquilas da Urca. Foto: Leonardo de Carvalho Thiry/Arquivo Pessoal.

Neste último fim de semana, o visual tranquilo na Urca mudou com uma cena rara no local: a “invasão” dos surfistas. A ressaca também provocou ondas raras em Icaraí e perto do Aeroporto Santos Dumont.


A ressaca que trouxe ondas de até quatro metros para a orla do Rio de Janeiro neste último fim de semana provocou uma cena incomum e rara em uma bairro com águas entre as mais tranquilas da cidade: a Urca.

A tradicional mureta à beira-mar, que fica lotada de gente para petiscar e beber, costuma ter um visual da enseada repleta de barcos atracados,  justamente pela região protegida de ondulações vindas do alto mar.

Publicidade

Mas na tarde do último sábado, 12 de agosto, o visual da Urca mudou e foi “invadido” por surfistas, um um novo elemento à paisagem de frente para o Cristo Redentor.

Surfista aproveita a ressaca na Urca para pegar onda. Foto: Leonardo de Carvalho Thiry/Arquivo Pessoal.

OUTRAS ONDAS

Ressaca deixou revolto mar em Icaraí, normalmente tranquilo. Foto: Bruno Albernaz/G1.

Essa ressaca que chegou ao Rio de Janeiro na última sexta-feira também provocou outras ondas inusitadas no Grande Rio. Entre elas, na Praia de Icaraí, em Niterói, que ficou lotada de surfistas além de uma ondulação formada nas pedras perto do Aeroporto Santos Dumont.

Praia de Icaraí repleta de surfistas, cena rara graças à ressaca. Foto: Bruno Albernaz/G1.

Fonte: g1.globo.com