Surf paulistano bem representado no SP Contest

Thiago Meneses Surf Trip SP Contest Cambury. Foto Munir El Hage                                                                                                                                                                      Surf paulistano bem representado no SP Contest / primeira etapa acontece em Maresias, São Sebastião

Considerada berço do surf profissional brasileiro, a cidade tem um capítulo especial na história do esporte no Brasil e há 17 anos conta com um campeonato exclusivo para moradores da capital e Grande São Paulo, denominado Surf Trip SP Contest.

Publicidade

Provenientes da capital, um grupo de jovens empresários no início da década de 70 decidiu que o caminho a se viver era trabalhar com o surf para estar o mais próximo possível do mar. De lá para cá, muitas ondas já rolaram e esse legado semeado há mais de cinco décadas lapidou a base de sustentação do surf nacional.

Distante cerca de 75 quilômetros do litoral e considerada a maior cidade do Hemisfério Sul, internacionalmente hoje São Paulo compete com as principais surf cities do mundo (Los Angeles – EUA – e Rio de Janeiro) pelo protagonismo no que refere-se ao lifestyle da praia, embora tenha caráter cosmopolita.

Essa geração pioneira e desbravadora inspirou uma verdadeira saga que movimenta um mercado gigante, além de os sonhos de profissionais das mais diversas áreas em busca de ondas e da fissura por manter-se conectado ao universo do surf, mesmo tendo que se revezar entre estudo, trabalho na capital e o esporte.

Nesta trajetória, o protagonismo paulistano refletiu também na descoberta e renovação de talentos no cenário competitivo. Em 1976, o primeiro paulista, Paulo Tendas ganhou notoriedade ao vencer o primeiro evento de surf nacional (em Itajaí/SC).

Hoje o resultado é uma indústria sólida, com posicionamento no mercado internacional de igual para igual com as maiores surf cities do mundo, dezenas de surfistas profissionais lapidados ao longo de décadas, milhares de simpatizantes espalhados pelas praias do Estado e um circuito exclusivo e consolidado na história.

Surge a ASGSP– Para promover o esporte e fomentar os talentos da capital, há 18 anos, Eduardo Nascimento, deu o pontapé inicial para a criação de um circuito exclusivamente para atletas da capital e Grande São Paulo. Sua empreitada na área começou em 2001 ao realizar um evento solo. No ano seguinte, Dadá criou a Associação de Surf da Grande São Paulo (ASGSP). “Quando fizemos o circuito de surf da Grande SP, em 2002, notamos que precisávamos fundar uma entidade que cuidasse e organizasse o surf da cidade, bem como suas competições”, explica.

Por coincidência, seu amigo José Paulo dos Santos ouviu de um fabricante de pranchas do bairro paulistano do Tatuapé que gostaria de realizar um campeonato entre a galera da região. “Fiz o projeto e de cara uma grande marca do mercado (a Maresia) comprou a ideia e o evento. Depois disso, nunca mais paramos”, recorda Dadá.

Com este mesmo amigo, fundou também, em 2002, a Event Tools Promoções e Eventos Ltda, empresa responsável pela realização de aproximadamente 150 campeonatos de surf e skate, além de festas, lançamento de vídeos e premiações. “Nossos surfistas são profissionais bem sucedidos em suas áreas de atuações. Eles buscam no circuito diversão, confraternização e motivação para manter a forma e tirar a carga de stress adquirida no dia a dia da cidade grande”, explica.

 Nestes anos de estrada, muitas vitórias mas também dificuldades para seguir adiante com a sua paixão pelo surf. “Batalhei muito para obter respeito e respaldo das outras associações do litoral, no sentido de entenderem a exclusividade dos surfistas da capital. Além é claro, do maior de todos que é a captação de recursos junto aos patrocinadores para viabilizar o evento”.

Atualmente batizado de Surf Trip SP Contest, o circuito percorre todo litoral paulista e reuniu mais de 500 participantes ao longo dos anos. “Os atletas ganharam cerca de 270 pranchas e foram mais de 2,5 mil kits de premiação distribuídos, sem contar as viagens internacionais e nacionais. O resultado de um trabalho como este a gente vê com o surgimento de vários talentos, como o Thiago Meneses, Ryan Kainalo, Renan Castro, entre outros que deram os primeiros passos da vida competitiva no SP Contest”, ressalta Nascimento.

Patrocinadores de peso – Com etapa marcada para 30 de junho e 1 de julho em Maresias (SP), o campeonato comemora o quinto ano de patrocínio com o grupo do varejo STK que reúne as redes Surf Trip, Tubes e KYW. Neste ano, o Surf Trip SP Contest conta ainda com reforço do Grupo Eixo, que traz a gigante norte-americana O’Neill, referência no mercado em equipamentos para a prática do surf, bem como a HD, uma das principais empresas nacionais, patrocinadora de atletas do porte de Adriano de Souza, campeão do mundo em 2015, e Leco Salazar, vencedor do circuito mundial de SUP em 2012.

O mix de empresas promete agitar a praia, com exposição de produtos e presença de atletas profissionais. “Teremos uma tenda da O´Neill com toda a nossa linha de wetsuits, produtos diferenciados e com tecnologia superior desenvolvida por quem inventou a primeira roupa de borracha do mundo. Já a HD oferecerá aulas de surf com professor especializado para o público, além de o Leco Salazar”, adianta Rogério Boccuzzi, responsável pelo marketing da O´Neill e HD.

Completam o apoio ao evento a Starter, a empresa de tecnologia Ihouse, Surf Trip Tour, Boardaid e a rádio Cutback. Inscrições seguem abertas para primeira etapa que rola no dia 30 de junho a 1 de julho na praia de Maresias, São Sebastião. O valor é de R$ 140,00. Para saber mais acesse: www.spcontest.com.br

Com apresentação da HD e O’Neill, a 17ª edição do Circuito SP Contest conta com patrocínio da Surf Trip, KYW e Super Tubes. Apoio: Starter, Ihouse, Surf Trip Tour, Boardaid, rádio Cutback. Associação de Surf de São Sebastião, Associação de Surf de Maresias, Associação de Surf do Guarujá, Prefeitura Municipal de São Sebastião, Prefeitura Municipal do Guarujá. Realização: Associação de Surf da Grande São Paulo e Federação Paulista de Surf.

Galeria de Imagens