Rip Curl Guarujaense de Surf 2016 tem início neste sábado na Praia de Pitangueiras


EVENTO CONTARÁ COM GABRIEL ANDRÉ
, VINDO DE VITÓRIA NO CHILE, E O EXPERIENTE AMARO MATOS COM SEU FILHO DEREK

 

Publicidade

Com a participação de Gabriel André tentando novo título, tem início neste sábado (6), na Praia de Pitangueiras, em Guarujá, o Rip Curl Guarujaense de Surf 2016. A competição reunirá 120 atletas, divididos em nove categorias, com as finais no domingo (7), das 11 às 14 horas. No total, o Circuito contará com duas etapas, tendo como grande atração a definição do supercampeão, um título extra, disputado entre os campeões municipais, valendo uma passagem aérea para a Indonésia, oferecida pela Ocean Travel em parceria com a Qatar Airways.

Entre os destaques do evento estará Gabriel André, vindo de vitória no Rip Curl Pro Search, no Chile. O jovem talento de 19 anos já foi supercampeão em 2011 e no ano passado encerrou a temporada com vitória na etapa final do campeonato, na mesma Pitangueiras. “É um campeonato de tradição, onde comecei e vou batalhar mais uma conquista, com certeza”, diz Gabriel.

Amaro_Matos4

Outra atração na etapa será a participação do experiente Amaro Matos, competindo na longboard, os pranchões, com a companhia de seu filho Derek, em ação na categoria iniciante e eu terminou 2015 como top 4 do Paulista na estreante. “Um sonho ver ele competir, pois minha vida foi formada na competição de surf, diz Amaro sobre o filho, que também treinado pelo tio, Paulo Matos.

Derek_Matos2

“Está no meu sangue a competição, mas no sentido de ser uma coisa prazerosa e não mais pelos resultados. Gosto da motivação do treino”, destaca o experiente surfista de 50 anos, campeão paulista profissional em 1988 e também se dedicou muitos anos ao longboard, sendo top do Mundial.

No sábado e domingo estarão em disputa as categorias open, júnior (até 18 anos), mirim (no máximo 16 anos), iniciante (limite de 14 anos), estreante (12 anos para baixo), feminina, master (35 anos em diante), longboard (pranchões) e SUP Wave (surf com remos). O início do evento está marcado para às 8 horas com os atletas da open.

Junto às disputas nas ondas, o Rip Curl Guarujaense de Surf contará com ações socioambientais na areia, voltadas ao público, com a distribuição de mudas nativas dentro do programa Rip Curl Planet, e a arrecadação de alimentos não perecíveis como parte da inscrição de cada atleta, para doação a uma entidade assistencial da Cidade.

ripcurl_planet

“Sempre temos essa proposta de interagir com a comunidade local e em Guarujá o empenho é ainda maior porque é onde está a sede da Rip Curl no Brasil. Temos esse pensamento de colaborar e prestar um serviço, além de incentivar o crescimento do surf, com a revelação e a formação de novos valores”, diz Fernando Gonzalez, do marketing da Rip Curl. “A participação do Gabriel André será um atrativo a mais. Ele acaba de garantir um título internacional em condições extremas e isso mostra o trabalho de base sendo bem feito”, complementa.

O Rip Curl Guarujaense de Surf é uma realização da Associação de Surf de Guarujá, com patrocínio da Rip Curl, copatrocínios da Prefeitura Municipal de Guarujá/ Secretaria Municipal do Esporte e Lazer, Ocean Travel e Qatar Airways. Apoios: Shaper Neco Carbone, New Advance, Helio Coconuts Hot Wave, Seeds of Sea Surfboards, Academia Flex, Náutica Tintas Fiberglass e Eco Print. Supervisão da Federação Paulista de Surf. Cobertura da Hardcore e divulgação da FMA Notícias.