Ryan Araújo é destaque no Rip Curl Guarujá Open

Pódio Pro-Am. Foto Renan Oliveira

Ryan Araújo é o destaque na abertura do ASG apresenta Rip Curl Guarujá Open de Surf 2018 na Praia do Tombo

Publicidade

Com apenas 11 anos de idade, Ryan Araújo foi o grande destaque da etapa de abertura do ASG apresenta Rip Curl Guarujá Open de Surf 2018, encerrada no domingo (11), na Praia do Tombo. A revelação chegou em três finais, faturando a sua faixa etária, na estreante (sub12), sendo o quarto na iniciante (sub14) e o terceiro na mirim (sub16). No total, foram 173 atletas, em três dias de disputas, em 12 categorias, além do Fundo de Areia Air Show, valendo o melhor aéreo.

Nomes de fama internacional como Luiz Diniz, Leco Salazar, Carlos Bahia,Amaro Matos e Jojó de Olivença, além de vários talentos da nova geração, mostraram a força do evento. Além de Ryan, na estreante, o evento teve como vencedores John Muller na petit (sub10); Yuri Beltrão na iniciante (sub14); Vinicius Parra na mirim (sub16); Júnior Siqueira na júnior (sub18); Melissa Policarpo na feminina.

O bicampeão paulista júnior Alax Soares levou na open, uma das novas categorias neste ano para incentivar a nova geração que já não é mais da base. Na master (35+), deu Anderson Robert, enquanto que na legends (45+), uma das novidades do Circuito, quem faturou e engrandeceu a categoria foi o ex-top do CT e bicampeão brasileiro profissional, Jojó de Olivença.

No sup surf, numa disputa de altíssimo nível, reunindo dois campeões mundiais, com Luiz Diniz levando a melhor, para faturar um prêmio especial de R$ 500,00, oferecido pela Subway. Já nos pranchões, o atual campeão brasileiro, Carlos Bahia foi o primeiro colocado, num placar apertadíssimo contra Leco Salazar, que também se destacou no sup surf – 13,55 a 13,50. Na pro-am, Gustavo Ribeiro, campeão em 2017, voltou a vencer dessa vez, faturando R$ 800,00, de um total de R$ 2,5 mil.

Para completar, o air show, reunindo convidados, teve a vitória de Guilherme Silva, que já foi supercampeão guarujaense, com um aéreo rodando, para levar o prêmio especial da Fundo de Areia. Outros três destaques foram Leco Salazar, JP Ferreira e Nathan Brandi. Mesmo sem vencerem, cada um, chegou em duas finais. Os vencedores ganharam pranchas de surf, exceto na feminina, legends e sup surf, que levaram bikes e os segundos colocados faturaram blocos.

A etapa foi marcada por ótimas ondas de um metro e o que se viu foram grandes disputas de altíssimo nível técnico. “O evento me surpreendeu com o nível técnico dos atletas, principalmente com as categorias de base petit, estreante, iniciante e mirim, por terem caído em um mar difícil e garantido um espetáculo de surf”, falou o diretor-técnico do Circuito, Carmelo Seabra.

“Na categoria air show, um espetáculo à parte, com manobras de altíssimo nível. Na legends, que incluímos esse ano para valorizar quem já fez muito pelo surf de Guarujá, poder ver os ícones surfando e dando um show foi demais e a final mostrou isso. Gostaria de agradecer a presença no evento do prefeito Valter Suman e do secretário adjunto da Secretaria de Educação, Esportes e Turismo, José Roberto Galvão, dando grande prestígio à organização. Também quero destacar o importante apoio da parte técnica da Federação Paulista, pelo profissionalismo e por dar um brilho maior ao evento”, complementou Carmelo.

Além do placar com diferença mínima nos pranchões, outras finais chamaram a atenção, como a sup surf, com Luiz Diniz garantindo 14,60 pontos. Anderson Robert, na master, e Melissa Policarpo, na feminina, tiveram pontuação maior ainda, ambos com 14,75 pontos. O ASG apresenta Rip Curl Guarujá Open de Surf terá a segunda e decisiva etapa nos dias 30 de novembro, 1 e 2 de dezembro, novamente no Tombo.

Nessa etapa, serão conhecidos os campeões guarujaenses de 2018, os atletas que representarão Guarujá no Hang Loose Surf Attack e o incentivo ao atleta, benefício mensal da Prefeitura de Guarujá, no próximo ano. Outra grande atração será a disputa do supercampeão, uma bateria especial envolvendo os campeões municipais (exceto da petit, estreante, feminina e sup surf), valendo uma viagem para o Peru, oferecida pela Welcome Surftrips. Os resultados completos estão disponíveis no link http://www.fpsurf.com.br/eventos/18/gua/gua01/idxmax.php.

O Rip Curl Guarujá Open 2018 é apresentado por ASG e tem o patrocínio de Prefeitura Municipal de Guarujá, com apoios de Welcome Surftrips Parakalo, Tidbit, Subway, Fu.Wax, Faup Lonas, Pousada do Forte, Colégio Don Domênico, Fundo de Areia, Ripwave, Sunzal, Hortifruti Guarujá, Clic Moment, CFour Shaper Supply, Gelatte e Najaca. Supervisão da Federação Paulista de Surf e divulgação da Hardcore.

RESULTADOS DA 1ª ETAPA

PRO-AM

1 Gustavo Ribeiro

2 Nathan Brandi

3 Edgard Groggia

4 Luan Carvalho

OPEN

1 Alax Soares

2 Elton dos Santos

3 Nathan Brandi

4 Gabriel André

SUP SURF

1 Luiz Diniz

2 Wellington Reis

3 Leco Salazar

4 Jonas Lima

LEGENDS

1 Jojó de Olivença

2 Amaro Matos

3 Ricardo Pupo

4 Kias de Souza

MASTER

1 Anderson Robert

2 Dárcio Dias

3 Rodrigo Silva

4 Pedro Regatieri

LONGBOARD

1 Carlos Bahia

2 Leco Salazar

3 Eduardo Lazare

4 Wenderson Biludo

FEMININA

1 Melissa Policarpo

2 Louisie Frumento

3 Haianna Yguchi

4 Bianca Maila

JÚNIOR

1 Júnior Siqueira

2 Pedro Pupo

3 JP Ferreira

4 Samuel Alves

MIRIM

1 Vinicius Parra

2 JP Ferreira

3 Ryan Araújo

4 Luis Juquinha

INICIANTE

1 Yuri Beltrão

2 Tierre Alves

3 Enzo Massa

4 Ryan Araújo

ESTREANTE

1 Ryan Araújo

2 Everton Freitas

3 Arthur Goulart

4 Davi Jihad

PETIT

1 John Muller

2 Victor Pompiani

3 Carol Bastides

4 Leo Yagi

Air Show Fundo de Areia – Guilherme Silva, com aéreo rodando

FMA Notícias

FOTOS DIVULGAÇÃO: RENAN OLIVEIRA

 

Galeria de Imagens