“Welcome Day” reúne alguns destaques do Fico Surf Festival

“Welcome Day”. Foto Fábio Maradei

Com alguns dos ‘legends’ que prometem ser destaques nas ondas do Fico Surf Festival, apresentado por Grupo Lunelli, o “Welcome Day” foi promovido com sucesso nesta quinta-feira (22), no Casa Grande Hotel, em Guarujá. Com o clima de total confraternização, exatamente o foco do campeonato, nomes como Jojó de Olivença, Kias de Souza e Chico Paioli, além do próprio Raphael Levy, o Fico, estiveram presentes no encontro, que serviu para apresentar oficialmente a programação entre os dias 30 deste mês e 1º de abril, na Praia do Tombo, em Guarujá.

Publicidade

A proposta do Fico Surf Festival 2018, apresentado por Grupo Lunelli, é resgatar a história de um dos campeonatos que marcaram época, promovido em 1987 em Salvador/BA e que foi um dos responsáveis pela formação do Circuito Brasileiro de Surf Profissional. “Queremos fazer um grande evento aqui, com as famílias todas na praia, um festival mesmo. Comemorar os 30 anos. É gratificante, emocionante”, falou Fico.

“Foi um marco. Estive presente no primeiro evento, em 1987. Fazia a cobertura pela Fluir na época. Foi o início do Brasileiro e o Fico Festival foi o campeonato que levou o Circuito para o Nordeste. O pioneirismo do Fico de levar para a Bahia e hoje a gente vê tantos surfistas nordestinos com destaque foi uma visão de saber que o Brasil tem essa extensão territorial”, falou o jornalista Reinaldo Andraus, o Dragão, especialista na história do surf.

Para ele, Fico e outros empresários daquela época, que também realizaram eventos no final da década de 80, e se estabeleceram no Guarujá, foram fundamentais para o surf brasileiro crescer e alcançar o patamar atual. “e hoje termos o Medina, o Mineiro como campeões mundiais. As sementes iniciais da indústria do surf e do surf do amor, de viajar atrás das boas ondas foi dessa turma do Guarujá, que criou. É uma turma muito bacana e o Fico é um dos principais”, destacou.

Outra personalidade presente foi Taiu Bueno, que será um dos grandes homenageados na abertura do evento, na sexta-feira. “O campeonato do Fico foi muito legal, porque o pessoal teve de ir para Salvador, um lugar diferente para a época. Era muita gente na praia, uma loucura. Foi o início de tudo. Fico feliz de ter participado”, lembrou o surfista, agradecendo a homenagem. “Feliz por fazer parte de tudo isso que está acontecendo hoje”, falou Taiu, que lançará um programa no Canal Off “Contos do Surf” e será pai, de gêmeos, aos 55 anos. “É uma benção absurda”.

O gerente de marketing da Fico, Augusto Saldanha, apresentou todos os detalhes do evento e também a campanha da candidatura da da Praia do Tombo ao World Surfing Reserves, um selo internacional conferido à praias que protegem e preservam o ambiente costeiro, com foco na prática do surf. “A praia da Guarda foi a primeira a conseguir. O Tombo já tem reconhecimento nacional com a Bandeira Azul e nessa festa queremos levar a candidatura ao conhecimento internacional. Essa não é uma causa da Fico, é da comunidade”, argumentou.

O ponto alto do encontro, com a sala no Casa Grande Hotel cheia, foi a projeção do vídeo, com Fico falando de como surgiu a ideia do evento em 1987 e a ligação com o novo campeonato na Praia do Tombo. O vídeo pode ser assistido acessando o link https://youtu.be/yVezYxAr0I8.

O empresário ficou emocionado, foi às lágrimas e agradeceu todos os presentes, em especial, Taiu Bueno. “Foi importante a gente ter semeado. Quando a gente vê pela tv hoje no Circuito Mundial 12 surfistas brasileiro é gratificante. A semente que plantamos no passado, demorou 30 anos, mas aconteceu o que a gente imaginava”, vibrou o empresário.

Ele agradeceu os parceiros oficiais do evento, em especial a Prefeitura, representada pelos secretários de Turismo, Thais Margarido e de Esportes e Lazer, Ronald Nicolaci. Também estiveram presentes representantes da Associação de Surf de Guarujá, que está colaborando diretamente na organização do evento, com destaque para o presidente da entidade, Ademir Silva, e o atleta da Fico, Luiz Diniz, que é de Guarujá, e foi campeão mundial de SUP Wave, no ISA Games.

INSCRIÇÕES – Se nas três edições iniciais em Salvador, o Fico Surf Festival foi voltado à categoria profissional, desta vez, o foco é a confraternização, tendo as disputas legends, na master e da longboard, para atletas dos 40 anos em diante, e na base, com a sub10, sub12, sub14, sub16 e feminina, além da novidade, Pais e Filhos, agora sem limite de idade. Nas categorias mais novas, não há mais vagas.

Nas demais, as inscrições devem ser feitas pelo e-mail inscricao@fpsurf.com.br, citando o nome de competição, o estado de residência, a data de nascimento, e a cópia anexada do comprovante de pagamento. A taxa é de R$ 85,00 e parte desse valor será destinado a dois projetos sociais de Guarujá, a ONG CT Lugar ao Sol, e o Lar Espírita Cristão Lar Elizabeth.

O pagamento é feito para Banco Itaú, agência 0245, cc 09289-5, em nome de Silvio da Silva, CPF 886.205.148-49. Já no dia do evento será obrigatória a entrega de um quilo de alimento não perecível, para doação ao Fundo Social de Solidariedade de Guarujá.

O Fico Surf Festival 2018 tem apresentação de Grupo Lunelli, com patrocínios da Nivana Turismo, Casa Grande Hotel, Sucos Do Bem e Montevergine. Apoios da Prefeitura Municipal de Guarujá, através da Secretaria de Esportes e Lazer (Seela), FuWax, NaJaca, Sabesp, Governo do Estado de São Paulo, Associação de Surf de Guarujá e Federação Paulista de Surf. Promoção das rádios 013 e Saudade FM, Waves, Surfland e Woohoo.

Fotos Fábio Maradei

Fábio Maradei FMA Notícias

Galeria de Imagens