Talentos locais querem comemorar títulos “em casa” na final do Circuito Medina/ASM de Surf 2016 em Maresias  

 

A festa pode ser caseira, perto da família, amigos. Pelo menos três talentos de Maresias podem comemorar títulos na final do Circuito Medina/ASM de Surf 2016, nestes sábado e domingo (19 e 20). O evento será disputado próximo à sede do futuro Instituto Gabriel Medina e terá como espectador especial o próprio Medina, que já observa os talentos que devem ser “trabalhados” futuramente em seu projeto.

Publicidade

Heitor Duarte, na sub16, e Caio Costa, na sub12, são duas revelações locais que chegam à decisão do campeonato na liderança de suas categorias. Outro grande destaque fica para a sub12 feminina com duas atletas que surfam em Maresias – Pamella Mel e Sophia Medina, confirmando o futuro do surf feminino. A competição tem início sábado às 9 horas e as finais domingo, das 12 às 14h.

Na sub16, Heitor está na ponta com uma vitória e um terceiro lugar e mostra confiança. “Expectativa grande. Eu quero muito esse título, que vai ser importante para o meu futuro. O próprio Gabriel venceu também. Competir em casa é sempre bom, por conhecer bem as ondas e o pico e fica mais tranquilo. Além disso, tem a família perto”, diz o surfista, ansioso pelas duas premiações que o Circuito oferece.

A primeira, o convite a participar da turma inicial do Instituto Gabriel Medina, a partir de janeiro de 2017, onde os atletas terão toda a estrutura que o primeiro brasileiro campeão mundial de surf conta para a sua preparação. A sede já está na reta final da construção e contará academia, piscina e até cama elástica para aperfeiçoamento de manobras, refeitório e sala para aulas de idiomas e informática, com professores experientes. Os quatro primeiros de cada categoria serão convidados a integrar a equipe.

Além disso, os campeões da sub16 (masculina e feminina), sub14 e sub12 (ambas na masculina) faturam passagens aéreas para a Califórnia/EUA. “Pretendo participar do Instituto, que vai ser irado e estou ansioso por isso, para melhorar em tudo”, comenta Heitor.

Caio também está otimista para comemorar mais uma importante conquista na temporada. Em sua faixa etária ele foi campeão do Rip Curl Grom Search, evento nacional, e do Hang Loose Surf Attack, o paulista de base. No Circuito Medina, ele compete com 100% de aproveitamento.

“Estou focado e preparado para a etapa, onde poderei ganhar o meu quarto título (também foi campeão sebastianense) e a viagem para a Califórnia. E pelo que fiquei sabendo, já estou garantido no Instituto Medina. Acho que será uma imensa oportunidade de crescimento e uma grande ajuda para o surf brasileiro”, afirma.

O Circuito Medina/ASM 2016 tem os patrocínios da Oi, Guaraná Antarctica, B.Blend, Vult Cosmética e Rip Curl, com apoios de Wizard Idiomas, Restaurante Terral, Pousada Tambayba, DB Cópias, Cabianca Surfboards, Federação Paulista de Surf, Associação de Surf de São Sebastião e Somar. Realização da Associação de Surf de Maresias (ASM) e Prefeitura Municipal de São Sebastião, através do Departamento de Esportes Náuticos da Secretaria de Esportes.

Fábio Maradei – FMA Notícias

Galeria de Imagens