Ondas excelentes encerraram o Vida Marinha Surfing Games Interassociações de 2016

Pódio na praia da Vila, Imbituba SC. Foto: Basilio Ruy

Ondas excelentes na praia da Vila, em Imbituba (SC), encerraram a temporada do Vida Marinha Surfing Games Interassociações de 2016.

Publicidade

Com o vice-campeonato na etapa decisiva, a ASB Barra do Sul conquistou o título inédito de campeã do circuito. ASJ Joaquina venceu a etapa, finalizando com a segunda colocação no ranking final.

A praia da Vila em Imbituba(SC) comprovou mais uma vez por que é considerada uma das melhores ondas do Brasil. As excelentes séries chegando até 1,5 metro desenharam o cenário perfeito para a definição do título de 2016 do Circuito Vida Marinha Surfing Games Interassociações.

Baterias eletrizantes realizadas em condições clássicas marcaram o primeiro dia de evento, se repetindo até o último confronto realizado no domingo. Com o mar um pouco menor, mas ainda oferecendo ondas de qualidade, os campeões da etapa e do ranking tiveram seus destinos definidos na temporada de 2016.

O cerimonial que dá início as etapas, com a execução do hino nacional e a Cerimônia das Areias, excepcionalmente aconteceu no domingo. A tragédia com o time da Chapecoense também foi lembrada, com a realização de 1 minuto de silêncio em memória das vítimas. O escudo do time foi impresso na camisa oficial da etapa, como forma de homenagear os envolvidos neste triste episódio do esporte mundial.

O surf catarinense mostra sua força.

Mais uma vez as melhores equipes do Estado (no total, treze) atenderam o chamado do maior circuito entre associações do país. Apenas as associações de São Francisco do Sul (AFS), que ocupava a quarta colocação no ranking e Itajaí (ASPI) desfalcaram esta última etapa da temporada.

“Foi um ano sensacional para o circuito”, comentou Aurélio Ramos, promotor e um dos idealizadores do Surfing Games Interassociações. “Foram três eventos realizados no norte, centro e sul do Estado, além da seletiva realizada em Bombinhas. Foi muito gratificante ver o comprometimento de praticamente todas as associações classificadas para elite, que não mediram esforços e compareceram nas etapas, apesar das dificuldades existentes nesse momento do país”, declarou Aurélio.

Ele já está projetando a temporada de 2017, com a realização da seletiva que classificará as quatro primeiras equipes, que juntas com as doze melhores associações de 2016, formarão a elite do próximo ano. Diversas associações de surf de todo Estado já estão se mobilizando para disputar a Seletiva do VMSGI 2017, prevista para acontecer no mês de maio na praia Brava de Florianópolis. Três associações foram rebaixadas e terão que buscar a requalificação na Seletiva em 2017: Extremo Sul da Ilha (ASESUL), Praia do Rosa (ASPR) e Itajaí (ASPI).

Decisões e campeões na praia da Vila

Com uma campanha de 100% na temporada, duas vitórias em duas etapas do circuito, a ASB Barra do Sul chegou para a decisão liderando o ranking. No pior dos cenários previstos, em caso de vitória da ASJ na última etapa, a associação do extremo norte catarinense poderia terminar até na 5ª colocação, que seria campeã por equipes em Imbituba.

Em partes foi o que aconteceu. A ASJ Joaquina dominou os dois dias de competição, liderando as parciais por equipes desde a primeira fase. Mesmo com a associação da capital inspirada, Barra do Sul mostrou o porquê é a melhor associação catarinense de 2016.

A ASB Barra do Sul mostrou frieza e controle das ações, sempre mantendo-se entre as três melhores equipes da competição ao final de cada rodada. Finalizou com a segunda posição no geral, coroando o ano espetacular da equipe, com uma campanha que estará marcada para sempre na memória de seus integrantes.

Das oito categorias disputadas, as duas melhores associações de 2016 (ASJ Joaquina e ASB Barra do Sul) estiveram presentes em seis finais. Noah Machado, de Barra do Sul, venceu a Infantil, e ratificou de vez o título para a ASB, que teve ainda Luiz Mendes campeão na Iniciantes e Gabriela Leite, que triturou uma direita na final Feminina, marcando 9,25 pontos. Com a vitória, Barra do Sul confirmou a hegemonia na categoria Feminina, vencendo as três etapas do circuito neste ano.

O único título da ASJ Joaquina veio com Lucas Vicente na categoria Junior, mas a constância de seus demais atletas pesou para que a equipe vencesse a competição. Defendendo a ASI Imbituba, equipe anfitriã da etapa, Gustavo Borges cravou a primeira posição na Mirim com excelentes performances nas direitas da Vila.

A ASBC Balneário Camboriú, embalada pela terceira colocação na etapa anterior do Santinho, não fez uma boa campanha em Imbituba. Classificou quatro atletas para o último dia de competição, e dois deles foram para as finais, obtendo as únicas vitórias da equipe.

Na Master, Márcio Leal, que havia ficado em segundo no Santinho, desta vez avançou um degrau no pódio e ficou com o título. Na categoria Longboard, Josimar Pita confirmou o domínio da modalidade no Estado e sagrou-se campeão invicto do circuito, vencendo as três etapas disputadas.

A última final do evento com a categoria Open merece destaque. Uma bateria envolvendo quatro surfistas profissionais do Estado, de gerações distintas travou uma batalha decidida nos detalhes.O sistema de competição adotado é o fast heat, e não dá margem para erros. As baterias tem a duração de 10 minutos e cada competidor tem direito a surfar apenas três ondas, sendo as duas melhores computadas. A estratégia é fator chave para a definição dos resultados. Representando a AIS Itapoá, Caetano Vargas surfou duas boas ondas e liderou a final, mas se viu ameaçado por Felipe Ximenes, que proporcionou um dos melhores momentos do final de semana.

Com um estilo refinado e polido, Ximenes mostrou total sincronia com as ondas da Vila. Na decisão, o competidor da ASG Garopaba surfou apenas uma onda, quando faltava 5 minutos para o encerramento, marcando 9,50 pontos, a maior nota da competição. Na conclusão de sua performance, Ximenes caiu na última manobra, e se voltasse seria nota 10 unanime segundo os juízes.

Quando retornou em busca de sua segunda onda, ele precisava de apenas 3,50 pontos para o título. As séries não vieram, confirmando a vitória de Caetano Vargas. Ainda deu tempo para Raphael Becker (ASJ Joaquina) achar uma boa direita e confirmar a segunda colocação, com Ximenes em terceiro e Peterson Thomaz, da ASB Barra do Sul em quarto.

Mais um ano do maior circuito entre associações do país chegou ao fim. Uma temporada memorável, onde os verdadeiros campeões foram todas as equipes e seus atletas. Acima de qualquer disputa mais acirrada, prevaleceu a camaradagem, o fair play e a integração de todos em prol de um único objetivo: o surf catarinense. Até o Surfing Games Interassociações 2017.

A terceira etapa do Circuito Vida Marinha Surfing Games Interassociações 2016 foi apresentado pela Prefeitura Municipal de Imbituba e Guaraçaí, com o patrocínio da Vida Marinha. Apoio Da Magrinha, Clinica Fisiolife, Porto dos Paes, Talha-Mar Bar, Banana e Fesporte. Organização da ASI (Associação de Surf de Imbituba) e supervisão técnica da Fecasurf.

Resultado da 3ª etapa – VMSGI 2016

Open

1º- Caetano Vargas – AIS Itapoá

2º- Raphael Becker- ASJ Joaquina

3º- Felipe Ximenes – ASG Garopaba

4º- Peterson Thomaz – ASB Barra do Sul

Junior

1º- Lucas Vicente – ASJ Joaquina

2º- Leonardo Mendes – ASB Barra do Sul

3º- João Godoy – ASJ Joaquina

4º- Anderson Junior – ASI Imbituba

Mirim

1º- Gustavo Borges- ASI Imbituba

2º- Ian Casal – ASJ Joaquina

3º- Kalan Kortz- ASF Ferrugem

4º- Edson de Pra – ASB Barra do Sul

Master

1º- Márcio Leal – ASBC Balneário Camboriú

2º- Alvaro Bacana- ASIS Ingleses e Santinho

3º- Fernando Alves – ASPR Praia do Rosa

4º- Guto Morelli – ASJ Joaquina

Infantil

1º- Noah Machado – ASB Barra do Sul

2º- Caetano Silveira – ASJ Joaquina

3º- Gustavo Ramalho – ASI Imbituba

4º- Kael Kortz – ASG Garopaba

Feminino

1ª- Gabriela Leite – ASB Barra do Sul

2ª- Manuela Pacheco – ASIS Ingleses e Santinho

3ª- Andreza Barcelos- ASNLL Lagoinha do Leste

4ª- Camila Ribeiro – AIS Itapoá

Iniciantes

1º- Luiz Mendes – ASB Barra do Sul

2º- Patrick Plachi –  ASPR Praia do Rosa

3º- Gabriel Junior- ASG Garopaba

4º- Leo Casal – ASJ Joaquina

Longboard

1º- Josimar Pita – ASBC Balneário Camboriú

2º- Otomar Ribeiro – ASG Garopaba

3º- Jonas Lima – ASPR Praia do Rosa

4º- Paulo Agrifoglio – ASM Matadeiro

Resultado por equipes da 3ª etapa- VMSGI- Praia da Vila

1º- Joaquina (ASJ)- 135 pontos

2º- Barra do Sul (ASB)- 120 pts.

3º- Garopaba (ASG)- 112 pts

4º- Imbituba(ASI)- 101 pts.

5º- Ingleses e Santinho(ASIS)- 97 pts.

6º- Itapoá (AIS)- 93 pts.

7º- Balneário Camboriú (ASBC)- 89 pts

8º- Lagoinha do Leste (ASNLL)- 84 pts.

9º- Ferrugem (ASF)- 78 pts.

10º- Matadeiro (ASM)- 73 pts.

11º- Extremo Sul da Ilha(ASESUL)- 71 pts.

12º- Praia do Rosa (ASPR)- 69 pts.

13º- Bombinhas(ABS)- 67pts.

14º- São Francisco do Sul (AFS)- 38 pts.

15º- Itajaí (ASPI)- WO

Ranking final do Circuito VMSGI 2016

1º- Barra do Sul (ASB)- 2.900 pontos

2º- Joaquina (ASJ)- 2.629 pts.

3º- Garopaba (ASG)- 2.241 pts

4º- Imbituba(ASI)- 2.048 pts.

5º- Balneário Camboriú(ASBC)- 1.931 pts.

6º- São Francisco do Sul(AFS)- 93 pts.

7º- Itapoá (AIS)- 1.777 pts

8º-Ingleses e Santinho (ASIS)- 1.416pts.

9º- Matadeiro (ASM)- 1.247 pts.

10º- Ferrugem (ASF)- 1.204 pts.

11º- Lagoinha do Leste(ASNLL)- 1.046 pts.

12º- Bombinhas (ABS)- 945 pts.

13º- Extremo Sul da Ilha(ASESUL)- 860pts.

14º- Praia do Rosa (ASPR)- 792 pts.

15º- Itajaí (ASPI)- 349 pts

Fotos: Basilio Ruy

Por João Lopes

Galeria de Imagens