“IGM“ invade” o Rip Curl Grom Search na Prainha com 22 atletas

Júlia Duarte. Foto Aleko Stergiou

Instituto Gabriel Medina “invade” o Rip Curl Grom Search na Prainha com 22 atletas

Publicidade

TIME CHEGA COM DESTAQUES NA DISPUTA DE SÁBADO E DOMINGO EM SÃO FRANCISCO DO SUL/SC

Assim como no ano passado, o Instituto Gabriel Medina (IGM) terá uma grande equipe no Rip Curl Grom Search 2018, apresentado por Guaraná Antarctica, nestes sábado e domingo (27 e 28), na Prainha, em São Francisco do Sul/SC. Em 2017, o evento foi a estreia do projeto em disputas e também a primeira viagem. Desta vez, o time terá 22 representantes, incluindo alguns destaques do campeonato, como Sophia Medina, Júlia Duarte, Daniel Adisaka, Caio Costa, Sunny Pires, Murillo Coura, Gabriel de Souza e Ryan Coelho.

O time foi acompanhado por Charles Saldanha Medina, técnico de Gabriel Medina e um dos mentores do projeto, junto com Simone Medina, presidente da Instituição. O Circuito é uma das prioridades do IGM na temporada e através dos patrocínios pela Lei de Incentivo ao Esporte (LIE), do Ministério do Esporte, o projeto viabilizou a viagem, hospedagem e alimentação para todos os competidores, criando ainda mais o laço de amizade entre eles e oferecendo conforto e segurança para se concentrarem nas disputas.

A expectativa é conseguir bons resultados nas quatro categorias em ação, a mirim e a feminina, para atletas com até 16 anos de idade e valendo vagas aos campeões para a final internacional em algum lugar do mundo; a iniciante, com limite de 14 anos; e a grommet, para os caçulas com no máximo 12 anos. O evento começa no sábado e terá transmissão ao vivo pelo link http://www.ripcurl.com.br/grom-search-2018-ao-vivo.

Entre os participantes, Caio Costa já foi campeão do Rip Curl Grom Search. Murillo Coura foi o terceiro da grommet no ano passado e Daniel Adisaka chega como o atual campeão paulista mirim. Sunny Pires foi um dos nomes fortes do Circuito em 2017, inclusive com vitória. Segundo o coordenador técnico do IGM, Alex Leco, as expectativas são boas, pelo trabalho contínuo desenvolvido com os atletas.

“Sempre viajamos com boas expectativas, devido aos treinos técnicos e físicos. Acreditamos muito na metodologia aplicada no IGM, deixando os surfistas prontos para competirem sempre”, afirma. “Esse início de temporada foi intenso e trabalhamos duro. O Rip Curl Grom Search é uma das competições mais importantes do calendário brasileiro e acredito que chegamos preparados. Chegamos dois dias antes em São Francisco do Sul, para os atletas ficarem concentrados, focados”, acrescenta.

Na mirim, serão 16 representantes entre os 48 inscritos: Kauai Lobato, Higor Souza, Daniel Adisaka, Sérgio Luan, Guilherme Rocha, Pedro Bianchini, Cauã Gonçalves, Renan Rodrigues, Caio Costa, Gabriel de Souza, Sunny Pires, Yan Sondhal, Davi Reina, Lucca Cassemiro, Rodrigo Saldanha e Fabrício Rocha. Os nove últimos também competindo na iniciante. Entre os caçulas da grommet estarão Murillo Coura, terceiro em 2017, Ryan Coelho e Guilherme Fernandes. Já na feminina, o time terá Sophia Medina, Sophia Gonçalves e Júlia Duarte.

Instalado na praia de Maresias, em São Sebastião, exatamente onde Gabriel Medina aprendeu a surfar quando criança, o IGM foi inaugurado no dia 31 de janeiro de 2017. O Instituto é o sonho realizado do primeiro brasileiro campeão mundial de surf, que oferece para jovens talentos do surf a mesma estrutura de preparação física e técnica do ídolo, acrescentada de aulas de inglês e de tecnologia. Os atletas treinam no contraturno da escola e também ganham uniformes, alimentação e apoio nos campeonatos.

FMA Notícias

FOTOS DIVULGAÇÃO. CRÉDITO: ALEKO STERGIOU