Categorias adiadas na decisão dos títulos catarinenses da temporada 2016

Joaquina recebeu neste fim de semana os melhores surfistas do litoral. Foto Divulgação

As categorias de base definiram ainda no sábado seus campeões, mas as outras categorias foram adiadas devido a previsão de ventos fortes e mar revolto para o domingo.

Publicidade

A Praia da Joaquina recebeu neste fim de semana os melhores surfistas do litoral catarinense, para a grande decisão dos títulos catarinenses da temporada 2016 no FINAL HEAT FECASURF, competição que distribui os últimos e importantes pontos para o Ranking Final da Fecasurf que define os campeões catarinenses de surf em 16 categorias.

As competições começaram no sábado com ondas de meio metro e muitas disputas com as categorias de base, no decorrer da manhã, com a previsão já indicando fortes ventos e mar agitado para o domingo, os atletas, a comissão técnica e os organizadores, optaram em adiar as decisões das categorias Pro/Am, Open, Máster, Gran Máster, Kahuna e Gran Kahuna para a próxima semana com data e local a serem divulgados ainda esta semana pela Fecasurf.

No sábado, ainda com boas condições de surf, foram definidos os campeões catarinenses de surf da temporada nas categoria Junior, Mirim, Iniciantes, Infantil, Petiz, Feminino Open, Feminino Jr e Adaptados.

Nas categorias Junior e Mirim, para surfistas sub-18 e sub-16, depois de 11 etapas distribuídas pelas praias de norte a sul do estado e disputas acirradas pela liderança do ranking, o atleta de Florianópolis, representante da Praia da Joaquina, Lucas Vicente, um dos talentos dessa nova geração do surf catarinense, sagrou o grande campeão, cravando uma dobradinha sobre o amigo e adversário Leonardo Barcelos, também um dos destaques dessa nova geração, que ficou com o vice nas duas categorias. Ambos vem surfando muito e representando Santa Catarina nas competições por onde passam. Nesta Temporada Lucas foi campeões do Hang Loose Surf Attack em São Paulo e Leonardo Barcelos venceu todas as seletivas do Rip Curl Grom Search 2016 e vai representar o estado e o Brasil nas finais mundiais da competição.

Na categoria Iniciantes, para surfistas sub-14, mais uma grande briga pelo título, disputada ponto a ponto, consagrou o atleta Luiz Mendes de Balneário Barra do Sul, o grande campeão da categoria somando 5.870 pontos contra 5.514 pontos do atleta Wallace Vasco de Florianópolis que ficou com o vice.

Na categoria Infantil, para surfistas sub-12, o surfista Léo Casal da Praia do Campeche, em Florianópolis, mais uma das revelações do surf catarinense, conquistou o título de bicampeão catarinense da categoria vencendo todas as etapas da temporada, totalizando 6.500 pontos.

Na categoria Petiz, para surfistas sub-10, apesar da pouca idade a molecada mostrou surf de gente grande durante o ano todo, e o título de campeão catarinense ficou com o atleta Takeshi Oyama de Balneário Camboriú somando 5.120 pontos, deixando no vice o amigo Antônio Vitorino, também de Balneário Camboriú, com 4.910 pontos.

Entre as meninas que fizeram bonito na temporada, a surfista da Praia Brava Manu Pacheco, foi o destaque do ano e garantiu os títulos das categorias Feminino Open e Feminino Junior.

Na categoria Adaptados, pela primeira vez no circuito catarinense de surf da Fecasurf, o grande campeão somando 3.450 pontos foi o surfista Luciano Silveira, o “Nem”, que assim como todos os competidores da categorias, mostrou superação e também muito surf no pé. Em vice ficou o surfista Fidel Teixeira com 3.015 pontos.

Esta semana a Fecasurf divulgará o local e a nova data para a decisão dos títulos catarinenses da categorias que foram adiadas devido ao mau tempo.

O Final Heat Fecasurf é valido pelas últimas etapas dos Circuitos Surf Talentos Oceano que tem o patrocínio oficial da Oceano e é apresentando pela Mini Kalzone e conta com os patrocínios da Dalila Têxtil, Dragon e Cia Wax, o copatrocínio da Prefeitura Municipal de Florianópolis Fundação Municipal de Esporte, o apoio Hotel Joaquina Beach, Cris Hotel, Restaurante Pedra Careca, Restaurante Atoa no Joa, a divulgação do Site Waves, Jornal Drop, De Olho no Mar e Revista Solto, sob a direção técnica da Fecasurf juntamente com a ASJ – Associação de Surf da Joaquina e do Circuito Banana Wax The Legends 2016 que tem o patrocínio oficial da Banana Wax e é apresentada pela Passos Automóveis e Proside, e conta também com os patrocínios da Skull Surf Boards, Ruba Shaper Design, Dragon.

CAMPEÕES CATARINENSES DE SURF 2016

JUNIOR               Lucas Vicente

MIRIM                  Lucas Vicente

INICIANTES        Luiz Mendes

INFANTIL             Léo Casal

PETIZ                   Takeshi Yoama

FEM. OPEN         Manu Pacheco

FEM. JR               Manu Pacheco

ADAPTADOS       Luciano Silveira

PRO/AM               – A definir

OPEN                   – A definir

MÁSTER              – A definir

GRAN MÁSTER  – A definir

KAHUNA               – A definir

GRAN KAHUNA   – A definir

RANKING FINAL FECASURF 2016

JUNIOR

1º – Lucas Vicente                   6260 pontos

2º – Leonardo Barcelos            5242

3º – Pedro Nogueira                 5218

4º – Guilherme Marques           4793

MIRIM

1º – Lucas Vicente                   5662 pontos

2º – Leonardo Barcelos            5397

3º – Pedro Nogueira                 4894

4º – Guilherme Marques           4490

INICIANTES

1º – Luiz Mendes                      5870 pontos

2º – Wallace Vasco                  5514

3º – Léo Casal              5382

4º – Ian Casal                           4410

INFANTIL

1º – Léo Casal              6500 pontos

2º – Heitor Muller                      5829

3o – Noah Machado                5463

4o – Caetano Silveira               4571

FEMININO OPEN

1º – Manu Pacheco                 5739 pontos

2º – Andressa Carvalho            5339

3º – Natalie Plachi                    4670

4º – Ariela Andrade                   3634

FEMININO JUNIOR

1º – Manu Pacheco                 5060 pontos

2º – Ariela Andrade                   3910

3º – Julie Arissa                        3426

4º – Lanai Henrique                  3086

PETIZ

1º – Takeshi Yoama                 5120 pontos

2º – Antônio Vitorino                 4910

3º – Anuar Chiah                      4763

4º – Victor Hugo Giese 3634

ADAPTADOS

1º – Luciano Silveira                 3450 pontos

2º – Fidel Teixeira                     3015

3º – Jonathan Borba                 1400

4º – Maryele Cardoso               1024

Por Norton Evaldt